domingo,

23/06/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Defesa Civil informa vertimento da Barragem Sul em Ituporanga

A Barragem Sul, em Ituporanga, começou seu vertimento na tarde desta sexta-feira, 3, às 15h27, quando o nível do reservatório atingiu a cota de 31,00 metros (IBGE 401,00m). No momento, a capacidade de armazenamento do reservatório se encontra em 100,00%. É importante destacar que o vertimento das barragens é uma operação controlada e monitorada por equipe técnica.

A Barragem Oeste, em Taió, segue com sete comportas fechadas, e iniciou seu vertimento na manhã da última quinta-feira, 2. Neste momento, o nível do reservatório é de 24,72 metros (IBGE 363,72), com ocupação de aproximadamente 112%. Já a Barragem Norte, em José Boiteux, também segue com suas duas comportas fechadas, com ocupação de cerca de 63%.

Monitoramento Hidrológico

Os altos volumes de chuva que atingiram o Estado nos últimos dias causaram alagamentos, enxurradas e inundações. Na bacia hidrográfica do Rio Itajaí, os níveis dos rios Itajaí do Oeste e Itajaí-Açu já se encontram em níveis de emergência nos municípios de Taió, Rio do Oeste, Laurentino, Rio do Sul, Lontras, Apiúna, Timbó e Blumenau. Mesmo com a redução das chuvas, a tendência é que esses rios sigam em elevação ao longo desta sexta-feira, podendo atingir níveis próximos de 9 metros em Rio do Sul e Blumenau, 10 metros em Taió e 7,5 metros em Timbó.

Na região do Extremo-Oeste, o nível do rio Uruguai, na divisa com o Rio Grande do Sul, atingiu nível de alerta para inundações, e segue em elevação, já em 9,38 metros no município de Itapiranga, podendo atingir nível superior a 10 metros. Assim como na bacia hidrográfica do Rio do Peixe, no Meio-Oeste, onde o rio de mesmo nome já atingiu nível de emergência, no município de Joaçaba. Em todo o Oeste catarinense foram registrados significativos eventos de alagamentos e enxurradas, como nos municípios de Quilombo, Saudades e São Domingos.

A Defesa Civil informa que está acompanhando de forma constante a situação e trará novas atualizações. Fique atento aos alertas e siga as recomendações das defesas civis dos municípios.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo