Home » Carlos Alberto Hang » Opinião = Psicologia do Esporte: O lento mais rápido do mundo…
VOGEL PAINÉIS
A trajetória de Cliff pode ser conhecida no filme "Cliffy - superando limites

Opinião = Psicologia do Esporte: O lento mais rápido do mundo…

Você não precisa se preocupar em ser o melhor do mundo, mas em fazer de tudo para alcançar o melhor de si mesmo. Veja o exemplo de determinação e foco a seguir:

 

O LENTO MAIS RÁPIDO DO MUNDO bate recorde da Westfield Run, Ultramaratona Australiana de 875 quilômetros, a qual dura 5 dias. Trata-se do australiano Albert Ernest Clifford “Cliff”, que aos seus 57 anos, decidiu praticar corrida como esporte, tornando-se referência para maratonistas.

Era de origem pobre e costumara passar até 3 dias sem dormir, pastoreando ovelhas. Quando se inscreveu na maratona, aos 61 anos de idade, virou piada diante de sua idade e barba grisalha, das roupas caipiras, de não ter e nem um tênis especial (usava galochas), e ainda mais que foi treinado também pela sua própria mãe, de 81 anos, além doutros amigos.

Mas ao finalizar a corrida, virou recordista, diminuindo o tempo de percurso em 9 horas, recebendo o prêmio de $10.000, que doou para quem o ajudou a treinar e para os demais corredores, pois era humilde e sabia viver com pouco.

Venceu também, pois enquanto os demais dormiam, ele continuou correndo, PORQUE NÃO SABIA QUE PODERIA DESCANSAR, e atualmente, os concorrentes não dormem mais, e o estilo de correr mudou para pouparem energia, depois que analisaram como Cliff corria.

A trajetória de Cliff pode ser conhecida no filme “Cliffy – superando limites”, de 2013, sendo considerado um dos maiores heróis de seu país, além de exemplo de superação e determinação. Faleceu em 2003, com 81 anos.

Para ser um excelente atleta, não adianta ter as chuteiras mais modernas e caras do mundo, pois além do talento necessário, a determinação e a insistência estão para além de tudo o mais.

As ferramentas e técnicas podem nos ajudar muito, mas é preciso ter desejo e determinação diante de nossos objetivos e usarmos as críticas alheias para refletirmos quando elas têm proveito para isso, mas nunca nos desestimularmos por causa delas.

Então, realente você não deve se preocupar em ser o melhor do mundo, mas em fazer de tudo para alcançar o melhor do que pode vir a ser e doar de si. Supere a si meso, que já seja consagrado um vencedor por excelência e o prazer desta conquista é muito superior ao de ser melhor que os adversários: EXPERIMENTE.

(conteúdo trabalhado em minha palestra SUCESSO, FELICIDADE & REALIZAÇÃO PESSOAL e em minha palestra PSICOLOGIA & ESPORTE: um casamento perfeito e necessário)

NOTA: imagens reais de Cliff.

Facebook Comments

About Carlos Alberto Hang

Carlos Alberto Hang
CARLOS ALBERTO HANG: Escritor e jornalista (03991/SC) também com formação em Psicologia, Filosofia, História, Teologia, Psicopedagogia, Letras e Literatura, Gestão de Pessoas, Gestão de Marketing, Gestão Ambiental, Psicologia do Esporte, Psicanálise, Psicologia Clínica e Comportamental, Nutrição Clínica e Funcional, Coaching, Recursos Humanos,Jornalismo Digital, Logística, Adm. De Hotéis, Relações Internacionais, Promoção de Saúde e Prevenção de Drogas, Gestão na Administração Pública, Técnico de Segurança do Trabalho, Piano, Linguagem Musical, História da Música, Gastronomia, Inglês, Italiano e Espanhol, é Embaixador pela Cercle Universel des //Ambassadeurs de la Paix (Genebra/Suíça), é Cônsul de Joinville - Instituto Internacional Poetas del Mundo, detentor do Oscar Brasileiro by Grupo Jornalístico Ronaldo Côrtes de São Paulo e membro honorário imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de MG na cadeira 148. Instagram: @carlosalbertohang Twitter: @hangjornalista FACEBOOK: @opiniaodeumlivrepensadorbyHANG. Só permitida a veiculação ou uso do texto acima mediante a nomeação do jornalista e autor do mesmo.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville