Quinta, 23/09/2021
Joinville - SC
Compartilhar
Ouvir publicação

 

Desejo a todos os meus leitores um ano multiplicado de bênçãos, que o total de vitórias e alegrias que cada um teve em sua vida até hoje, seja duplicado neste seu ano que se inicia e que, ao seu findar, tenha muito mais motivos para comemorar o ano que passou do que já tem nesta virada de ano…

MMXXI. Estamos adentrando ao ano de 2021 conforme o calendário gregoriano. Já no chinês iremos para 4717/4718; no judaico 5781/5782; no persa 1399/1400; no islâmico 1443/1444, e etc. Logo, numerologia, crendices e superstições a respeito do ano em que estamos iniciando, tem pouco sentido de ser, apenas fazendo parte de uma cultura de crença local ou particular, além do poder que nós mesmos damos para tudo isso.
O que ocorre no findar de cada ano, pouco mais é do que mais um movimento de translação do Planeta Terra ao redor do Sol completado, que vale por 1 unidade astronômica e 1 ano sideral.
Pouco ou nada representam as ondas da praia puladas, cores de roupas usadas, tipos de alimentos comidos e etc., se não vir a ocorrer uma mudança mental, como afirma o Livro dos Livros que diz que, para transformarmos o mundo, precisamos antes de tudo renovarmos a nossa própria mente, além de uma necessária tomada de ação. Se estes amuletos ou muletas não forem usados para promover movimento, nada ocorrerá de fato em direção à renovação buscada. Faz-se necessário, neste findar simbólico de ano, rever os dias passados e projetar os futuros.
Quanto maior o desejo, proporcionalmente serão as forças internas em sua direção, mesmo que não se venha a ser detentor do que desejou, longe chegará. Se temos algo a comemorar e a brindar, é a VIDA, mas uma VIDA VIVIDA, no mais não passa mais do que uma festa de faz de conta, que vale pelo comes e bebes, reunião com amigos e familiares, e muitas risadas e abraços. Seja como for, fica aqui registrado meus mais sinceros votos de que o “novo ano que se inicia” seja repleto das bênçãos do Alto a vós outros e a mim mesmo.
BOAS FESTAS e que encontremos todos os dias do novo ano motivos para comemorarmos e brindarmos a vida !!!
Alemão – ‘Gutes Neues Jahr’
Catalão – ‘Bon Any Nou’
Chinês Mandarim – ‘Xin nian yu kuai’
Espanhol – ‘Feliz Ano Nuevo’
Esperanto – ‘Bonan Novjaron’
Finlandés – ‘onnellista Uutta Vuotta’
Francês – ‘Bonne Année’
Galês – ‘Blwyddyn Newydd Dda’
Grego – ‘Kainourios Chronos’
Hebreu – ‘Shanah Tovah’
Holandês – ‘Gelukkig Nieuwjaar’
Húngaro – ‘Boldog Ujevet’
Indonesiano – ‘Selamat Tahun Baru’
Islandês – ‘Farsflt Komandi Ar’
Italiano – ‘Buon Capo d’Anno’
Japonês – ‘Akemashite Omedetou Gozaimasu’
Latim – ‘Annum Faustum’
Norueguês – ‘Godt Nytt Ar’
Polonês – ‘Szczesliwego Nowego roku’
Tudo pode mudar, se você está disposto a mudar primeiro… se continuarmos caminhando em linha reta, continuaremos no mesmo caminho, mesmo que reclamemos dele na jornada… é preciso que mudemos a estrada para mudarmos de rumo, ou que andemos mais rapidamente se quisermos chegar mais rápido em nosso destino… apenas reclamar ou tentar culpar terceiros, não muda nossa história.

FIM DE ANO. Para mim, dia 31 de dezembro nada mais é do que o dia marcado como marco final e inicial de um novo clico de translação da Terra (movimento da terra ao redor do sol), que poderia ser qualquer outro dia do ano. Trata-se de 365 dias e poucas horas para completar tal movimento, e NADA MUDARÁ a partir do dia primeiro, SALVO SE MUDARMOS, PROMOVERMOS AÇÕES DIFERENTES, ATITUDES QUE IMPULSIONEM AS MUDANÇAS DESEJADAS… não existe ritual místico, cores de roupas, bebidas e comidas que irão proporcionar diretamente ou garantir alguma mudança. E A VIDA SEGUE… FELIZ NOVO CICLO DE TRANSLAÇÃO PARA TODOS !!!

AS CORES DO REVEILLON. Que as cores emitem vibrações, isso bem o sabemos, assim como o som e tudo que existe na Natureza, pois TUDO É ENERGIA. Mas achar que o uso de determinada cor, pular 7 ondinhas, rituais diante do mar e etc., provocará mudanças em sua vida, é ter ainda uma MENTE INFANTILIZADA se posicionando, ou não querendo conquistar por esforços próprios o que deseja, mas infantilmente por uma utópica força de conto de fadas. Mas se usar calcinha e cueca de determinada cor, for meio impulsionante para ações determinadas numa proposta feita, tudo certo então como ferramenta de incitação ao ato, pois pode sim ajudar como amuleto neste caminhar. No mais, É TUDO TÃO REAL QUANTO O PÉ GRANDE E O PAPAI NOEL !!! Cair na real e assumir a sua própria realidade e limites, é bem mais adequado para dias melhores vir a ser detentor. No mais, gastar com calcinha amarela para enriquecer, vai enriquecer sim, mas o dono da malharia e o comércio. Quanto menos cultura, mais mística é a criatura humana. No mais, se está consciente disso tudo, por que não entrar na brincadeira??? Pode até pular as 7 ondas e rir muito, feito um adulto brincando de roda, que está tudo certo, valendo a pela pela diversão!!!

Existem maneiras mais eficazes de iniciarmos um novo ano melhor para nós e para o mundo, e muito mais fácil e prático do que nos perdermos num mundo de fantasias infantis que rondam estas festividades. Sejamos nós mesmos a ferramenta que precisamos para construir dias melhores para nós, desprovidos das correntes das superstições de toda ordem para além de as usarmos para brincar e nos divertirmos com elas, mas nunca como se fossem muletas necessárias para nosso caminhar.

Quando somos movidos por desejo, mas por desejo desejado, sentido enquanto tal e não somente feito um pedido de uma criança mimada oportunista, ele nos move, nos impulsiona a agirmos, e quando focados, determinados e persistentes, ele se materializa no momento adequado. É importante este momento para revermos nossas vidas e listarmos nossos desejos mais imediatos, bem como o que precisamos fazer para conquistá-los, juntamente com comprometimento sobre isso tudo.

Mesmo sendo de caráter simbólico a mudança de ano, as promessas feitas também têm simbolismos fortes do que realmente é importante para nós, representado pelos nossos desejos, nossas prioridades conosco e com o mundo que nos cerva. Que nossas promessas para 2021 não sejam apenas de enriquecimento e emagrecimento, pois podemos ter certeza que existem coisas muito mais importantes para depositarmos nossos desejos mais imediatos.

Não desejo apenas dias maravilhosos para todos, mas sim que tenham visão de sabedoria diante de dias tenebrosos, que com certeza todos nós passaremos, pois são fontes raras de aprendizado que necessitamos pelo nosso aprimoramento humano e para nos mantermos equilibrados. Por isso demos graças e sejamos agradecidos também pelas provações que se apresentam em nossa caminhada.

FUTURO. Precisamos buscar visualizar nosso futuro sem usarmos das lentes de preconceitos, de medos, de nossos conceitos limitantes, de nossos traumas, dos olhares e concelhos negativistas dos demais, dos possíveis obstáculos impeditivos, e tudo o mais que ofusque a projeção de nossos sonhos e desejos em primeiro plano, os quais funcionam como mola propulsora da nossa própria vida, que nos dá vontade de viver, o sentimento da própria vida em si mesma em nós. (conteúdo trabalhado em minha palestra PNL & HIPNOSE: FERRAMENTAS DE OTIMIZAÇÃO E REPROGRAMAÇÃO MENTAL)

O QUE VAMOS FAZER EM 2021??? ???

FIM DE ANO, ou ADEUS, ANO VELHO! FELIZ ANO NOVO!, é uma valsa famosa, com gravação em 1951, na voz de João Dias, de São Paulo, sendo de autoria de David Nasser e de Francisco Alves. É a música principal de todo réveillon que passamos, e que para mim traz um sensação de tristeza e de alegria quase ao mesmo tempo pelo ritmo da canção.
“Adeus, ano velho!
Feliz ano novo!
Que tudo se realize
No ano que vai nascer!
Muito dinheiro no bolso,
Saúde pra dar e vender!
Para os solteiros, sorte no amor
Nenhuma esperança perdida
Para os casados, nenhuma briga
Paz e sossego na vida.”

Acredite, tens muito mais motivos para brindares neste final de ano, do que lamentares… até mesmo os momentos ruins passados se comemora, pois saímos mais do que vitoriosos sobre eles e eles nos moldaram e nos tornaram pessoas melhores e mais fortes ao suportá-los e suplantá-los.

Meu desejo para teu ano novo vai para além de boa sorte e boas festas, mas de que tenha visão de sabedoria, bom ânimo, inspiração, força e coragem de seguir adiante e mudar o que precisa ser modificado para que realmente, ao chegar o findar de 2021, tenha muito mais motivos para comemorar mais um ano que passou e que esteja mais empolgado com o novo que chega novamente.

Enfim, um brinde especial ao site ACONTECEU EM JOINVILLE, o qual tem sido, a cada dia mais, de importância ímpar ao jornalismo independente da terceira maior cidade do sul do país e região, e mais importante do que tudo, proporciona um espaço democrático de fato, que tanto temos sentido falta na mídia nacional.

 

QUEM é o jornalista desta coluna: CARLOS ALBERTO HANG: escritor, jornalista (03991/SC) desde 1994, psicólogo com mestrado e doutorado, International Master em Hipnose Clínica (Universidade Brasileira de Hipnose), também formado em Filosofia, História, Letras, Teologia; pós-graduado/especialista em Psicologia do Esporte, em Psicopedagogia, em Hipnose Clínica e em Ciências da Religião;  Gestão de Pessoas, Psicanálise, Hipnose Transformacional, Psicologia Clínica e Comportamental, Sexualidade Humana, Formação em PNL Practitioner (Programação Neurolinguística) reconhecido internacionalmente pela NLPEA Association of Excellence, Terapia Cognitivo Comportamental, Psicologia Organizacional, Diagnóstico e Intervenção Psicopedagógicos, Taxicologia, Coaching & Mentoring, Inteligência Emocional, Física Quântica, Recursos Humanos, Jornalismo Digital, Jornalismo Esportivo, Telejornalismo, Logística, Adm. de Hotéis, Gestão de Eventos, Turismo de Eventos, Relações Internacionais, Saúde Mental & Dependência Química, Gestão na Administração Pública, Ciência Política, Política Contemporânea, Gestão de Conflitos, Empreendedorismo, Piano, Linguagem Musical, História da Música; Inglês, Italiano, Espanhol eFrancês; é Embaixador pela Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix (Genebra/Suíça), é Cônsul de Joinville – Instituto Internacional Poetas del Mundo, detentor do Oscar Brasileiro by Grupo Jornalístico Ronaldo Côrtes de São Paulo, e membro honorário imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de MG na cadeira 148.  INSTAGRAM: @carlosalbertohang  TWITTER: @hangjornalista PARLER: @Carlosalbertohang  FACEBOOK: @opiniaodeumlivrepensadorbyHANG

Block