Sabado, 28/05/2022
Joinville - SC
novembro 4, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Após entrar com pedido de recontagem de votos em Wisconsin, a campanha do presidente Donald Trump tem novo alvo: Michigan. A equipe do candidato à reeleição pede que a contagem de votos no estado seja suspensa temporariamente.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

Segundo a emissora de TV norte-americana CBC, o pedido ocorre diante de alegada impossibilidade da campanha de acompanhar os locais de votação e a abertura das cédulas, o que é determinado pela lei local. A suspensão duraria até que o acesso da equipe aos locais seja concedido.

Mais cedo, Trump afirmou que entraria com pedido de recontagem de votos em Wisconsin, mesmo que ainda não tivesse saído a confirmação do resultado oficial.

Donald Trump se declarou vencedor antecipadamente do processo eleitoral, que ainda aguarda contagem de vários votos enviados pelos correios.

A apuração dos votos ainda não terminou em sete estados do país – quatro deles, considerados decisivos – e pode seguir até esta sexta-feira (6/11), conforme decidido pela Suprema Corte dos EUA, desde que as cédulas de votação tenham sido enviadas pelos correios até essa terça-feira (3/11).

São necessários 270 delegados para ganhar. O atual presidente, Donald Trump, tem 213 votos conquistados no Colégio Eleitoral e Joe Biden, ex-vice-presidente do país, 237. metropoles.com/

[ads2]

Block