Segunda, 04/07/2022
Joinville - SC

Ao som de Roberto Carlos, seu Gentil distribui gentilezas na comarca de Joinville

fevereiro 11, 2022
Ao som de Roberto Carlos, seu Gentil distribui gentilezas na comarca de Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação

O profeta urbano José Datrino (1917-1996), mesmo antes das redes sociais, viralizou seu mantra “Gentileza gera Gentileza” pelas ruas do Rio de Janeiro, a partir da década de 80, até incorporá-lo ao seu nome e passar a ser conhecido como “Profeta Gentileza”.  Irradiar felicidade e harmonia em seu entorno era traço marcante de sua personalidade.

Clique aqui e participe do grupo

de Whatsapp Aconteceu em Joinville

História parecida ocorre em Joinville, norte do Estado. Ele não sabe ao certo o porquê da escolha do seu nome, mas quem o conhece tem a certeza de que lhe cai muito bem. Aos 56 anos de idade, 17 deles a prestar serviços no fórum de Joinville, Gentil de Souza é o terceirizado mais antigo da comarca em atividade, e exerce com alegria, competência e orgulho a função que lhe foi designada: limpar e desinfectar portas e assentos, conferir se os bebedouros têm água, enfim, manter tudo em ordem.

Pelos corredores do prédio, além de repetidas vezes distribuir desejos de um ótimo dia de trabalho para os colegas, o senhor Gentil também canta enquanto deixa tudo no brilho. No repertório, sempre presentes as músicas do ídolo, o rei Roberto Carlos. “Eu gosto de todas as canções dele, mas ‘Emoções’ é minha preferida”, relata.

A grandeza do funcionário é admirada e marcante. “O senhor Gentil é um ótimo colaborador: pontual e assíduo, raramente falta. Sempre sorridente e muito educado com todos, é um exemplo de profissional e de ser humano”, conta Karina Keller, analista administrativa.

“Cheguei bem cedo ao fórum e o surpreendi cantando, rapidamente ele parou ao me ver. Foi então que pedi para que continuasse, que a música deixa o ambiente mais agradável”, relembra o juiz Yhon Tostes, diretor do Foro Central da comarca de Joinville. O magistrado ressalta ainda que a simpatia pelo senhor Gentil é um consenso e que o dia a dia seria menos pesado com outros “Gentis”.

Hoje viúvo, Gentil mora sozinho, mas tem uma filha e um casal de netos. Se diz feliz. “Acordo muito cedo, 3h45 já levanto, faço café e ligo o rádio. Essa é minha rotina. Quando chego ao fórum me sinto muito bem. Gosto demais de trabalhar e também das pessoas”, finaliza.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block