Home » Brasil » Investigado por financiar fake news, Luciano Hang afirma que jamais se meteria com o STF
VOGEL PAINÉIS
Hang elogiou o trabalho da Polícia Militar, mas disse que o problema está nas delegacias, onde os delegados relatam que os criminosos não podem ser presos por conta da pandemia da Covid-19. / Reprodução

Investigado por financiar fake news, Luciano Hang afirma que jamais se meteria com o STF

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, afirmou em entrevista à Revista Crusoé, publicada nesta sexta-feira (26), que nunca “atentou” e “jamais se meteria” com o Supremo Tribunal Federal (STF).

s
 a
a
S

“Fui duas vezes na Paulista, mas jamais atentei contra o STF. Pelo contrário, quem tem um pouco de cabeça e de cérebro sabe que não pode se meter com alguém que não possa vencer. Jamais me meteria contra o STF”, afirmou o bolsonarista.

O empresário, no entanto, é suspeito de ser um dos principais financiadores da rede que dissemina fake news contra o Supremo. No dia 27 de maio, Hang foi alvo de busca e apreensão no inquérito conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes e teve seu sigilo bancário quebrado.

Na entrevista, Hang alega que Moraes foi “induzido ao erro” ao investigá-lo por fake news, mas insistiu na pacificação com o Supremo.

Afirmações de Hang seguem na mesma linha do que o presidente Jair Bolsonaro adotou nesta quinta-feira (25). Depois de confrontar o STF diante do avanço das investigações, o ex-capitão baixou o tom e, entre risos e afagos, discursou ao lado de Dias Toffoli, presidente da corte, em evento no Palácio do Planalto.Fonte revistaforum.com.br/

a
Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

a

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville