Terça, 28/06/2022
Joinville - SC

Ação de Inverno já realizou mais de 3,5 mil acolhimentos, em Joinville

junho 14, 2022
Ação de Inverno já realizou mais de 3,5 mil acolhimentos, em Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação

A Ação de Inverno 2022, que oferece acolhimento noturno para pessoas em situação de rua, realizou 3.584 mil acolhimentos em menos de um mês de campanha, de 17 de maio a 12 de junho. As pessoas em situação de vulnerabilidade são acolhidas nas cinco casas de passagem conveniadas com o município durante todo o inverno.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

“A ação tem sido muito importante no fomento da política pública, com as pessoas em situação de rua tendo garantia de um lugar seguro para ficar, com alimentação adequada e acesso à cidadania. Antes eram duas instituições e agora estamos com cinco. Também conseguimos ampliar para 215 vagas. A ação vai durar todo o inverno, com ou sem frio abaixo de 10 graus”, explica a secretária de Assistência Social de Joinville, Fabiana Cardozo.

Há casos, em que uma mesma pessoa foi acolhida todos os dias. A possibilidade da equipe técnica da Assistência Social ter acesso aos usuários é uma oportunidade para encaminhamento aos demais serviços que oferecem dignidade, como questões relacionadas a documentação, saúde e encaminhamento para o mercado de trabalho.

Como buscar acolhimento

As pessoas que precisam de acolhimento noturno deverão comparecer no Restaurante Popular 1 – Herbert José de Souza, (rua Urussanga, 442, bairro Bucarein), das 17h às 18h.

Na ocasião, serão atendidos pelas equipes de abordagem social do Centro Pop, receberão jantar e serão encaminhados para as casas de passagem, onde irão pernoitar. No dia seguinte, poderão retornar ao Restaurante Popular e tomar o café da manhã. O serviço de acolhimento noturno é oferecido todos os dias.

A Ação de Inverno 2022 da Prefeitura de Joinville tem a participação da Secretaria de Assistência Social (SAS), Secretaria da Saúde (SES) e Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot), Bombeiros Voluntários de Joinville e Samu.

Block