Sexta, 24/09/2021
Joinville - SC
janeiro 15, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação
 Equipes de emergência da Unidade Suporte Básico do SAMU Bravo 14 de Itapoá, Unidade de Suporte Avançado de Jaraguá do Sul e de Joinville se mobilizaram para dar assistência a uma gestante de Itapoá em trabalho de parto prematuro.

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

[ads1]

[ads2]

Djenifer Martins de Oliveira, de 21 anos, deu entrada no Pronto Atendimento de Itapoá no domingo (12) e, avaliada pela equipe médica, constatou-se que estava em trabalho de parto, com 9 dedos de dilatação.

Após a avaliação médica, a gestante foi transportada até Garuva pelo SAMU, acompanhada de um médico da unidade de Itapoá e uma equipe de Suporte Avançado de Jaraguá do Sul com a encubadora, caso o parto precisasse ser realizado no meio do caminho.

De acordo com Ivo Natair Grein Ramos, técnico de enfermagem do SAMU de Itapoá, assim que foram buscar a gestante em casa, notaram que o risco era grande de o bebê nascer sem o atendimento adequeado. O condutor Edmilson Gomes e a técnica de enfermagem Denise Rosa Sales atenderam a ocorrência.

“Em Itapoá não temos encubadora e nem maternidade. Um bebê de 34 semanas não tem todos os sistemas do corpo amadurecidos ainda, como é o caso do respiratório”, explica o técnico de enfermagem.

Finalmente, chegando a Garuva, uma unidade de Joinville esperava Djenifer para ser transportada à Maternidade Darci Vargas.

O bebê, uma menina, nasceu de parto normal saudável, com 2,480 Kg, e está no berçário da maternidade em fototerapia simples. A mãe recebeu alta na tarde de hoje. Em suas redes sociais, Djenifer agradeceu a todo suporte e cuidado prestados pelas equipes.

“Minha filha e eu fomos muito bem cuidadas. As equipes de Itapoá nos atenderam super bem”, reconheceu. Fonte itapoafm.com.br

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

[ads1]

[ads2]

Block