Quinta, 11/08/2022
Joinville - SC

Cogitado a vice de Jorginho, deputado afirma que “está à disposição”

agosto 1, 2022
Cogitado a vice de Jorginho, deputado afirma que “está à disposição”
Compartilhar
Ouvir publicação

O PL de Santa Catarina terá a sua convenção realizada na próxima sexta-feira (5), às 20 horas, em Florianópolis. O evento será realizado na Associação Catarinense de Medicina e todas as definições da sigla para as eleições de outubro serão tomadas.

Com dificuldades para formação de alianças, o PL deverá ter chapa pura em Santa Catarina. Jorginho Mello já está definido como candidato ao governo do Estado e sua candidatura será homologada. Para o senado concorrerá Jorge Seif

A grande indefinição é quem será o vice. Nas últimas semanas, alguns nomes foram cogitados. Uma fonte ligada ao diretório estadual do PL afirmou que o nome a vice será de Joinville.

Dentro deste cenário, dois nomes ganharam força. O primeiro é do deputado estadual Sargento Lima e o segundo, o deputado federal Coronel Armando.

Armando nega

Segundo a assessoria de Armando, o deputado federal irá concorrer à reeleição. Tomando a linha de “soldado”, Armando afirmou que a única possibilidade é se vir uma “ordem direta de cima”.

Essa “ordem” seria uma escolha direta de Jair Bolsonaro, que concorre à reeleição para a presidência pela sigla. Bolsonaro vem apontando alguns nomes, como foi o caso de Seif.

Lima se diz à disposição

Outro nome, é o do deputado estadual Sargento Lima. O parlamentar também afirmou que seu principal foco é a reeleição para a Assembleia Legislativa e que ainda não foi procurado por Jorginho.

“Só reforço que, quando montamos o time do Bolsonaro em Santa Catarina, deixei claro que estou aqui para a guerra que nos espera. Estou aqui para o que for melhor para o meu estado e meu país. Não tenho medo de confrontar nomes com a rejeição de Moisés, ou desgastados como os demais. Saio do maior e mais forte colégio eleitoral do Estado e estou sim a disposição”, afirmou Lima.

Uma mulher

Uma das grandes preferências de Jorginho é que a vice seja uma mulher. Há o nome de uma empresária de Blumenau, que ainda é mantido em sigilo.

Outro nome é o da atual vice-governadora Daniela Reinehr. Rompida com Moisés desde o início do mandato, Daniela soma “horas” de mandatária. Ela assumiu o governo de forma interina durante os afastamentos de Moisés nos dois processos de impeachment.

 

Block