Domingo, 01/08/2021
Joinville
março 16, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Uma mulher registrou um boletim de ocorrência contra o ex-síndico do prédio onde mora em Itapema, no Litoral Norte catarinense, sobre uma agressão sofrida na tarde de sábado (14), após uma reunião do condomínio. A agressão foi registrada por câmeras de monitoramento interno do imóvel. O caso será investigado pela Polícia Civil.a

 a

[ads2]

[ads1]

De acordo com o delegado Rafael Chiondi, um inquérito policial será instaurado nesta segunda-feira (15) para dar início à investigação. Foi solicitado um exame de corpo delito e ambas as partes serão ouvidas.

Chiondi afirma que, por se tratar de uma agressão, além do boletim é preciso que a vítima represente contra o agressor para dar continuidade às investigações. Segundo o delegado, ela já demonstrou esse interesse.

Os procedimentos legais foram iniciados na delegacia, após o registro da ocorrência, e conforme Chiondi, as imagens de vídeo já estão com a polícia. Inicialmente, foi registrado o crime de lesão corporal leve dolosa.

Caso ocorreu após reunião

Roberta afirma que há pelo menos um ano tem atrito com o ex-síndico, após o ter questionado e exigido melhorias sobre problemas no imóvel. Ela conta que se mudou para o prédio com o marido no início deste mês, pois, até então, o apartamento era usado como casa de veraneio pelo casal.

Roberta relata que a agressão aconteceu na manhã de sábado, ao chegar em casa após uma reunião de condomínio que a elegeu a nova síndica do prédio, realizada na administradora do condomínio.

Conforme Roberta, a reunião teria durado aproximadamente duas horas, mas ele teria participado por aproximadamente 30 minutos. O ex-síndico não se candidatou à eleição, segundo ela. Fonte g1.com

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads2]

[ads1]

[ads2]

Block