Terça, 24/05/2022
Joinville - SC

Ação conjunta fiscaliza desmanches de veículos

abril 28, 2022
Ação conjunta fiscaliza desmanches de veículos
Compartilhar
Ouvir publicação

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Civil de Santa Catarina, o Detran, a Polícia Científica e a Receita Estadual realizam a operação “Desmonte”. A ação conjunta fiscaliza em âmbito estadual desmanches de veículos, em trabalho coordenado pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC) da Polícia Civil, por meio das Delegacias de Furto e Roubo de Veículos e Fazendária.

 

Serão fiscalizados estabelecimentos em pelo menos 18 municípios do Estado: Criciúma, Araranguá, Tubarão, Palhoça, Florianópolis, Balneário Camboriú, Joinville, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Canoinhas, Caçador, Joaçaba, Lages, Blumenau, Chapecó, Xanxerê, Faxinal dos Guedes e São José.

A operação tem atuação também da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, que subsidia os trabalhos com relatórios sobre os pontos mapeados e que serão fiscalizados.

Esta ação tem a participação das Diretorias da Polícia Civil na Grande Florianópolis (DPGF/PCSC), Litoral (DPOL/PCSC), Interior (DPOI/PCSC) e Fronteira (DIFRON/PCSC), Delegacias Regionais de Polícia e das Divisões de Investigação Criminal (DICs) das respectivas cidades.

 

O Detran/SC, por meio de sua assessoria e corregedoria, auxilia a fiscalização de cunho administrativo e técnico. A Polícia Científica está presente em todas as cidades e realiza a perícia dos locais. Há participação da Receita Estadual em Blumenau e Capital, na fiscalização tributária.

Prisões

Até por volta das 15h30min, números preliminares da operação apontavam que houve quatro conduções para delegacias de polícia. Destas pessoas, duas delas foram autuadas em flagrante, uma em Balneário Camboriú e uma em São José. As outras duas pessoas, que haviam sido conduzidas em Joinville, vão responder a inquérito policial. Outro dado indica que 62 estabelecimentos foram fiscalizados pelo Estado. Ao menos 20 desses estabelecimentos foram notificados por irregularidades.

Em Joinville, quatro estabelecimentos foram fiscalizados e notificados sobre as desconformidades, com dois investigados conduzidos e seis motores roubados apreendidos. Em Xanxerê, houve três notificações. Em Palhoça, em um dos estabelecimentos havia motores supostamente adulterados, que foram apreendidos. Em Joaçaba houve três notificações. Em Caçador, foram encontrados dois motores com numeração suprimidas e também foram apreendidos cerca de cem quilos de fio de cobre. Também houve notificações em Lages.

Em São José, houve uma prisão em flagrante por receptação qualificada e adulteração em uma loja. Também foram feitas notificações em Balneário Camboriú, Chapecó e São Bento do Sul. Em Criciúma, foram encontradas peças com sinais identificadores suprimidos.

Block