Sexta, 30/07/2021
Joinville

Doses que chegaram ao estado nesta sexta já estão sendo distribuídas

junho 19, 2021
Doses que chegaram ao estado nesta sexta já estão sendo distribuídas
Compartilhar
Ouvir publicação

As 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVEs) das Regionais de Saúde de Santa Catarina já começaram a receber as doses das vacinas dos laboratórios Sinovac/Butantan e Pfizer que chegaram ao estado na manhã desta sexta-feira, 17.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

A distribuição começou às 14h. As vacinas das centrais regionais de São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê, Concórdia estão sendo transportadas pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Para as demais UDVEs, Videira, Joaçaba, Lages, Mafra, Rio do Sul, Grande Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Blumenau e Itajaí, as doses seguem via terrestre. A previsão é que todas sejam entregues ainda nesta sexta.

Participe das PROMOÇÕES do AJ no You Tube – Clique aqui e se inscreva

“Alcançamos nesta sexta o recorde de vacinados em uma semana. Foram 391 mil pessoas que receberam uma dose da vacina contra a Covid-19 nos últimos sete dias. Com essas vacinas recebidas hoje e a rápida distribuição, vamos iniciar um novo grupo, que é o das lactantes. A vacinação avança em Santa Catarina e nos deixa mais próximos do retorno à normalidade”, ressalta o governador Carlos Moisés.

Estão sendo encaminhadas, nesta remessa, 119.410 doses para aplicação da dose um (D1). Deste total, 34 mil são da vacina do laboratório Sinovac/Butantan, sendo que a outra metade ficará reservada na Rede de Frio Estadual, em São José, para garantir a aplicação da dose dois no intervalo recomendado, que é de 28 dias. As outras 85.410 são do laboratório Pfizer e estão sendo distribuídas para 290 municípios.

Aconteceu em Joinville no Twitter – Clique Aqui

As vacinas encaminhadas serão usadas para dar continuidade à vacinação da população dos grupos prioritários, com a inclusão das gestantes e puérperas sem comorbidades e lactantes, e também para avançar na vacinação da população por faixa etária.

O diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck, reforça que os municípios só devem avançar para a próxima fase, por faixa etária, quando a cobertura vacinal do grupo que está sendo vacinado superar 75%. “Os municípios só podem iniciar a vacinação da população com 49 anos, por exemplo, depois que a cobertura vacinal recomendada for alcançada para o grupo anterior. Não podemos correr o risco de deixar para trás pessoas que já deveriam ter sido vacinadas para iniciar um novo grupo”, esclarece o diretor.


Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI

Block