Home » Mariana Pereira » Conheça as propostas do candidato à Prefeitura de Joinville pelo MDB: Fernando Krelling

Conheça as propostas do candidato à Prefeitura de Joinville pelo MDB: Fernando Krelling

O portal de notícias Aconteceu em Joinville está entrevistando todos os pré-candidatos e candidatos à Prefeitura de Joinville. E o entrevistado da vez é o candidato já oficializado do MBD: Fernando Krelling, que almeja suceder seu companheiro de partido, Udo Döhler.

Conhecido por ter sido o vereador mais votado da história da cidade, o atual deputado estadual, aos 38 anos de idade, pleiteia ser o chefe do executivo para inovar na gestão, com foco em resultado.

Conheça um pouco mais sobre o perfil do candidato e confira, em uma entrevista exclusiva, algumas das suas propostas do candidato nas áreas de Mobilidade Urbana, Saúde, Educação, Segurança, Cultura, Esporte e Lazer. 

 

Saiba mais sobre o pré-candidato Fernando Krelling:

Fernando Krelling, 38 anos, é conhecido por ter sido o vereador mais votado da história de Joinville, com 10.523 votos em 2016. Já no primeiro mandato, assumiu a presidência da Câmara, onde destacou-se pelo corte de benefícios aos legisladores, como veículos e diárias. Em 2018, foi eleito deputado estadual, com 44.356 votos.

Formado em Educação Física, é pós-graduado em Treinamento Desportivo e Gestão Pública. A primeira vivência política aconteceu em 2012, quando se candidatou a vereador. No ano seguinte assumiu a Felej – atual Sesporte – e desenvolveu um trabalho de base e formação com crianças e jovens da rede de ensino municipal, além de promover a saúde física com programas como o “Mexa-se”.

Casado com Fernanda e pai do Guilherme, de 10 anos, Fernando é o filho mais novo da Dona Marlene e do Sr. Nilton Krelling. É membro de uma família tradicional com tradições germânicas do distrito de Pirabeiraba, onde mora até hoje.

 

Confira a entrevista:

 

Melhorias na mobilidade

Fernando Krelling – Investir urgentemente nos eixos mais movimentados da cidade. Cobrar junto ao Governo do Estado a duplicação do eixo urbano na Rua Dona Francisca (eixo industrial), projetar o “Eixo K”, envolvendo as ruas Dona Francisca e Hans Dieter Schmidt para desafogar parte do fluxo na rotatória da Whirlpool, concluir a obra da Rua Almirante Jaceguay, viabilizar a Avenida Beira-Mangue, no bairro Boa Vista, para melhorar o tráfego entre o Centro e a Zona Leste da cidade. Além disso, melhorar os acessos principais junto a BR-101, em especial a Rua Ottokar Doerffel. Criar um binário entre as ruas Monsenhor Gercino e Florianópolis, com requalificação asfáltica, melhorando a mobilidade na Zona Sul, e outro eixo entre as Ruas Anêmonas, Plácido Olímpio de Oliveira e Nacar, melhorando o fluxo na região do Guanabara. Apostar em inovação com semáforos inteligentes, e ampliar as ciclovias, oportunizando e fomentando a utilização de bicicletas em Joinville. Em relação ao transporte coletivo, é preciso realizar um novo processo licitatório, oportunizando um menor preço de passagem aos usuários, além de também discutir novos modais de transporte urbano.

Programas na área da saúde

Fernando Krelling – Quero construir 8 “Parques da Saúde” na cidade, fazer com que a Secretaria da Saúde atue também com foco na qualidade de vida, dando atenção especial na saúde primária, de prevenção, que é de responsabilidade do município. Almejo identificar as doenças pré-existentes, como diabetes, hipertensão e câncer, e criar o programa “Saúde para quem mais precisa”, levando atendimento domiciliar até a população carente. Quero transformar Joinville na cidade mais ativa do país, criando o programa “Joinville + Ativa”, proporcionando melhoria significativa nas questões físicas e emocionais, a exemplo do programa “Mexa-se”, que criei enquanto secretário de esportes. No Hospital São José, pretendo investir especialmente na qualificação dos setores de traumatologia e oncologia, para continuar servindo de referência nas áreas, além de cobrar do Governo do Estado participação no custeio do hospital.

Metas na educação

Fernando Krelling – É preciso avançar na integralidade de período nos ensinos infantil e fundamental. Focar no aumento de vagas nos CEIs com ampliação das estruturas e salas de aula, e investir na “educação 4.0”, com oficinas tecnológicas, experimentos e projetos de linguagem de computação na rede municipal, e iniciar também o projeto de “educação 5.0”, pensando em aliar a tecnologia com o lado socioemocional das crianças e adolescentes. Tenho como meta levar Joinville ao melhor desempenho do IDEB de todo o Brasil, tornando nossa educação pública a maior referência para o país. Penso em requalificar as estruturas educacionais mais antigas, com reformas de ginásios, salas de aula, coberturas e espaços de convivência nas escolas. Será necessário também avaliar cenário educacional do período pós pandemia, em especial na fase de alfabetização, repor os conteúdos perdidos neste ano, com reforço pedagógico. Por fim, pretendo oportunizar a inclusão no atendimento e na socialização às Pessoas Com Deficiência (PCDs) na educação municipal, e fortalecer o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) com foco na qualificação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho.

Cobrança por mais investimentos em Segurança Pública

Fernando Krelling –  Vou investir na ampliação da nossa Guarda Municipal, pois mesmo sendo de responsabilidade constitucional do Estado, é preciso cobrar o aumento de efetivo, equipando e dando mais ostensividade aos guardas, e resultando em mais segurança aos cidadãos. Quero  ampliar os convênios com a Polícia Militar e a Polícia Civil, oportunizando a reestruturação de equipamentos e viaturas. É preciso ter papel firme na cobrança ao Governo do Estado quanto ao aumento de efetivo da PM em Joinville, e investir em tecnologia e parceria com a segurança privada, ampliando assim a integração de sistemas e dando celeridade nas informações das forças de segurança pública.

Cultura, Esporte e Lazer

Fernando Krelling – Na área da Cultura, é preciso ter uma visão de desenvolvimento econômico e social, vou criar o Programa de Iniciação Cultural, para dar oportunidade às crianças no contraturno escolar, com atividades de dança, música, teatro, artes plásticas e outras oficinas de desenvolvimento artístico e cultural. Quero que Joinville avance na gestão de processos administrativos, dando celeridade e diminuindo a burocracia e morosidade nos sistemas de incentivos culturais da cidade, como o Simdec e o Mecenato.

Na área do Esporte, é preciso focar em 5 pilares: Desporto Educacional, Desporto de Participação, Paradesporto, Desporto de Alto Rendimento e Requalificação do Patrimônio Público Esportivo.

No Lazer, vou reformar as praças existentes, oportunizando momentos de interação familiar à comunidade. Quero ampliar o programa “Sesporte nos bairros”, levando as atividades da Secretaria de Esportes a todas as regiões de Joinville nos finais de semana. Investir na reforma no Parque Caieiras, criando um sistema de transporte específico entre os bairros e o parque. Fomentar melhorias de infraestrutura em áreas com potencial turístico na cidade, como a região do Espinheiros, da Vigorelli e do Morro do Amaral. Vou criar programas de esporte e lazer no Mirante, com áreas para alongamento e outros exercícios físicos. Viabilizar a pista de caminhada ao redor da Arena Joinville e dar total atenção às pistas de skate, com melhorias nas quadras, parques infantis e áreas de caminhada. 

 

Destino da Antiga Prefeitura e a Cidadela Cultural

Fernando Krelling –  A sede da antiga da Prefeitura já está sendo reformada e será utilizada por departamentos que hoje pagam aluguel e não tem sede própria. Terá vida em breve. Na Cidadela o objetivo é desenvolver parcerias público-privadas nesses espaços, com a alternativa de concessões de uso através de chamamentos públicos, dando nova vida às rotinas desses espaços.

Turismo e negócios

Fernando Krelling – Fomentar o turismo de eventos e negócios, a exemplo da ExpoGestão, para incentivar a vinda de recursos e investimentos às empresas joinvilenses. Também diminuir a burocracia para a captação e execução de feiras e eventos dos mais variados segmentos na cidade, ampliar o relacionamento com o Convention Bureau, trazendo novas parcerias público-privadas. Apostar no turismo rural, com melhorias em infraestrutura, viabilizando o visitante a explorar nossas regiões agrícolas. Incentivar o cicloturismo, também com a melhoria na infraestrutura de ciclovias em locais mais afastados da região central.

Como minimizar impactos da pandemia?

Fernando Krelling –  Precisamos gerar emprego. A Prefeitura tem que liderar esse processo e dar oportunidades e incentivos para o surgimento de novos negócios na cidade, com a desburocratização dos processos administrativos, fomentando o crescimento de novos empreendedores e possibilitando a geração de empregos e renda aos trabalhadores. Um caminho novo surge com a nova economia criativa e de alta tecnologia. Joinville precisa ser ponta e referência neste processo de novas tecnologias. 

Por que o candidato acredita que será um bom governante e é a melhor opção para Joinville?

Fernando Krelling –  Porque penso em inovação e tecnologia, com uma nova forma de governar, mais próximo das pessoas, por conhecer todos os bairros de nossa cidade e, mais do que isso, ter serviços prestados nesses bairros. Sei ouvir as demandas da comunidade, tenho coragem de fazer, tenho uma vida pública honesta e exemplar, defendo os interesses de Joinville e penso no bem próximo. Defendo uma gestão pública focada na atividade-fim, que é o resultado, dentro da legalidade, para o cidadão, e não apenas na atividade-meio, que é a burocracia que tanto irrita e trava os municípios.

Facebook Comments

About Mariana Pereira

Mariana Pereira
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville