Quarta, 27/10/2021
Joinville - SC

Em busca do tri, Jec/Futsal encara o Magnus na final da Taça Brasil de Futsal

julho 31, 2021
Em busca do tri, Jec/Futsal encara o Magnus na final da Taça Brasil de Futsal
Compartilhar
Ouvir publicação

Em semifinal de tirar o fôlego, o Joinville superou o Minas Tênis Clube (MG) por 5 a 1, nesta sexta-feira (30), e vai decidir o título da 48ª Taça Brasil Sicredi de Clubes de Futsal – Divisão Especial contra o Magnus Futsal (SP).

 

 

O principal torneio da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) tem, na edição 2021, Dourados (MS) como cidade-sede e conta com o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). 

Quem não assistiu à partida e vê o placar, não imagina o que foi o jogo. Não foi fácil, apesar da diferença de gols. Para avançar à decisão e tentar o tricampeonato, o Coelho teve de suar a camisa. Não é para menos, encarou o atual campeão e um dos favoritos ao título. Em quadra, cinco títulos de Taça Brasil.

Com menos de um minuto, o time sulista pulou à frente. Em cobrança de falta, Caio soltou o pé, a bola desviou em Ferro e enganou o goleiro Anderson. O Minas igualou logo depois. Também em lance originado de bola parada, desta vez de escanteio, Renato recebeu na área, dominou no peito e girou batendo de voleio.

Nem deu tempo de os minastenistas comemorarem o empate, porque o JEC encontrou o segundo gol na sequência. De frente à baliza, Dieguinho não poupou força e disparou de forma contundente para colocar o Tricolor novamente na dianteiro do placar. No decorrer da etapa inicial, o Minas equilibrou as ações, mas não conseguiu concluir a gol.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI

No segundo tempo, o representante catarinense começou pressionando para matar o jogo. Sem espaço, o Minas errou a saída e entregou a bola nos pés de Caio, que não desperdiçou o presente. O goleiro alviceleste ainda chegou a tocar nela: 3 a 1. Já caminhando para o fim, não restava outra alternativa ao time de Belo Horizonte (MG), a não ser ir ao ataque com goleiro-linha.

A estratégia, sempre arriscada e desespero, não foi bem-sucedida. Após erro na troca de passes ofensiva da equipe mineira, Dieguinho interceptou a jogada, avistou o gol escancarado e chutou de longe. A bola morreu mansinha no fundo da rede. Da mesma forma saiu o quinto gol do Tricolor de Santa Catarina, com Caio, de novo. Final de jogo: 5 a 1.

“Sabíamos que seria um jogo muito difícil. Fizemos um primeiro tempo equilibrado, apesar de termos tomados dois gols, mas pecamos na finalização e também em deixar o último homem ‘cara a cara’ com o goleiro. Foi um jogo competitivo e agora vamos pensar na Liga”, enfatizou o camisa 10 minastenista, Luis Filipe.

Autor de dois gols, enalteceu o triunfo e a coletividade do Joinville. “Partida praticamente perfeita, firme na marcação e equilibrado no ataque. Temos que comemorar essa passagem à final e vai ser uma guerra. Sabemos da qualidade do Magnus, mas amanhã é 50% para cada lado”.

O JEC enfrenta na final, neste sábado (31), o Magnus Futsal (SP). A equipe de Sorocaba (SP) bateu o Cascavel Futsal (PR) por 4 a 1, também nesta sexta-feira (30). A decisão será transmitida ao vivo pela CBFS TV (clique aqui para acessar), por meio da plataforma streaming da TV NSports. A Taça Brasil de Clubes – Divisão Especial em Dourados é organizada pela CBFS, em parceria com a Federação de Futebol de Salão de Mato Grosso do Sul (FFSMS). O Governo do Estado, por intermédio da Fundesporte, apoia a competição.

Participe das PROMOÇÕES do AJ no You Tube – Clique aqui e se inscreva

Block