Sexta, 27/05/2022
Joinville - SC
março 2, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Dois homens encapuzados e armados invadiram o hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, na madrugada desta segunda-feira (02), para mataram um paciente que estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo.

 a

[ads1]

[ads2]

[ads1]

A vítima é Anderson dos Santos Coelho, 30 anos, que já havia sofrido tentativa de homicídio no dia 22 de fevereiro, no bairro das Nações. Ele morreu por volta das 8h desta segunda-feira.

Era por volta de uma hora da madrugada quando os homens arrombaram a porta lateral do corredor, entraram na UTI e, de acordo com testemunhas, dispararam dois tiros em Anderson e fugiram.

O paciente precisou ser levado para o centro cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos.
Em nota, o hospital informou que há quatro vigias patrimoniais de prontidão “para acionar as forças de segurança em casos que exijam uso de força”. A guarda municipal foi chamada, fez rondas, mas não localizou os atiradores.

Nenhum funcionário do hospital se feriu e o programa Abraço ao Servidor foi acionado para dar apoio emocional a eles. A polícia Militar ainda não repassou informações sobre o caso.

Tentaram matar na conveniência

Anderson  foi cravejado de tiros no dia 22 de fevereiro em frente a uma conveniência na rua Nicarágua, no bairro das Nações. Uma testemunha contou que estava de costas para a rua, quando ouviu os tiros. Ao se virar e olhar pra calçada, encontrou Anderson caído.

O Samu levou a vítima para o hospital Ruth Cardoso. A conveniência tem sistema de monitoramento e as imagens já foram entregues à PM.

O carro usado pelos atiradores foi uma Quantum cinza. Ele foi abandonado na rua 971 e guinchado até a delegacia. Anderson ficou internado em estado grave na UTI do hospital até sofrer o atentado na madrugada desta segunda-feira e morrer. Fonte valedoitajainoticias

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads2]

[ads1]

[ads2]

Block