Sexta, 01/07/2022
Joinville - SC

CVJ admite queda da lei do “possaporte vacinal” em Joinville

fevereiro 1, 2022
CVJ admite queda da lei do “possaporte vacinal” em Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação

O projeto de lei contra a obrigatoriedade da vacina de covid-19 recebeu parecer pela aprovação nesta segunda-feira (31) na Comissão de Legislação. O relator foi o vereador Nado (Pros). Foram três votos favoráveis (do relator, Cláudio Aragão [MDB] e Kiko do Restaurante [PSD]) e dois votos contrários (Alisson [Novo] e Lucas Souza [PDT]). Ambos argumentaram aspectos de legalidade para votar contrariamente à proposta de Wilian Tonezi (Patriota).

Clique aqui e participe do grupo

de Whatsapp Aconteceu em Joinville

A proposta passará, ainda, pelas comissões de Saúde e de Cidadania antes de ser votada no plenário. O texto (PL 293/2021) de Tonezi proíbe sanções a quem não se imunizar e também veda a obrigatoriedade do passaporte vacinal de covid em estabelecimentos públicos e privados de Joinville. No caso do setor público, especificamente, o projeto determina que nenhum gestor ou superior hierárquico poderá exigir comprovante de vacinação contra a covid-19 de seus subordinados.

Nado não quis adentrar o mérito do assunto. Lembrou que a Comissão de Legislação é o colegiado que dá admissibilidade ou não às proposições. O relator reconheceu, contudo, que “o tema é controverso, pois confronta vários direitos fundamentais”, e que, por isso, é “adequada a aprovação em Legislação, para que o mérito possa ser discutido nas outras duas comissões”.

A Comissão de Saúde, inclusive, já marcou uma audiência pública para discutir o PL 293/2021 com a comunidade. O encontro será no dia 7 de fevereiro, às 19h30, no plenário da CVJ.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block