Home » Segurança » Morre em Joinville padre Higino Rohden aos 87, vítima de um câncer
VOGEL PAINÉIS

Morre em Joinville padre Higino Rohden aos 87, vítima de um câncer

Comunicamos com pesar que o padre Higino Rohden faleceu neste sábado, à 00h20, no Hospital da Unimed, em Joinville. O sacerdote foi hospitalizado há alguns dias e constatou-se um câncer no pulmão em estado avançado.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

s
a
a

Padre Higino será velado na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no bairro Itaum, em Joinville, a partir das 9h30 e a Missa está prevista para às 15h. O sepultamento deve acontecer às 16h, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, conforme vontade do sacerdote.

Padre Higino Rohden completou 87 anos no dia 18 de janeiro. Ele foi ordenado padre por dom Gregório Warmeling no dia 7/12/1958 na Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no município de Salete, mesmo local onde celebrou a 1ª Missa.

Filho de Amalia Voss Rohden e Bernardo Rohden, padre Higino nasceu na cidade de São Ludgero e estudou nos seminários de Brusque, São Leopoldo e Viamão. Logo após a ordenação, foi diretor espiritual no Seminário de Salete, onde também desempenhou a função de prefeito de disciplina. Em 1964 foi vigário cooperador na Catedral São Francisco Xavier, em Joinville, cidade onde também trabalhou nas paróquias Nossa Senhora de Fátima e São João Batista. Padre Higino também exerceu o sacerdócio na Bahia, onde trabalhou no projeto Igrejas Irmãs, na Diocese de Rui Barbosa, Paróquia de Miguel Calmon e em Mato Grosso, na Paróquia São Francisco de Assis, município de Jaciara.

Padre Higino também foi o responsável pela fundação de várias comunidades, principalmente na Zona Sul de Joinville, nos bairros Fátima, Adhemar Garcia, Ulysses Guimarães, loteamento Estevão de Mattos. Muitas dessas comunidades, com o passar dos anos foram elevadas a paróquias. Padre Higino foi também o primeiro pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do bairro Glória, em Joinville. Evangelizador, pastor do povo de Deus e com uma alma caridosa, o sacerdote também tinha como passa tempo a criação de abelhas. Ele tinha várias colmeias distribuía o mel entre os fiéis.

Há alguns anos, o sacerdote estava aposentado e vivia no Residencial Ventura. Ele também fazia tratamento de saúde para outras enfermidades.

Damos graças pelos anos vida do sacerdote, por todo o período dedicado à comunidade e às pessoas mais necessitadas. Crendo na vida eterna, sabemos que será acolhido por Deus.

a
Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

 

 

 

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville