Home » Brasil » Ministerio da agricultura identifica fungos, ácaros e bactérias em sementes “misteriosas”
Invasão de espécies animais ou vegetais podem causar prejuízos irreparáveis tanto ambientais, quanto sociais ou mesmo econômicos

Ministerio da agricultura identifica fungos, ácaros e bactérias em sementes “misteriosas”

Um pacote com sementinhas chega pelos Correios. De graça. Que mal há? No imaginário, florescem ideias que vão desde teorias da conspiração, com suposições até de bioterrorismo,  até o aceite despreocupado do mimo de um remetente desconhecido e a decisão de plantar os produtos. A mais novas hipóteses é de uma ação desastrosa de marketing, ou uma fraude para sites registrarem compras falsas.

 

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a

Mas há um fato bem objetivo que é desconhecido por muitos: no Brasil é proibida a postagem via Correios de bichos, plantas ou outras coisas de origem orgânica de modo geral, com raras exceções.  E o rigor em relação ao assunto se explica pelos riscos biológicos, econômicos e até sociais que a inclusão de uma espécie invasora pode representar para um ambiente novo.

Exagero? Difícil pensar assim após lembrar o impacto que a vassoura de bruxa causou à lavoura cacaueira. Quase meio milhão de hectares foram perdidos. Muitas áreas de cabrucas – tipo de manejo em que a cultura é plantada em harmonia com a Mata Atlântica – deram lugares a pastos.

E apesar deste ser o mais significativo lembrete do estrago que um organismo invasor pode causar, não é o único. A lista, bem longa, traz exemplos como o do caramujo africano, javalis, búfalos,  peixes-leão, corais sol, ou singelas algarobas, trazidas para o Nordeste brasileiro como opção para “arborizar o sertão”.

O Ministério do Meio Ambiente tem catalogadas 573 espécies animais ou vegetais estrangeiras presentes no Brasil. A grande maioria foi trazida pelas mãos do homem e a estimativa é que esses visitantes indesejados tenha sido responsáveis por 39% das espécies nativas extintas nos últimos séculos.

Risco agropecuário
Em tempos de pandemia, com o setor de serviços e a indústria impactados, é o campo quem tem evitado um prejuízo maior na economia baiana. Parte do sucesso da atividade deve-se ao fato de a Bahia ser um estado livre de diversas pragas. Fonte correio24horas.com.br

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville