Home » Joinville » VÍDEO = Tempestade provoca destelhamentos e quedas de árvores em Joinville
VOGEL PAINÉIS

VÍDEO = Tempestade provoca destelhamentos e quedas de árvores em Joinville

A passagem de um ciclone provocou tempestade e vendaval em Joinville na tarde desta terça-feira (30). Houve várias ocorrências de destelhamentos e de quedas de árvores em toda a cidade.

 

s
a
a

Segundo a Defesa Civil de Joinville, as rajadas de vento chegaram a 120 quilômetros por hora. Às 17h20, 93.665 imóveis estavam sem energia elétrica em Joinville, segundo a Celesc. A situação ocorre em todo o Estado de Santa Catarina.

Na rua Prudente de Moraes, uma árvore caiu e interditou totalmente a via, no bairro Santo Antônio. Na rua Visconde de Taunay, no bairro Atiradores, uma árvore caiu e deixou a via em meia pista. No bairro Nova Brasília, também houve ocorrência de queda de árvores. No Fátima, as telhas de uma casa voaram e atingiram a fiação elétrica.

No bairro Morro do Meio, uma antena voou e caiu em cima de um telhado e uma pessoa ficou desalojada.Até as 18h30, a Defesa Civil de Joinville ainda fazia o levantamento dos estragos. O Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville faz o apoio com suas equipes e a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura também realiza a retirada das árvores.

Agentes de trânsito estão atuando para melhorar a fluidez nas ruas onde não há energia elétrica e, por isso, os semáforos estão apagados.Na SC-418, dois trechos da Serra Dona Francisca foram interditados após quedas de árvores nos km 27 e 32.

A Polícia Militar Rodoviária está realizando o corte das árvores para reabrir a pista. A BR-280, em Araquari, também foi interditada.No Planalto Norte, também houve registros de imóveis, carros e fiação elétrica atingida por árvores e telhas. No Oeste, uma idosa morreu após ser atingida por uma árvore.

Os Bombeiros Militares da região Norte e Santa Catarina informou que está prestando toda a assistência às cidades de sua cobertura e que, às 17 horas, as rajadas fortes de vento já haviam passado. Por enquanto, não há registro de ocorrências graves na região. A tempestade foi causada pela chegada de uma massa de ar frio na região, associada a um ciclone extratropical no litoral do Rio Grande do Sul, causou esta situação no Estado.

Os fenômenos também devem causar maré meteorológica, mas como a maré astronômica estará baixa e não há previsão de grandes volumes de chuva, não são esperadas grandes ocorrências de alagamentos.Em caso de emergência, o Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville (193) ou a Defesa Civil (199) podem ser acionados. Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Fonte an.com.br

ASSISTA O VÍDEO

Participe das PROMOÇÕES  do  AJ no You Tube –  Clique aqui e se inscreva

a
Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville