Quinta, 02/12/2021
Joinville - SC

PSICOLOGIA DO ESPORTE usando os resultados para aprimorar-se… by Carlos Alberto Hang

novembro 22, 2021
PSICOLOGIA DO ESPORTE usando os resultados para aprimorar-se… by Carlos Alberto Hang
Compartilhar
Ouvir publicação

Quando estamos determinados a sermos melhores, os resultados obtidos na caminhada sempre nos servem de aprimoramento e impulso para chegarmos mais perto do que queremos.

Até mesmo as derrotas podem nos ensinar muito mais do que as vitórias, tonando-se combustível para nosso desenvolvimento, alimentando nossa perseverança e ensinando com a análise de nossos erros.

Até mesmo nossos adversários não são nossos meros rivais, mas podem se tornar nossos impulsos diante do aprimoramento que buscamos.

Sabemos que não é fácil enfrentarmos resultados não buscados e desejados, mas quando usamos os mesmos como ferramentas de nosso próprio aprimoramento, todos ganham com isso.

Os verdadeiros derrotados não são aqueles que perdem uma competição, mas aqueles que gastam o tempo apenas buscando culpados ou se culpabilizando, não usando tais resultados pelo aprimoramento profissional e pessoal.

Da mesma forma que é perigoso usar os resultados para apenas buscar culpados ou se culpar por eles, é o de vencer uma competição e baixar a guarda, acreditando ser invencível e que atingiu o apogeu do profissionalismo esportivo, não usando também o resultado positivo para analisar tudo, desde o quanto poderia ter sido bem melhor do que foi e como fazer para que tal ocorra, bem como analisar o nível dos adversários e o quanto realmente superior ao mesmo.

Tanto atletas, quanto equipe técnica, precisam aprender e aprimorarem-se com os resultados obtidos, sejam eles de vencedores ou não, caso contrário, correm o risto dos demais fazerem isso e, os vencedores de hoje, sejam os perdedores de amanhã, concorrendo com os mesmos que venceram atualmente, como os perdedores de hoje, repetirem as derrotas ou ficarem em piores resultados do que agora.

Percebemos muitos times e atletas repetindo as derrotas por décadas, seja por falta de aprimoramento através dos resultados, seja por buscarem supostos culpados e os substituírem (como se isso fosse realmente modificar todo o sistema), seja passando a viver em lamentação ou escondendo-se da realidade. Este sim são os verdadeiros derrotados.

E é nesta questão que também o PSICÓLOGO DO ESPORTE irá atuar, ajudando os atletas e equipe técnica a exercitarem tais feitos acionantes, indo para além dos resultados conquistados, sinalizando possibilidades de uso destes sempre de maneira positiva, evolutiva e conquistadora de nível mais alto de rendimento, foco, perseverança e dedicação.

Sem um PSICÓLOGO DO ESPORTE preparado de fato para atuar, dificilmente os atletas, equipe técnica e afins, irão ter uma visão ampla da realidade e usá-la para proveito de todos, pois estão mergulhados demais na práxis técnica esportiva somente, que é outro foco de atuação, promovendo um distanciamento perceptivo de um plano mais univérsico da situação e, consequentemente, de obtenção e escolha de medidas que realmente possam promover melhores resultados a contento.

(conteúdo trabalhado em minha palestra ESPORTE & PSICOLOGIA: um casamento perfeito e necessário)

Quem é o autor deste artigo: Carlos Alberto Hang, Psicólogo, Doutor e Mestre, Jornalista (SC03991); especialista/pós-graduado em psicologia do esporte, hipnose clínica, sexologia, dependência química, MBA em Liderança e Coaching, psicopedagogia, psicanálise, educação infantil, e Ciências da Religião, com graduação também em Teologia, Filosofia, História, Letras e formação em hipnose transformacional; International Master Premium em Hipnose; Master PNL Practitioner (NLPEA Association of Excellence/USA); e escritor. Embaixador pela Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix (Genebra/Suíça), é Cônsul de Joinville – Instituto Internacional Poetas del Mundo, detentor do Oscar Brasileiro by Grupo Jornalístico Ronaldo Côrtes de São Paulo, e membro honorário imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de MG na cadeira 148.  INSTAGRAM: @carlosalbertohang  TWITTER: @hangjornalista  FACEBOOK: @opiniaodeumlivrepensadorbyHANG

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block