Sexta, 24/09/2021
Joinville - SC
fevereiro 18, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Um dos casos de feminicídio de grande repercussão registrado em 2019 vai ser julgado nesta quarta-feira (dia 19), a partir das 13 horas, na Comarca de Joinville. A sessão de julgamento será presidida pelo juiz Gustavo Henrique Aracheski.

 a
A

[ads1]

[ads2]

Atuará como promotor de Justiça Marcelo Sebastião Netto de Campos. A defesa do réu será feita pela defensora dativa advogada Indiara Mesquita Marques.

Um homem de 31 anos é acusado de cometer feminicídio contra sua namorada de 22 anos, a quase um ano atrás. Também é acusado de tentar matar a sogra de 45 anos (na época).
Segundo acusação do Ministério Público, o crime foi motivado pelo acusado porque ele não aceitava o fim do relacionamento. O crime aconteceu no dia 29 de abril do ano passado, no bairro Vila Nova.

Ainda de acordo com o MP, o réu teria atirado uma vez na cabeça da moça e, quando estava saindo da residência, retornou e fez mais dois disparos para garantir a morte da garota. Ao tentar proteger a filha, a mãe da garota também foi atingida por dois disparos no pescoço e esta sobreviveu.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads1]

[ads2]

 

Block