Sexta, 27/05/2022
Joinville - SC

Chuva provoca mortes e deixa desalojados no Estado

maio 4, 2022
Chuva provoca mortes e deixa desalojados no Estado
Compartilhar
Ouvir publicação

Dois homens morreram nesta terça-feira (3) em São Joaquim, na Serra catarinense, em um caso relacionado às fortes chuvas que atingem a região, de acordo com a Defesa Civil. Os dois foram encontrados em um carro que estava dentro de um rio. A cidade também teve outros prejuízos relacionados à chuva.  A previsão é de que o tempo permaneça chuvoso no decorrer desta quarta-feira (4).

 

Joinville tem acumulado de chuva de 79,5 milímetros nas últimas 24h

A Defesa Civil de Joinville informa que na noite de terça-feira (3), houve uma queda de árvore na rua Inácio Bastos, próximo à igreja Sagrado Coração de Jesus, sem gravidade. O acumulado médio de chuva nas últimas 24 horas é de 79,5 milímetros.

Em Joinville, são monitoradas as estações urbanas e rurais. A média das estações urbanas indica um acumulado de chuva de 70 milímetros nas últimas 24h e 110 nas últimas 48 horas. Já a estação da Epagri Ciram, no Vila Nova, indica acumulado de 89 milímetros em 24 horas e 144 em 48 horas, na área rural do município.

 

Estragos com a chuva no Estado

Durante toda esta terça, cidades catarinenses têm registrado estragos por causa da chuva volumosa. Em Pedras Grandes, também Sul catarinense, uma ponte precisou ser interditada após o rio transbordar. Também houve ocorrências em cidades da Serra, Grande Florianópolis e Oeste.

Defesa Civil emite alerta de rajadas de vento intensas

A Defesa Civil de Santa Catarina, emitiu um alerta de rajadas de vento intensas entre quarta (4) e quinta-feira (5). De acordo com o alerta, a formação e atuação do ciclone extratropical  favorece a ocorrência de vento de moderada a forte intensidade. Os ventos podem ultrapassar os 80 km/h. Já em parte do Planalto Sul, Meio Oeste e Vale do Itajaí, são esperadas rajadas de ventos de intensidade moderada.

Recomendações

A Defesa Civil destacou os telefones de emergência. O morador deve ligar para 199 para falar com a própria Defesa Civil e para o 193 para chamar os bombeiros. O órgão também divulgou orientações para cada situação adversa do tempo.

Em caso de tempestades com ventos fortes e raios:

  • busque um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e de outros objetos que possam ser arremessados
  • em local abrigado, fique longe de janelas e desligue aparelhos eletrônicos
  • em casa, o banheiro em alvenaria é um local muito seguro
  • na praia, jamais fique na água

Em caso de alagamentos:

  • evite entrar em contato com a água
  • evite dirigir em locais alagados
  • evite transitar por pontes submersas
  • atenção com crianças próximas a rios e ribeirões

Quando há risco de deslizamentos de terra, fique atento a:

  • inclinação de postes e árvores
  • movimento de terra ou rochas próximos a sua casa
  • rachaduras em muros ou paredes

Mar agitado:

  • evite a navegação e pesca
  • evite entrar no mar ou praticar esportes no mar
  • evite caminhar ou pedalar

Block