Home » Segurança » Recém-nascido morre após ser espancado em Indaial
A prisão decorre de investigação da Polícia Civil sobre tráfico de drogas na região

Recém-nascido morre após ser espancado em Indaial

Um bebê de apenas um mês e seis dias morreu nesta sexta-feira (23), no Vale do Itajaí, após suspeitas de agressão. A acusada pelo crime é a mãe da criança, que está presa. A família mora em Indaial, onde a vítima recebeu o primeiro atendimento. O menino chegou a ser transferido para Blumenau, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a

A criança deu entrada no Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, na madrugada de sexta-feira, por volta das 2h. Os bombeiros voluntários conduziram o bebê e a avó até o Pronto Socorro. De acordo com os pediatras, o menino apresentava uma lesão no crânio e hemorragia interna abdominal. Como seu estado de saúde era grave, ele foi transferido para o Hospital Santo Antônio, em Blumenau.

Quem acionou a Polícia Militar foi uma assistência social do município, que atendeu o caso. Os policiais foram então em busca da mãe, no bairro Rio Morto, em Indaial, para saber o que havia acontecido. Segundo a PM, “indagada sobre o ocorrido, a mulher negou ter cometido qualquer tipo de agressão contra seu filho”, informa o relatório policial enviado à imprensa da região.

“Diante dos fatos, e dos fortes indícios de que o recém-nascido sofreu agressão física por parte de sua genitora, ela recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de lesão corporal grave ou gravíssima – dolosa contra seu filho – e assim como a avó materna (testemunha), foi conduzida à delegacia da Comarca de Indaial, para que fossem tomados os procedimentos cabíveis sobre o caso”, diz a nota.

Porém, por volta das 19h, a PM recebeu a informação que o bebê havia morrido no Hospital Santo Antônio. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Blumenau, onde vai passar por perícia neste sábado (24). Sendo assim, a mãe pode responder pelo crime de homicídio. O caso será investigado pela Polícia Civil, que já abriu um inquérito para apurar os fatos. A mulher não teve a identidade divulgada. Fonte alexandrejose.com

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville