Terça, 24/05/2022
Joinville - SC

Caso que menina morta pela mãe tem novos desdobramentos

abril 20, 2022
Caso que menina morta pela mãe tem novos desdobramentos
Compartilhar
Ouvir publicação

O caso da Luna Nathielli Bonett Gonçalves, de apenas 11 anos, que foi assassinada com requintes de crueldade em Timbó, no Vale do Itajaí, na última quinta-feira (14), ganhou um novo capitulo. A Polícia Civil acredita na possiblidade da menina Luna Bonett Gonçalves, ter sido estuprada.

Essa nova  informação foi divulgada pelo delegado que está a frente das investigações, André Beckmann. O delegado disse que esta esperando pelo  resultado do laudo pericial, mas informalmente, não descartou  a existência de uma violência sexual contra a menina. De acordo com o delegado, por lei o perito criminal tem até 10 dias para concluir o laudo.

Com base no documento,  a polícia deve dar inicio as investigações para apurar quem foi o autor da violência sexual  contra Luna.

Relembre o caso:

De acordo com a Polícia Civil de Timbó,  a mãe da menina teria confessado que matou Luna como forma de represália, já que não aceitava que a filha havia se tornado sexualmente ativa. A morte  foi constatada na madrugada da ultima quinta feira, dia 14/04, porém a  polícia afirmou que a menina começou a apanhar um dia antes. O padrasto ficou em silêncio durante o depoimento. Ele chegou a ser apontado pela Polícia Militar como suspeito, mas teria negado a autoria do homicídio.

Conforme depoimento à polícia,  a mãe  relatou que ao descobrir supostamente que a filha tinha um namorado e matinha relações  teve um ataque de raiva e espancou Luna a socos e chutes.

Block