Quinta, 23/09/2021
Joinville - SC
Compartilhar
Ouvir publicação

Obra de Fritz Alt, na Praça da Bandeira, em Joinville (SC)

“O trabalho poupa-nos de três grandes males: tédio, vício e necessidade”, afirmava Voltaire, e meu amado pensador libanês, Gibran Khalil Gibran, dizia que “Todo o trabalho é vazio a não ser que haja amor”. E ainda Leon Tolstói afirmava que “A condição essencial para a felicidade é ser humano e dedicado ao trabalho”. Os imigrantes também precisam ser lembrados neste dia, pois é graças ao trabalho deles que hoje temos a cidade que existe para que possamos trabalhar nela e por ela.

Obra de Fritz Alt, na Praça da Bandeira, em Joinville (SC)

Ame seu trabalho, não pelo retorno financeiro que ele lhe presta somente, mas por compreender que tu és, através dele, uma célula no corpo da humanidade em desenvolvimento, e uma célula muito importante. Pode crer que seja qual for sua função, ela é tão importante quanto qualquer outra, pois faz parte da teia que tece a sociedade.

E aqueles que estão sem trabalho formal ainda, tenham fé e esperanças de que logo as portas se abrirão para vocês, e não é a condição de hoje que os faz menos importantes que ninguém. Desempregado também é trabalhador, apenas não está em atividade em dado momento, e merece ser comemorado enquanto trabalhador que também é e que já contribuiu pela prosperidade deste pais, e torcemos para que retorne as atividades.

Não podemos deixar de comemorarmos, nesta data, os aposentados de toda e qualquer ordem, pois é graças a eles que chegamos onde chegamos, os quais dedicaram suas preciosas horas da vida pela sociedade através de sua dedicação por décadas ao trabalho. O que desejamos a estes é que sejam reconhecidos além desta lembrança nesta data, mas que sejam comemorados através de salários realmente dignos, e que promovam a paz e tranquilidade que merecem ter depois de grande parte de sua vida voltada ao trabalho e, além disso tudo, seja vistos pela sociedade com olhar de gratidão e não de descarte.

Estamos torcendo por dias melhores e por mais dignidade e reconhecimento financeiro e social para todos, tanto para quem está trabalhando, quanto aos que buscam um trabalho, bem como aos aposentados, que deixaram sua valiosa contribuição na e pela sociedade.

Calçada em frente ao Teatro Carlos Gomes

Block