Domingo, 16/01/2022
Joinville - SC

Casan apresenta obras e investimentos para Balneário Barra do Sul

janeiro 12, 2022
Casan apresenta obras e investimentos para Balneário Barra do Sul
Compartilhar
Ouvir publicação

No aniversário de Balneário Barra do Sul, a CASAN apresentou uma série de ações e melhorias para o reforço do abastecimento no município. A presidente da Companhia, Roberta Maas dos Anjos, participou da celebração dos 30 anos de emancipação, neste domingo (9), detalhando o planejamento com medidas imediatas e com implantação a curto prazo.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

“Serão cerca de R$ 50,5 milhões em investimentos até o final deste ano para ampliar o sistema de abastecimento de água para o município e para dar sequência à implantação do sistema de esgotamento sanitário. E dentro do Planejamento Hídrico do Governo do Estado, estamos prevendo mais R$ 55 milhões para o novo sistema de captação do Rio Piraí. Trata-se de um conjunto de obras para atender a demanda atual e também preparar Balneário Barra do Sul para o futuro”, destacou Roberta.

Ao lado do prefeito Antonio Rodrigues, os deputados estaduais Fernando Krelling e Paulinha participaram das comemorações e elogiaram a gestão da CASAN. Krelling destacou o compromisso da Companhia com o saneamento no estado. Paulinha citou o comprometimento da CASAN, que vem apresentando soluções rápidas para as demandas dos municípios.

Hoje a produção de água em Balneário Barra do Sul na baixa temporada é de 52 l/s, utilizando a captação de três poços. Durante a alta temporada, a produção passa para 130 l/s, o que é obtido com a captação nos três poços e no Rio Perequê. No final de 2021, por conta da estiagem, a vazão do rio caiu de 75 para 23 l/s, o que fez com que a produção total de água no feriado de Ano Novo fosse de cerca de 75 l/s.

Esse déficit causou dificuldades no abastecimento. Para resolver a situação a CASAN tomou uma série de medidas imediatas, como a perfuração emergencial de um poço na área da Estação de Tratamento de Água (ETA). Nesta semana, outros dois poços profundos serão perfurados nesta mesma área.

Com os novos poços haverá um incremento previsto de até 80 l/s na produção de água. Ainda para o primeiro semestre, está prevista a implantação de uma adutora para interligação do Poço 4 e melhoria nas adutoras dos demais poços, num total de 3.600 metros de tubulação e um investimento estimado em R$ 650 mil.

Outro projeto é aumentar a capacidade de reserva no município. Para isso, serão instalados dois novos reservatórios, com 450 mil litros cada, nos bairros Costeira e Salinas. Com investimento de R$ 7,6 milhões, os novos reservatórios têm previsão de instalação para agosto e trarão mais segurança para o sistema de abastecimento na cidade.

Na Estação de Tratamento de Água (ETA) será feita a ampliação do bombeamento, com a instalação de novo conjunto de motobomba e execução de novo filtro. O investimento de cerca de R$ 350 mil aumentará a capacidade de produção em 50 l/s. Outra melhoria será a reforma do Reservatório Central, que deve ser iniciada ainda nesta semana, com um custo de R$ 75,5 mil. Para o segundo semestre está prevista a reforma geral da ETA, em um investimento de R$ 850 mil.

O Sistema de Esgotamento Sanitário também vem avançando. Na primeira etapa de obras já foram executados 32,7 mil metros de redes coletoras, dos 35,4 mil previstos. Também foram feitas 2.850 das 3150 ligações prediais e implantados 3.130 metros de emissários, de um total de 7.670 metros.

Estão concluídas três das cinco estações elevatórias previstas e 63% das obras na Estação de Tratamento de Esgoto, que tem previsão de ser finalizada em outubro. Com investimentos de cerca de R$ 48 milhões, nesta primeira etapa serão atendidos 3,2 mil moradores e até 8.300 visitantes (população flutuante).

Balneário Barra do Sul ainda será contemplado, dentro do Programa Planejamento Hídrico do Estado, com o novo sistema do Rio Piraí. O projeto prevê uma nova captação no Rio Piraí, que é o único manancial com vazão suficiente para atender a demanda futura do município, garantindo mais segurança para atender à demanda de veraneio. O investimento estimado é de R$ 55 milhões, para implantação da estrutura de captação, adutoras e uma nova ETA com capacidade de produção de 500 l/s. No momento, a Companhia trabalha no processo de definição de terrenos e na contratação do projeto.

Fotos: Acervo CASAN

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block