Domingo, 22/05/2022
Joinville - SC

Cachorros morrem após serem esquecidos em carro por seis horas

fevereiro 3, 2022
Cachorros morrem após serem esquecidos em carro por seis horas
Compartilhar
Ouvir publicação

Na ultima semana, dois cachorros morreram após serem deixados em uma pet shop em São José, na Grande Florianópolis. De acordo com a Polícia Militar, a dona do estabelecimento esqueceu os animais dentro do carro por cerca de seis horas.

Clique aqui e participe do grupo

de Whatsapp Aconteceu em Joinville

O PROCON SC considera, entre outras coisas, que, de acordo com o artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, o fornecedor de serviços responde, independente de culpa, pela reparação dos danos causados ao consumidor por problemas relativos a prestação de serviço. Por isso, o órgão notificou a pet shop Lele Pet Banho de Carinho para que no prazo de 10 dias apresente esclarecimentos a respeito do episódio que ocasionou a morte dos dois cachorros e explique quais medidas foram tomadas após o fato ocorrido.

“Além de uma crueldade, a displicência da empresa também fere o CDC, por isso o PROCON SC decidiu atuar neste caso”, explica o diretor do órgão, Tiago Silva.  Em caso de descumprimento, a empresa poderá sofrer as medidas administrativas cabíveis.

Caso

Duas cachorrinhas morreram, após serem esquecidas durante seis horas dentro de um carro de pet shop no dia 26 de janeiro.

Chaiane Nascimento, a dona dos animais Bel e Lulu, que tinham 7 e 4 anos, contou que elas eram levadas há cerca de três anos, todas as quartas-feiras, para o estabelecimento “Lelê Pet Um banho de carinho”, no bairro Forquilhas. Segundo Chaiane, a dona do lugar sempre cuidou e tratou os cachorrinhos muito bem e era muito amorosa.

“Entendo que ela não fez de propósito, porém, ela tirou duas vidas muito importantes”, desabafou Chaiane.

A dona do pet shop afirmou, em reportagem do NDMais, ter esquecido os animais porque ficou nervosa após desviar de um buraco na rua.

“Elas eram as últimas a serem entregues, mas no caminho, já perto do destino, havia aberto na rua um buraco e passei com muita dificuldade e cuidado para não bater o carro. Cheguei em casa e deixei o carro na garagem coberta”, relatou Elecir.

Segundo ela, haviam pessoas e máquinas trabalhando na pista, o que teria desviado a sua atenção. Por volta das 18h, quando abriu a porta do carro, se deparou com os animais mortos.

Quando ela percebeu o que tinha ocorrido, diz ter entrado em pânico e retirou rapidamente as duas do carro para tentar reanimá-las. Mas, infelizmente, não havia mais nada a ser feito. As redes sociais do pet shop foram excluídas.

Block