Home » Joinville » Por falta de acessibilidade, cadeirante precisa ser carregada para votar
A eleitora só teve acesso a urna de votação depois de discutir com os fiscais do prédio.

Por falta de acessibilidade, cadeirante precisa ser carregada para votar

Durante as votações deste domingo, (15), uma empresária que faz uso de cadeira de rodas precisou ser carregada no colo para poder votar por falta de acessibilidade do local. O fato ocorreu na Escola estadual Jandira D’Avila, no bairro Aventureiro, zona Leste da cidade de Joinville. Sandra Carla Rampini, compareceu ao local, e só teve acesso a urna de votação depois de discutir com os fiscais do prédio.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a

” Infelizmente essa escola não tem rampa de acessibilidade para cadeirante, eu sempre preencho uma declaração informando minha deficiência….e nada….( ou melhor) …informaram no e-título…mas a escola não tomou providencias. Eu pedi pra justificar…mas eles disseram que eu teria que apresentar uma declaração médica. Eu fiquei brava….ainda tinha que correr atrás de médico pra dizer que sou paraplégico a 30 anos . O pior…o segundo turno …tudo de novo” – afirmou.

Pelo aplicativo do TRE, a sessão 0038 da zona 105, onde a eleitora vota consta “com acessibilidade”, porém, o prédio não foi preparado adequadamente. Até a publicação desta matéria, não obtivemos retorno da Justiça Eleitoral de Joinville.

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville