Home » Joinville » Joinville se prepara para intensificar o reforço escolar para 11.840 alunos
Com a mudança na matriz de risco de Grave para Alto e o retorno das aulas presenciais, o município planeja intensificar o reforço.

Joinville se prepara para intensificar o reforço escolar para 11.840 alunos

Com a mudança na matriz de risco de transmissão do coronavírus de Grave para Alto, conforme última atualização do Governo do Estado para a região Nordeste, na qual Joinville está inserida, a expectativa é que o município passe a intensificar as aulas de reforço.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a

Segundo a Secretaria de Educação, dos 74 mil alunos matriculados na rede municipal, 11.840 mil precisam de atividade de reforço individualizada, conforme projeção do pasta. Nas atividades de reforço, alunos que tem dificuldade de aprendizagem durante as aulas regulares, têm oportunidade de ter uma formação mais completa e individualizada.

“A prioridade também estará em fazermos reforço escolar com aqueles que estão necessitando de um auxílio um pouco mais próximo com os professores. Então, nossas unidades também estarão fornecendo isso aos alunos que assim necessitarem”, reforçou a secretária de Educação, Sônia Fachini.

Escolas e Centros de Educação fazem a convocação

Segundo a Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Educação, os alunos serão chamados para as aulas de reforço conforme necessidades e horários definidos pelas Escolas e Centros de Educação Infantil.

“Todas as nossas unidades escolares, como Centros de Educação Infantil, estão preparadas seguindo todos os protocolos sanitários para receber os nossos alunos dentro das possibilidades das aulas retornarem de maneira presencial”, salientou a secretária.

Aulas presenciais

O retorno das aulas presenciais nas escolas da rede pública e privada de ensino ficou definido para o dia 3 de novembro. A volta às atividades vai abranger o contingente de até 30% dos estudantes de cada sala, num sistema de rodízio de retorno semanal. Esse direcionamento também será usado como referência para a rede privada.

Com a nova medida, até 30% dos alunos do 9º, 5º, 2º período da Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos (EJA) retornam na primeira semana de liberação da volta presencial.

Na segunda semana, a contar do dia 9 de novembro, voltam até 30% dos alunos do 1º período da Educação Infantil, 1º, 2º, 3º, 4º, 5º , 6º, 7º e 8º anos do Ensino Fundamental.

A partir do dia 16 de novembro serão liberadas até 30% das crianças do Berçário 1 e 2 e do Maternal 1 e 2.

As aulas terão duas horas de duração em cada turno. Os professores que trabalham presencialmente vão complementar a carga horária também com o atendimento remoto.

Os pais não são obrigados a levar os filhos para a escola devido ao retorno presencial. Segundo a prefeitura, apenas 10% dos pais de alunos das séries finais, que corresponde o período que vai da 5ª a 8ª série, autorizam o retorno ao ensino presencial. scc10.com.br

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville