domingo,

23/06/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

A cada 12 minutos uma pessoa é salva pelo Corpo de Bombeiros Militar no Litoral catarinense

Em um período de apenas 37 dias, compreendido entre 16 de dezembro de 2023 e 21 de janeiro de 2024, as equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) realizaram o salvamento de 2.153 pessoas no Litoral catarinense, que se encontravam em situações de risco, seja por arrastamento em correntes de retorno ou por afogamentos.

Esse feito representa uma média de cerca de 60 pessoas resgatadas por dia, durante as 12 horas em que os postos guarda-vidas estão ativos. Todas essas pessoas eram potenciais vítimas de algum grau de afogamento.

Os dados do CBMSC indicam uma redução significativa, de 40%, no número de óbitos por afogamento em áreas sob responsabilidade da corporação, em comparação com a temporada anterior.

Na temporada 2023/2024, foram registrados três óbitos, enquanto na temporada anterior foram contabilizados cinco. Esse resultado destaca a eficácia do trabalho realizado pela corporação nos locais com serviço de guarda-vidas, alinhado à missão de diminuir as mortes por afogamento no estado.

O afogamento é uma tragédia que pode ser evitada

O afogamento, uma tragédia evitável, ganha destaque nos dias mais quentes, quando o desejo de se refrescar aumenta. Mesmo cientes dos riscos, as pessoas muitas vezes os ignoram, resultando em afogamentos que transformam momentos de alegria em tragédias.

Embora os afogamentos ocorram ao longo do ano, sua incidência é mais elevada durante o verão, devido ao aumento do número de pessoas envolvidas em atividades de lazer em praias, rios, cachoeiras, lagos, entre outros locais.

A conscientização da população desempenha um papel crucial na redução dessa tragédia, que pode ser evitada com atenção e prudência.

O CBMSC faz um apelo para que todos observem as orientações de prevenção ao afogamento e estejam cientes dos riscos, pois momentos que aparentam ser inofensivos, como um mergulho ou uma simples ida um pouco mais para o fundo, podem resultar em tragédias.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo