Quarta, 10/08/2022
Joinville - SC

Acusado de matar a filha por estrangulamento enfrentará júri

agosto 4, 2022
Acusado de matar a filha por estrangulamento enfrentará júri
Compartilhar
Ouvir publicação

A juíza Tatiana Cunha Espezim, da 2ª Vara da Comarca de Guaramirim, confirmou para o dia 30 de agosto o julgamento do homem acusado de matar estrangulada a própria filha, que contava apenas cinco de idade na época do crime.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

A denúncia narra que o homicídio ocorrido em julho de 2021 no bairro Guamiranga foi por motivo torpe, devido ao fato do réu não aceitar o fim do relacionamento amoroso com a mãe da criança.

O homem alegou em depoimento não suportar o sofrimento da menina com a separação dos pais. O crime também foi praticado mediante recurso que dificultou e tornou impossível a defesa da vítima, pois além de ser pega de surpresa a pequena não teve forças para se proteger.

Entenda o caso

Evylin Vitoria Modrok, de apenas 5 anos, foi encontrada morta no dia 12 de julho de 2021, em Guaramirim, no Norte de Santa Catarina, com sinais de estrangulamento. O pai da menina, Ubiratan Luis Modrock, de 39 anos, confessou o crime depois de criar diversas versões para o ocorrido.

O homem teria utilizado uma camiseta para estrangular a filha. Ainda, segundo informações da Polícia Civil, Ubiratan tentou tirar a própria vida com furos de faca no pescoço, após cometer o crime.

Foto: Redes Sociais / Reprodução

Block