Sexta, 01/07/2022
Joinville - SC

Camboriú e Brusque ficam no empate na primeira partida da final do Catarinense

março 31, 2022
Camboriú e Brusque ficam no empate na primeira partida da final do Catarinense
Compartilhar
Ouvir publicação

No Estádio das Nações, em Balneário Camboriú, em partida válida pelo jogo de ida da final do Campeonato Catarinense, Camboriú e Brusque empataram pelo placar de 1 a 1.

 

O jogo foi marcado por dois lindos gols. O primeiro foi do Cambura logo com 1 minuto de partida em belo chute de fora da área de Juliano. O empate do Quadricolor saiu aos 15 minutos da etapa complementar em belíssima finalização de três de Fernandinho. A partida de volta será realizada no próximo sábado, dia 02 de abril, no estádio Augusto Bauer, na cidade de Brusque, às 16h30.

Foto: Twitter Camboriú / Tiago Winter Foto: Lance!

PRIMEIRO TEMPO

CAMBORIÚ COMEÇA A MIL POR HORA

Jogando em casa, o Camboriú iniciou a partida a mil por hora e logo com 1 minuto de partida já abriu o marcador. Após bola alçada na área, Juliano aproveitou a sobra e soltou uma bomba cruzada de fora da área e abriu o marcador: 1 a 0.

O Brusque tentou reagir após o gol relâmpago do Camboriú, mas quase tomou o gol aos 12 minutos. Mas Bruno Mota não conseguiu colocar para dentro o cruzamento de Léo Campos pelo lado esquerdo.

BRUSQUE MELHORA NA PARTIDA

Passado o susto, o Brusque reagiu e começou a enfileirar oportunidades de gol. O Camboriú recuou e passou toda a primeira etapa defendendo o placar de 1 a 0. O goleiro Gabriel Félix, do Camboriú, teve muito trabalho e fez pelo menos três boas defesas evitando que o Quadricolor igualasse o placar antes do intervalo.

CONFUSÃO NO INTERVALO

Enquanto os times estavam no intervalo, houve confusão na torcida do Brusque com a Polícia Militar, que precisou conter o tumulto nas arquibancadas do time visitante. A etapa complementar até começou com atraso por conta da confusão.

SEGUNDO TEMPO

 

BRUSQUE CONTINUA MELHOR E ABRE EMPATA A PARTIDA

Tudo mais calmo, o árbitro apitou o reinício da partida. E o Brusque, assim como aconteceu em boa partida da etapa inicial, continuou melhor. O Quadricolor exerceu uma grande pressão e conseguiu o empate.

Fernandinho partiu com a bola dominada pelo lado esquerdo. Ele aproveitou que a defesa do Camboriú recuou e abriu para o meio para bater de três dedos e de forma colocada para encobrir o goleiro e marcar um golaço: 1 a 1.

CAMBORIÚ SENTIU O GOL

O Cambura sentiu o gol e passou muitos minutos sem conseguir reagir. O Brusque, que já controlava a partida, passou a trocar passes tentando envolver o time do Camboriú em busca do gol da virada. Mas foi em chute fora da área, aos 31, que Jailson quase virou para o Brusque. Só que a bola passou rente a trave e não entrou.

CAMBORIÚ REAGE E QUASE MARCA

O susto acordou o Camboriú, que conseguiu criar uma grande oportunidade para marcar poucos minutos depois do lance perigoso de Jailson. Só que a finalização de Bruno Mota parou no goleiro Ruan Carneiro, que salvou o Brusque.

WESLEY É EXPULSO E JOGO ACABA EMPATADO

No fim da partida, os dois times pareciam estar satisfeitos com o empate. No entanto, ainda teve tempo para Wesley meter a mão na bola para bloquear o contra-ataque do Brusque e acabou sendo expulso. A cobrança de falta acabou sendo executada sem susto e jogo terminou em empate por 1 a 1.

CAMBORIÚ 1 x 1 BRUSQUE – FINAL CAMPEONATO CATARINENSE 2022

 

Estádio das Nações, em Balneário Camboriú (SC)

Data/horário: 30 de março de 2022, às 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado

Assistentes: Alex dos Santos e Fabiano Coelho da Silva.

Cartões amarelos: Juliano, Wesley (CAM); Fernandinho, Alex Sandro, Toty, Rodolfo Potiguar (BRU)

Cartões vermelhos: Wesley (CAM).

GOLS: Juliano, aos 01’/1ºT (1-0) (CAM); Fernandinho, aos 15’/21ºT (1-1) (BRU);

CAMBORIÚ (Técnico: Luan Carlos)

Gabriel Félix; Lucas Barboza, Cleisson Tetê, Wesley e Léo Campos; Emerson Martins (Bruno Oliveira, aos 47’/2ºT), Wagner Balotelli, Jorge Henrique (Ronny, aos 29’/2ºT) e Maicon Assis (Matheus Lagoa, aos 29’/2ºT); Bruno Mota (Neguete, aos 47’/2ºT) e Juliano (Vivico, aos 14’/2ºT).

BRUSQUE (Técnico: Waguinho Dias)

Ruan Carneiro; Toty, Éverton Alemão, Sandro e Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus, Luiz Antonio (Jailson, aos 19’/2ºT) e Diego Jardel (Lucas Silva, aos 19’/2ºT); Fernandinho (Bruno Santos, aos 19’/2ºT) e Alex Sandro (Edílson, aos 38’/2ºT).

Fonte Portal Terra.

Lance!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block