Quinta, 11/08/2022
Joinville - SC

Ari Rabaiolli: “Não dá mais para suportar que a cada benefício haja uma elevação de imposto”

julho 29, 2022
Ari Rabaiolli: “Não dá mais para suportar que a cada benefício haja uma elevação de imposto”
Compartilhar
Ouvir publicação

“Para cada R$ 3 mil reais de salário, no Brasil, o empregador arca com o dobro em impostos e, ainda, o trabalhador chega em casa com menos do que o salário bruto. A cada compra, desde combustível, alimentos, medicamentos e serviços públicos, a exemplo da energia, tem uma elevada carga tributária e não tem a contrapartida em saúde, educação e segurança. Isso é menos dinheiro no bolso do colaborador”, disse o empresário e pré-candidato a deputado federal, Ari Rabaiolli.

O transportador e ex-presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc) afirma que, com uma menor carga tributária, o funcionário certamente seria melhor remunerado.

Esta realidade gira em torno da tão esperada Reforma Tributária, a qual, segundo Ari Rabaiolli, “não pode ser feita sem que antes haja uma Reforma Administrativa, sobretudo com a redução do custo-Brasil. Não dá mais pra inflar as despesas do Estado e deixar de se investir naquilo que realmente é urgente para o brasileiro. Aliás, não dá mais para suportar que a cada benefício haja uma elevação de imposto pra poder cobrir este benefício”. A chave de tudo isso, afirmou, está na escolha, nas eleições, pelo currículo do candidato.

Block