Home » Política » Confira o perfil dos candidatos a prefeito de Joinville nas eleições 2020
Na maior cidade do Estado de Santa Catarina, 15 candidatos disputam a Prefeitura de Joinville nas eleições deste ano.

Confira o perfil dos candidatos a prefeito de Joinville nas eleições 2020

As eleições em 2020 serão para a escolha de prefeitos e vereadores.  Na maior cidade do Estado de Santa Catarina, 15 candidatos disputam a Prefeitura de Joinville nas eleições deste ano. O primeiro turno está marcado para o dia 15 de novembro e o segundo turno, para cidades com mais de 200 mil habitantes, será no dia 29 do mesmo mês. Confira, a seguir, o perfil dos candidatos.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a


Adriano Bornschein Silva (Novo)

Adriano Bornschein Silva, é formado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo. Bisneto do fundador do Laboratório Catarinense, começou na empresa como assistente de marketing e foi crescendo profissionalmente. Foi diretor comercial e marketing de 2003 a 2011, vice-presidente a partir de 2011, e assumiu a presidência em 2013, cargo que ocupa até hoje.

Aos 42 anos de idade, Adriano Bornschein Silva almeja o cargo de prefeito da maior cidade de Santa Catarina porque acredita que seu perfil de liderança, aliado ao seu engajamento em questões sociais, podem contribuir para melhorar a qualidade de vida das pessoas na cidade onde nasceu e cresceu.

Adriano Mesnerovicz PSTU

O PSTU de Joinville definiu a indicação de Adriano Mesnerovicz, 37 anos Professor, ativista LGBT para ser o candidato a prefeitura de Joinville. O vice será Ricardo Lautert. Na convenção também ficou definido que não serão apresentadas candidaturas a vereador. Drico do PSTU destaca que “é hora da classe trabalhadora ter voz e vez na cidade.

A gestão do PSTU será através dos Conselhos de bairros e fábricas, que decidirão 100% do orçamento da cidade”. Ainda disse que “precisamos unificar nossa classe em luta pra derrubar Bolsonaro e Mourão, aliado a governadores e prefeitos estão provocando um genocídio em nosso páis”

Anelisio Machado (Avante)

Anelísio Machado cursou Engenharia Mecânica (incompleto), é graduado em Pedagogia e fez pós-graduação em Gestão de Pessoas.  Aos 54 anos, o candidato que é natural de Vidal Ramos almeja ser prefeito para retribuir à cidade as oportunidades que recebeu.

Eduardo Zimmermann (PTC)

Aos 34 anos, Eduardo Zimmermann possui formação acadêmica como engenheiro mecânico pela UFSC, administrador pela UDESC e especialista em Controle Público pelo Tribunal de Contas do Estado. Com relação à carreira profissional, acumula experiência no setor privado, em empresas como Tupy, e também no setor público, onde atua como servidor no Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA/SC). Destaque para o cargo que ocupou de Coordenador-Geral de Gestão, em Brasília, na Secretaria Nacional da Juventude, que integra a pasta da Ministra Damares Alves, no Governo Federal. 

Dr Dalmo Claro (PSL)

Dalmo Claro é natural de Joinville, tem 65 anos, é médico formado pela Universidade Federal de Santa Catarina. Trabalhou em ambulatórios da Prefeitura e Prontos Socorros dos Hospitais da cidade, conhecendo de perto a realidade da saúde pública.

Em 2010 foi candidato a Deputado Federal, obtendo 48 mil votos. Convidado pelo Governador Raimundo Colombo, exerceu o cargo de Secretário de Estado da Saúde de Santa Catarina de janeiro de 2011 a julho de 2013. Disputou a eleição para deputado estadual em 2014, assumindo o mandato em fevereiro de 2015, à 18a Legislatura (2015-2019).

Darci de Matos (PSD)

Natural de Cafelandia, no Paraná, mudou para Joinville aos 16 anos para estudar na Escola Agricola de Araquari. Darci de Matos tem 58 anos, é economista com especialização em administração, é técnico agropecuário, foi professor de escola pública e em universidade. Atualmente ocupa o cargo de Deputado Federal na Câmara dos Deputados, em Brasília, eleito em 2019.

Darci foi eleito vereador em Joinville, e reeleito em 2004. Nesse período, foi presidente da Câmara por duas vezes. Foi eleito deputado estadual nas eleições de 2006, 2010 e 2014. Esta é a terceira vez que ele concorre ao cargo de prefeito de Joinville.  Em 2008 e em 2016 foi candidato a prefeito de Joinville. Chegou ao segundo turno, mas não se elegeu.

Fernando Krelling (MDB)

Eleito deputado estadual em 2018 com mais de 44 mil votos, Krelling venceu seu primeiro pleito dois anos antes, quando se tornou o vereador mais votado da história de Joinville, com 10.523 votos. Se lançou candidato a vereador em 2016 e, com a vitória expressiva, assumiu a presidência da Câmara de Joinville no biênio 2017-2018.

Aos 38 anos, natural de Joinville e morador de Pirabeiraba, Fernando ingressou na vida pública em 2013, ao aceitar o convite para presidir a Felej. Em 2018 se lançou candidato a deputado estadual, vencendo com 44.356 votos, sendo o mais votado de Joinville e décimo de Santa Catarina.

Francisco de Assis (PT) 

Francisco de Assis Nunes tem 58 anos, é gestor público e tem experiência como representante comercial, microempreendedor individual e corretor de imóveis. Foi vereador, deputado estadual e deputado federal em 2014.

Formou-se em Gestão Pública pela Universidade do Contestado, foi Secretário Municipal de Turismo de Itapema e presidiu a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville (Conurb) na gestão do ex-prefeito Carlito Merss. Foi candidato a vice-prefeito em 2016 pelo PT.

James Schroeder (PDT)

James Schroeder tem 53 anos de idade, é casado e possui um filho. Na Câmara, acumular 12 anos de experiência como vereador e acredita que isto é um diferencial para o trabalho na prefeitura de Joinville. – A Câmara é uma boa escola e agora quero contribuir com a minha cidade através do Executivo – disse o candidato pelo PDT.

Engenheiro Agrônomo e servidor da prefeitura, Schroeder afirma que quer ser prefeito para transformar Joinville em uma cidade mais justa e mais dinâmica economicamente. Para o candidato do PDT, a cidade precisa criar um ambiente mais favorável para o empreendedorismo local e algumas de suas propostas irão justamente buscar a criação de mais incentivo para o segmento.

Ivandro de Souza (Podemos)

Ivandro de Souza tem 50 anos, é casado há 28 com Luciane Garcia com quem tem duas filhas. É empresário na construção civil e se define como “construtor”. Com forte participação em entidades de classe empresariais, sociais e filantrópicas, comandou a Secretaria Municipal de Habitação de Joinville na década de 90.

É o criador do Projeto do Feirão do Imposto, iniciativa pioneira no Brasil para conscientizar a população da carga tributária paga e a importância da reforma tributária. Sua atuação é reconhecida por ouvir e dialogar com as diferentes esferas sociais, e uma capacidade de realização, inovação, articulação social e com valores éticos consolidados.

Levi Rioschi (Democracia Cristã)

Levi Rioschi, 47 anos, é formado em Gestão Pública e foi vereador na gestão 2013/2016. Foi presidente da Escola do Legislativo por dois anos, além disso presidiu a Comissão de Saúde e foi relator da Comissão de Segurança Pública em Joinville. Foi também secretário parlamentar federal por 5 anos, do ex-deputado José Carlos Vieira.

É músico, com atuação em bandas gospel, maestro de coral, e cantor solo e em dupla.Casado com Fátima Regina Nunes, também dedica-se ao trabalho social voluntário, atendendo várias demandas da população em toda cidade, fazendo a interlocução e orientando pessoas na busca pelos seus direitos junto ao poder público.

Marco Aurélio Marcucci (Republicanos)

Formado em Direito com especialização em Processo Civil, Marco Aurélio Marcucci atuou na Polícia Civil por 24 anos, sendo oito anos como escrivão, no departamento de homicídios da cidade de São Paulo e dezesseis anos como delegado de polícia em Santa Catarina.

Marcucci foi eleito vereador de 2004 a 2008, com 5344 votos. Além disso, também foi assessor parlamentar da Alesc, em 2019 e 2020. E no momento, aos 53 anos de idade, o pré-candidato nascido em Jundiaí (SP) atua como advogado criminal. 

Mayara Colzani PSOL

A estudante de veterinária, Mayara Colzani, 27 anos, será a candidata a prefeita de Joinville pelo PSOL. Seu nome foi homologado na convenção do partido no sábado. Francisco de Aviz será seu vice. Assim o partido vai de chapa pura para a eleição.

O partido não aceitou a proposta dê coligação com o PT. O PSOL apresentou apenas seis nomes para disputar a vereança. Assim as chances de conseguir uma cadeia no Legislativo Municipal ficam pequenas.

Nelson Coelho (Patriota)

Nelson Henrique Coelho é militar e ingressou na vida política em 2017 quando concorreu como vice-prefeito. Coelho serviu por 30 anos a polícia militar, encerrando sua participação no posto de tenente-coronel no comando do 8º Batalhão de Joinville em 2016.

Sua carreira foi marcada por ter comandado, pilotado e instruído voos de helicóptero, onde dedicou 24 anos de serviço e aproximadamente 8mil horas/voo em missões de resgate e de combate ao crime.

É bacharel em Segurança Pública pela Academia de Polícia Militar de Santa Catarina além de pós-graduado como especialista em segurança pelo Centro de Estudos Superiores e também pós-graduado em aviação pela Marinha do Brasil.

Tânia Eberhardt (Cidadania)

Tânia Eberhardt tem 68 anos, é formada em Pedagogia e foi vereadora de Joinville por dois mandatos, de 2004 a 2012. Entre 2013 e 2015, ela esteve à frente da Secretaria de Estado da Saúde.

Tânia foi secretária municipal da Saúde e do Bem Estar Social, diretora do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt e trabalhou como servidora municipal.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville