Sexta, 24/09/2021
Joinville - SC
Compartilhar
Ouvir publicação

Saiba mais sobre o candidato do Podemos à Prefeitura de Joinville, Ivandro de Souza. Conhecido como construtor à frente da Convisa, ele destaca seu perfil realizador e seu conhecimento em obras como características importantes para ocupar o cargo. 

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

Ivandro de Souza tem como candidata à vice Angélica Ponciano, do Democratas, professora, negra, líder comunitária voltada às crianças e adolescentes, terceira idade e deficientes físicos. Ela é presidente do DEM Mulher e tem uma história de luta por inclusão social e busca por uma sociedade com menos desigualdades sociais.

Confira agora um breve perfil do candidato e uma entrevista exclusiva em que Ivandro detalha propostas para áreas como mobilidade, saúde, educação e segurança.

Saiba mais sobre o candidato

Ivandro de Souza, 50 anos, é do segmento da construção civil e se define como “construtor”. É a primeira eleição que disputa, foi Secretário Municipal de Habitação, em 2003. Começou a trabalhar com 13 anos como office boy e com 19 era corretor de imóveis e fundou sua empresa aos 20. Vendendo o lar e o sonho para as pessoas, despertou o anseio de ter a própria construtora. Atualmente a Convisa possui mais de 50 edifícios entregues. 

Entrevista:

Mobilidade urbana requer planejamento

Ivandro de Souza – Falta de planejamento é o primeiro problema da mobilidade urbana de Joinville. Esse reflete no segundo, a necessidade de investimentos de curto, médio e longo prazo e baixo, médio e alto valor. Pretendo solucionar com a reabertura da Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville (Ippuj), onde teremos um departamento exclusivo para cuidar de mobilidade. Neste setor irão trabalhar profissionais de engenharia, urbanismo e tecnologia, para sanar questões do hoje e pensar no amanhã, no futuro da cidade.

Também farei a licitação do sistema de transporte público porque Joinville tem uma das passagens mais caras do Brasil e, isso não exclui o fato de as empresas atuais poderem participar. Por fim, temos de investir nas grandes obras que o município precisa. Os contratos do PAC Mobilidade, do Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) precisarão ser estudados pelo próximo prefeito, bem como, o novo contrato com o Banco do Brasil e os firmados com a Caixa Econômica Federal.

Faz-se necessário entender o que é possível executar com valores que estão contratados e terão de ser pagos por algumas futuras administrações. Também vou abrir o escritório que a Prefeitura de Joinville tinha em Brasília e foi fechado para captar recursos junto aos ministérios.

Federalização do São José e Hospital-Dia na Zona Sul

Ivandro de Souza – Pretendo construir um Centro Integrado de Saúde e Hospital-Dia na Zona Sul, como apoio a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaum. Na minha gestão vamos buscar a federalização do Hospital Municipal São José porque Joinville concedeu ao presidente Bolsonaro 83% dos votos.

Então, é necessário que o prefeito de Joinville vá à Brasília e faça algumas reivindicações em retribuição ao número de votos que o eleitor de Joinville concedeu. E uma das reivindicações vai ser para que a União assuma o custeio do Hospital São José fazendo com que ele possa ser ampliado e atender melhor a população.

Também é necessário ampliar a capacidade de atendimento das UPAs, fortalecer o Programa Saúde da Família juntamente com o Sistema Municipal de Vigilância em Saúde nas áreas nutricional, epidemiológica, sanitária, ambiental e saúde do trabalhador. 

Mais vagas na Educação Infantil

Ivandro de Souza – Podemos abrir inúmeras vagas por meio de convênio com os Centros de Educação Infantil (CEIs) comunitários e privados. A prefeitura paga um valor justo às unidades conveniadas e permite a crescente de vagas porque hoje Joinville possui um déficit de aproximadamente 6,2 mil vagas. Com a pandemia e consequências na economia das famílias, tivemos inúmeras crianças que deixaram as escolas privadas e, para o próximo ano letivo, tende a aumentar a procura por unidades públicas.

 Ainda sobre a educação, vamos zerar a fila de vagas nos Centros de Educação Infantil (CEIs) por meio de unidades conveniadas; se uma criança custa R$ 800, vai ser pago R$ 800 e não R$ 600. Há possibilidade de construir CEIs com recursos do Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e vou acabar com a indicação política de diretores em escolas. 

Trabalho integrado na Segurança Pública

Ivandro de Souza – O articulador da segurança pública de Joinville será o gabinete do prefeito, pretendo unir os diversos órgãos de segurança porque se todos trabalharem integrados teremos uma melhor resposta à segurança pública. Hoje, a Guarda Municipal trabalha até 18h30, quando o crime e a violência começam, isso está errado, tem que mudar. Tem que fazer com que trabalhem quando a população mais precisa.

Entendo que o prefeito precisa chamar para si essa liderança, para deixar a população mais segura. Porque nós temos todas essas forças à disposição da população, mas elas estão desarticuladas entre si e cabe ao gabinete do prefeito fazer essa articulação e, com isso, deixar a população mais segura. Soma-se a isso também o investimento onde é possível ter esquinas mais seguras, lugares onde acontecem mais acidentes, onde há mais assaltos e que requerem maior atenção, com melhor iluminação, câmeras.

Cultura e Esporte

Ivandro de Souza – Na Cultura, vou reabrir a Fundação Cultura de Joinville (FCJ) e, sendo fundação, tem maior disponibilidade de captar recursos federais com adesão ao Sistema Nacional de Cultura. Pretendo melhorar a relação com o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC). É necessário ser justo na avaliação e distribuição dos recursos do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec) e fazer uma avaliação correta do Mecenato de Cultura.

É preciso ter os espaços culturais revitalizados, visitados e que quando o turista ou cidadão frequentar essas áreas, elas estejam com infraestrutura adequada para receber a todos e também bonitas, bem cuidadas. Na área de Esporte, entendo que a Arena Joinville deve ser o complexo esportivo da cidade e lá pretende criar a área temática denominada Cidade dos Esportes. Entendo que precisamos incentivar atividades esportivas e de recreação nos parques e praças da cidade, estimular os esportistas a representarem o município em competições e atrair eventos esportivos com repercussão nacional.

O Ginásio Ivan Rodrigues é estadual e nós vamos pedir ao governador que nos devolva para que a gente possa reformá-lo e entregá-lo para a população para as práticas desportivas amadoras, tendo em vista que as profissionais, em função das novas regras e exigências, não atende mais. E o Ginásio Abel Schulz vai ser integrado a um Centro revitalizado. 

[ads1]

Proposta de PPP para revitalizar prédios hoje abandonados

Ivandro de Souza – Naquela região vamos criar a área temática das artes, porque ali temos outros espaços culturais. Especificamente na Cidadela Cultural Antártica entendo que precisamos criar vamos fazer uma Parceria Público Privada (PPP) e revitalizar esse prédio que é patrimônio histórico de Joinville.

É possível ter uma área voltada aos artistas, mas também um setor com bons restaurantes, em que o visitante possa desfrutar de mais de uma atividade no mesmo complexo. O prédio na esquina com a rua Max Colin, ele é tombado como patrimônio histórico e o setor artístico defende que esse espaço seja de uso da área cultural. Há ações que precisam ser conversadas com os segmentos interessados.

Turismo e investimentos: explorar potencial da Babitonga

Ivandro de Souza – O turismo em nossa cidade possui diversas possibilidades a serem desenvolvidas e exploradas. Temos a Serra Dona Francisca e ao seu redor a área rural com uma beleza natural, além disso, a Baia da Babitonga e setores de artes plásticas como o Instituto Juarez Machado. Joinville também pode arrecadar mais com o turismo de eventos.

É preciso construir trapiches e rampas e fundar o Parque Náutico Vigorelli, melhorar a infraestrutura e fomentar a via gastronômica no bairro Espinheiros e a Via Gastronômica no Centro. Temos a possibilidade de promover competições náuticas como a de vela na Baía da Babitonga e atrair competições de pesca esportiva que gera milhões, é o caso da pesca do robalo.

No interior de Joinville, podemos fortalecer o turismo rural, que é uma modalidade que está aflorando na cidade, mas precisa de incentivo municipal e isso passa pelas belezas naturais, os cafés coloniais e o cicloturismo. É possível desenvolver roteiros integrados a cultura, gastronomia, pontos turísticos e artes para serem comercializados nos hotéis. Fortalecer a realização de eventos na cidade para movimentar a cadeia econômica. 

Ações relacionadas à Pandemia

Ivandro de Souza – Acerca da pandemia, tenho o entendimento de que a vacina é uma esperança para o mundo todo. Mas no meu entendimento é preciso atuar mais na prevenção do que apenas socorrer os pacientes nos hospitais. Penso que podemos buscar profissionais renomados com protocolos de tratamento da doença que sejam antecipados.

Ou seja, enquanto não houver a vacina, o cidadão pode usar um protocolo de medicamentos antecipadamente. Joinville recebeu R$ 72,6 milhões do Governo Federal para ações voltadas à Covid-19 e esse recurso é específico para aplicação na saúde e nas áreas sociais afetadas pela pandemia, como a Secretaria Municipal de Assistência Social.

Por que o candidato acredita que será um bom governante e é a melhor opção para Joinville?

Ivandro de Souza – Eu desejo de coração ser prefeito de Joinville para contribuir com a cidade. Quero ajudar a equilibrar as duas Joinville, a rica e a humilde. Eu me preparei para isso, tenho 50 anos, sou construtor. A cidade está abandonada, largada, sem uma liderança e eu estou à disposição.

A população ao entender que Joinville precisa de um projeto de desenvolvimento, de crescimento e de ruptura com o atraso, uma ruptura não com pessoas, mas com sistemas e mecanismos que impedem o nosso desenvolvimento, devem acreditar no Ivandro de Souza e na Angélica Ponciano, o 19. Eu vou trabalhar promovendo o desenvolvimento econômico e a Angélica o desenvolvimento social. Com a junção haverá crescimento e desenvolvimento para a nossa cidade. 

[ads2]

Block