Segunda, 08/08/2022
Joinville - SC

Casa da Cultura de Joinville tem lançamento de livro e apresentação folclórica

junho 29, 2022
Casa da Cultura de Joinville tem lançamento de livro e apresentação folclórica
Compartilhar
Ouvir publicação

A Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior de Joinville, vai sediar dois eventos culturais voltados principalmente às crianças. Nesta quinta (30/6), o público vai poder conferir o lançamento do livro “Corpo, Corpo Meu, que Dança Sou Eu?”, de Jussara Xavier e com ilustrações de Roberto Gorgati. Na sexta-feira (1°/7), é a vez do projeto O Boi da Casa tomar o espaço do hall e levar ao público o folclore açoriano. As atividades são gratuitas e abertas à comunidade.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

A obra literária que será apresentada ao público mescla linguagem escrita e visual para explicar aos pequenos, conceitos sobre dança contemporânea. Joinville é a primeira cidade a receber o lançamento da publicação. A obra, viabilizada pelo Edital Elisabete Anderle de Apoio à Cultura do Estado de Santa Catarina, vai passar também por outros quatro municípios do estado. Cópias do livro “Corpo, Corpo Meu, que Dança Sou Eu?” serão distribuídas gratuitamente. O lançamento ocorrerá a partir das 18h, na sala 5 de ballet.

Na sexta-feira (1°/7), o público poderá apreciar o projeto Boi da Casa. A apresentação de Boi de Mamão envolve um folguedo, uma espécie de dança não coreografada, em que algumas pessoas se travestem de animais, entre eles o boi e os bonecos gigantes que brincam com a plateia, tudo isso ao som de cantigas populares. As exibições ocorrem em dois horários, às 10h e às 15h30, no hall principal da Casa da Cultura.

O projeto Boi na Casa surgiu em 2018 dentro do curso da Escolinha de Artes voltado para as crianças com o intuito de trabalhar o folclore açoriano. Os estudantes construíram os bonecos e a iniciativa ganhou a parceria da Escola de Música Villa-Lobos com a execução da trilha sonora ao vivo. O Boi da Casa foi retomado esse ano, após a pandemia, e conta com as participações de estudantes de artes, teatro e música, além dos professores Juciara Nascimento (idealizadora do projeto), Marilene Sprogis, Fernanda Adamowski e Nicolau Schimidt.

Block