Últimas notícias
Home » Carlos Alberto Hang » Opinião de um Livre Pensador: By Hang (011)
VOGEL PAINÉIS
As pessoas deliram ao julgar os outros e são prepotentes em acreditarem que sabem o que é melhor para a vida alheia.

Opinião de um Livre Pensador: By Hang (011)

PSICOLOGIA – FILOSOFIA – JORNALISMO – AUTOCONHECIMENTO – POLÍTICA – ORATÓRIA – ESPIRITUALIDADE – CULTURA – ARTE – MÚSICA – FILME – BULLYING – EMPREENDEDORISMO – LIDERANÇA – COACH – MEMÓRIAS – REFLEXÕES

Termos a oportunidade de envelhecer é uma grande dádiva, pois muita gente gostaria de ter tido a oportunidade de somar mais anos em sua vida, mas ela foi ceifada cedo demais. Quando nos preparamos para envelhecermos através de uma vida digna, honrosa, honesta e dedicada ao bem e ao aperfeiçoamento pessoal, só temos a comemorar os anos que se passam. O desespero sobre a velhice provém, geralmente, de uma vida desperdiçada, desregrada e vivida sobre a base de valores transitórios e questionáveis e no egocentrismo. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

Não devemos medir as necessidades e prioridades alheias através de nossa própria existência, pois não poucas das vezes estaremos equivocados quanto as demandas dos demais, e acabamos descobrindo, por exemplo, que os pobres, feios, miseráveis, dignos de pena, ignorantes de fato e que precisam de ajuda urgentemente, somos nós mesmos, porque os demais estão se sentindo belos, plenos, felizes, vivos e amados. (conteúdo trabalhado em minha palestra SUCESSO, FELICIDADE & REALIZAÇÃO PESSOAL)

Eu entrevistando a querida amiga, Viviane Feijó, quando cobria a festa de aniversário dela, na Delicatesse Viktória, para meu então programa de TV, o HANG UP. Lembro dos amigos em cada lugar ainda, pois tem festa que marca a gente pela boa vibração. Tem muitas coberturas e entrevistas que fiz para a TV que não esqueço, como as que fiz em Curitiba, Itajaí, Balneário Camboriú, Florianópolis e São Bento do Sul, etc. É sempre um grande prazer entrevistas quem gostamos e admiramos de fato.

Toda cura só é possível vir a ocorrer quando se deseja de fato o restabelecimento da saúde. Existem pessoas que passam a vida reclamando de dores ou sofrimentos da vida, mas boicotam qualquer solução que realmente as tirem deste panorama para não perderem o lugar de vitimização e desta ferramenta que usam para evocar a presença alheia com o intuito de preencher uma enorme carência afetiva. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

NOSSO ETERNO PARTO. Assim foi como tudo começou na história de cada ser humano, e a continuação dela, até seu findar, depende de cada um nós… a vida é um eterno parto, pois ocorre um novo nascimento após cada dia vivido… cordões umbilicais simbólicos são e devem ser cortados por toda nossa trajetória. Que nosso livro da vida tenha muitas histórias de lutas, mas repletas de grandes vitórias e conquistas para que, no final, tenhamos a certeza de que valeu a pena termos vivido. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

Eu recebendo homenagem da ACADEMIA PARANO-CATARINENSE DE LETRAS, na Câmara de Vereadores de São Bento do Sul, através do filósofo e então presidente da Academia de Letras, Fídias Teles, o qual me entregou o “DIPLOMA DE CONTRIBUINTE DA CULTURA CATARINENSE, em reconhecimento ao meu trabalho como jornalista, escritor e professor.

Existem muitos relacionamentos baseados na DEPENDÊNCIA EMOCIONAL do parceiro, onde são feitas insistentes juras de amor e apresenta-se grande insegurança diante da perda do amor do outro, ou receio do findar do relacionamento, acreditando que não conseguirá mais viver se ocorrer a separação, chegando em casos mais patológicos onde ameaça fisicamente a pessoa que o renega, quando não comete assassinato “por amor” afirmando que “se não for comigo, não será com mais ninguém”, que na verdade são casos de pessoas que não se amam e tem baixíssima autoestima e não toleram frustração, sendo que tentam preencher o insuportável sentimento de falta e vazio que atormenta sua alma noutra pessoa, vivendo feito hospedeiro, num vampirismo emocional e relacionamento destrutivo para todos os envolvidos. (conteúdo trabalhado em minha palestra A ARTE DO AMOR E DE AMAR)

AIUTATI, CHE DIO TI AIUTA. O provérbio AJUDA-TE, QUE DEUS TE AJUDA deixa clara a necessidade de se ter um desejo de fato por ajuda, para muito além de pedidos de ajuda. Quem realmente quer ser ajudado, abre os braços para ela através de esforços para atingir seus objetivos. Quem quer um mão estendida de alguém, precisa estender a própria mão para recebê-la. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

Eu sendo entrevistado pelo divertido e querido apresentador de TV de Ponta Grossa (PR), Leo Passeti, no luxoso Hotel fazenda Ribeirão Grande Eco Resort & Spa, local onde eu promovi, por três dias seguidos, o SOCIAL MEETING by HANG, em sua segunda edição, reunindo amigos da imprensa brasileira em confraternização.

A maioria das pessoas acredita no que lhe convém, e não necessariamente no que realmente faz sentido para ela. Mesmo que tenhamos uma arsenal argumentativo contrário baseado na ciência, na lógica, na experiência e na razão em si, quando não interessa a verdade para alguém, este renegará tudo. Quando não possui argumentação sobre o que diz ser a verdade, e sabe que o que defende é algo irreal, passa a atacar ferozmente, agredindo a todos que tentarem mostrar a verdade de fato, descortinar seus falsos conceitos e retirar suas máscaras acionárias. Estas pessoas geralmente tomam mentiras como verdades por conveniência e por gozo, e não necessariamente pela clássica falta de capacidade intelectual de compreensão dela. Aceitamos limites e acreditamos em muita coisa absurda que, por mais que tentem nos fazer ver e esteja evidente se tratar de uma farsa conceitual, continuamos agarrados na mentira para não perdermos algo que estamos ganhando com tudo isso. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

Eu com o meu estimado amigo advogado badalado no Espírito Santo, Dr. Mauro Quintão, e o modelo curitibano Cléber entrando no clima do México. 🙃🙃🙃 (Bah como eu pareço baixinho perto destes dois, e olha que não sou muito baixo não… dois tri gigantes… 🙃🙃🙃)

Não é na radicalização de ideologias que se encontra de fato a preservação do meio ambiente, mas através da consciência de si mesmo nele inserido em ações práticas. Não é deixar de utilizar a natureza em tudo que ela possa fornecer, mas ter uso equilibrado e restabelecer o que se usa dentro das possibilidades humanas. É entender que nada é permanente e respeitar o tempo das coisas, até mesmo porque, muitas das vezes, não é o ser humano que está destruindo a natureza em si, mas são ciclos dela por ela mesma, pois ela está em transformação no Universo, como tudo o mais. É preciso ficarmos alertas, mas sem histeria, e sim respeito diante daquela que nos permite a própria vida. (Carlos Alberto Hang, Embaixador pela Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix; Genebra/Suíça),

Se a raridade é que aumenta o valor das coisas, e as peculiaridades formam as individualidades ímpares, qual a criatura humana que já foi, ou que ainda será criada, que possa não ser especial em toda a história do Universo, sendo cada qual única?” (conteúdo trabalhado na minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

A DAMA DAS CAMÉLIAS. Baseado na obra do escritor francês Alexandre Dumas Filho, o filme com o charme P&B, tem os belos Greta Garbo e Robert Taylor como protagonistas, na versão de 1936. Vale a pena ler o livro e assistir ao filme. Tenho também a versão de cinema mudo deste filme, de 1921, e ainda tenho a boneca de porcelana de Marguerite Gautier, com traje idêntico ao usado na época. Filmes antigos e clássicos são lindos.

BRASIL ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta é a minha primeira universidade em que estudei. Trata-se da UFPR, em pleno centro de Curitiba, criada em 19 de dezembro de 1912, sendo a MAIS ANTIGA instituição de ensino brasileira no modelo de universidade. Como eu me emocionava todos os dias ao adentrar neste prédio para estudar pois parecida que eu entrava numa verdadeira cápsula do tempo. Teve um período que eu ia todos os dias de Joinville até a UFPR para estudar, saindo tri cedo da manhã de casa para chegar a tempo para as aulas, pois não queria mais morar na capital paranaense. (foto: Carlos Alberto Hang)

DIGNIDADE. É assistindo a estes tipos de vídeos que lembramos que costumamos reclamar demais diante de um exemplo prático de dignidade humana. (conteúdo trabalhando em minha palestra SUCESSO, FELICIDADE & REALIZAÇÃO PESSOAL)

A maioria de nós, ocupa muito tempo e gasta energia demais pensando naquilo eu em quem gostaria de ter, naquilo que viveu, em quem perdeu, no que falta, mas poucas vezes, pensa naquilo que tem, em quem está fazendo parte de sua vida neste momento, no que pertence ao “hic et nunc” (aqui e agora). (conteúdo trabalhado em minha palestra O PODER DA MENTE)

A vida como ela é, e as coisas como elas devem ser… muitas vezes insistimos, obcecadamente, por alguém, sendo mais por orgulho da conquista do que por desejo pleno, e acabamos colhendo tempestades. As peças certas de um quebra cabeça se encaixam sem pressão, e se insistimos em colocá-las, é porque não faz parte daquele lugar, e não teremos uma imagem final esperada. Lutar pelo que se deseja é uma coisa, mas se anular, ridicularizar ou menosprezar para conseguir algo é outra, além de ser geralmente um verdadeiro “tiro no pé”. (conteúdo trabalhado em minha palestra A ARTE DO AMOR E DE AMAR)

BULLYING. Pelos meus cálculos, devo já ter ministrado mais de 200 palestras sobre BULLYING, mas esta juventude já sabe bem quando está fazendo algo muito errado, por isso, quem promove este tipo de atentado, irá provavelmente continuar, mesmo se de diversas palestras participar. Não são poucos os que simplesmente reproduzem na escola a violência sofrida por eles mesmos noutros espaços, como no eixo familiar. Mesmo que ambos sejam vítimas, seja quem sofre e seja quem promove o bullying, não podemos colocar no mesmo patamar conceitual, e a penalidade precisa vir junto com a conscientização ao agressor. Não adianta somente diálogo, mas precisa penalidade educativa, e uma delas é a expulsão da escola (mas pseudo intelectuais dizem que traumatiza, e então não pode para eles), como sinal de alerta, de conscientização da gravidade destas ações e produção de reflexão pelo sofrimento de uma mudança forçada. O agressor, em quase sua totalidade, é um jovem de baixíssima autoestima e ínfimo potencial de suporte a frustração, buscando se sentir alguém melhor menosprezando o outro, além de ser covarde, pois escolhe sempre vítimas tímidas e com resistência a reações agressivas. Sugiro o filme espanhol BULLYING: PROVOCAÇÕES SEM LIMITES, o qual deixa claro como funciona o mundo dos agressores e dos agredidos, bem como dos participantes passivos disso tudo. (conteúdo sendo trabalhado em meu livro A ARTE DE ENSINAR & APRENDER e GESTÃO ESCOLAR EM REVISÃO)

BULLYING: PROVOCAÇÕES SEM LIMITES (2009). Filme espanhol, o qual deixa claro como funciona o mundo dos agressores e dos agredidos, bem como dos participantes passivos disso tudo, sendo altamente didáticos para conhecer e reconhecer as questões do bullying. Os atores Albert Carbó (Jordi) e Joan Carles Suau (Nacho) estão perfeitos nas suas interpretações. Creio que tenha assistido mais de cem vezes a este filme, até mesmo por utilizá-lo em minhas palestras aos alunos e cursos aos professores a respeito deste tema.

Não é por nascermos humanos, que nos tornamos seres humanizados. Desde a mais tenra idade devemos orientar nossas crianças sobre os valores essenciais que projetam a consciência de si e do outro em consonância. Max Gehringer alerta a sociedade para que não eduquemos nossos filhos para serem ricos, mas que os eduquemos para serem felizes, pois assim,saberão o valor das coisas e não o preço delas.(conteúdo sendo trabalhado em meu livro EDUCANDO CRIANÇAS E ADOLESCENTES PARA A VIDA)

Eis como ficamos num findar de mais um Baile de Gala… 🙃🙃🙃 Chegamos tão comportados e comedidos, e no final, é só festa… 😁😁😁 (FOTO: Sheila Gastardi)

Eis a essência problemática de quem não encontra prazer no trabalho, e se vê como verdadeiro refém do mesmo, enquanto a vida segue e os anos se somam rapidamente em direção ao seu grande adeus final… vivamos pelo que vale a pena ser vivido, pois do pó viemos e ao pó retornaremos, logo, não vale a pena perdermos nossas preciosas horas com o que não promove a vida em si mesma em nós. (conteúdo trabalhado em minha palestra SUCESSO, FELICIDADE & REALIZAÇÃO PESSOAL)

Muita gente pensa que possui apenas a juventude para vivenciar relacionamentos amorosos, e acaba buscando usufruir desta época como se tivesse prazo de validade, sendo que acaba na superficialidade relacional, ou num jogo de roleta russa diante de tentativas ansiosas. Mas, com o passar do tempo, percebe que aproveitar a vida tem outra conotação, e que os desejos, sonhos, prazeres e paixões, não acabaram, e muito menos diminuíram, com a soma dos anos vividos, mas apenas ficam mais sintonizados com a maturidade conquistada proporcionando uma vivência para além do mundo das aparências, tão valorizadas enquanto jovens somos em idade. (conteúdo trabalhado em minha palestra A ARTE DO AMOR & DE AMAR)

Generalizar dizendo que beleza é relativa, é faltar com a honestidade filosófica e misturar relações de beleza numa leitura psicológica. Filosoficamente podemos dizer que algo ou alguém é belo quando tem harmoniosa PROPORÇÃO, SIMETRIA e EQUILÍBRIO, eis o que nomeia a BELEZA, e assim é na natureza das coisas. Atualmente as pessoas tentam associar a beleza das aparências das coisas com a essência delas, que é bem diferente e equivocada comparação.

Mais do que cuidarmos com o conteúdo do que queremos falar com as pessoas, devemos nos preocupar no jeito que iremos falar. Muitas vezes, até queremos o bem da pessoa com o que falamos, mas nossa maneira de se comunicar pode inverter este intento. Acabamos nem percebemos o quanto somos grossos, e ainda não compreendendo do porque da pessoa ter ficado chateada conosco, pois queríamos ajudá-la, mas isso se dá pelo modo que nos comunicamos. Quando não temos um bom trato comunicativo, é melhor apenas emprestarmos nossos ouvidos e escutá-la, que já estaremos ajudando muito. (conteúdo sendo trabalhado em meu livro A ARTE DA ORATÓRIA)

POLICIAIS, precisam e merecem melhor preparo e atenção em todos os sentidos… além de serem cada vez melhor escolhidos e peneirados, ficando somente os que têm potencial claro de atuação coerente com a farda que usam, precisam de salários mais dignos, e correspondentes ao valor que eles têm para a sociedade, além de amplo trabalho de psicologia, sobre o qual afirmo que, o que existe até então, não é o suficiente. Temos visto adoecimento físico e mental do soldado e de seu família, e ações incoerentes de alguns PMs que são impulsionadas por um sofrimento psíquico, pelo peso que sua labuta diária nada fácil promove, pressão social e de alguns de seus superiores, estresse laboral e falta de um plano de carreira mais inspirador e, em paralelo, precisamos de uma mídia que seja mais justa sobre o trabalho da PM, e não se alimente de sensacionalismo barato sobre ações ímpares que ocorrem em detrimento do bom nome da corporação, bem como trabalho de associação conceitual positiva na sociedade sobre a corporação e seus agentes. É muita tensão física e mental nesta profissão, exigindo muito do indivíduo para que consiga manter-se em equilíbrio. Existem muitas pessoas que sentem ódio ou medo ou repulsa ou desdém pelos nossos soldados, que são sentimentos incoerentes diante do importante papel que desempenham para o povo, que inclui a todos, inclusive para aqueles que não gostam deles, onde também colocam a sua segurança, e da própria família, em perigo pelo bem da sociedade. Não podemos esquecer da família do policial que sofre com ele, se não mais que ele, a qual precisa de apoio de diversas ordens. Em 2012 fiz ampla pesquisa científica com parte da PM de Joinville para comprovar a necessidade ímpar de um trabalho mais sério, diretivo, sistemático e mais intenso de psicologia na corporação, cujo resultado já apresentei para alguns Ten. Coronéis de Joinville e de Florianópolis.Quem sabe um dia eu esteja junto com a PMSC neste projeto e finalizando meu livro a respeito desta temática, onde abordo a questão do SOFRIMENTO PSÍQUICO DO SOLDADO DA POLÍCIA MILITAR. AMO NOSSA PMSC. #PM #PolíciaMilitar #PMSC #PMPR

Assista o que aconteceu em Jacarezinho, sendo um exemplo da vida diária de um soldado da PM, profissional que menos sabe se estará de volta ao lar depois do expediente diário: http://www.youtube.com/watch?v=RslNfiReGGU

7 PERIGOS. Veja bem se não é da maneira perigosa que buscamos geralmente as coisas. Mahatma Gandhi, mui sabiamente, enumerou 7 alertas de perigo para nossos desejos e atitudes frente a eles. (conteúdo trabalhado em minha palestra SUCESSO, FELICIDADE & REALIZAÇÃO PESSOAL)

Meu amado Nietzsche já afirmava que “nossas opiniões são a pele na qual queremos ser vistos”. Não é à toa que pelas redes sociais acabamos conhecendo mais algumas pessoas do que muitas daquelas com as quais temos convivência diária na vida real, e indiferente a crermos ou não na veracidade das postagens, pois este item se trata apenas de um dos objetos de análise, indiferente a veracidade do que se apresenta. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

 

REALIDADE. Muitas vezes as coisas não são bem como pensamos que sejam, principalmente as que dizem respeito a nós mesmos, bem como as que temos mais certeza de que sejam de determinada forma. Em alguns momentos, nos achamos perseguidos, humilhados, injustiçados, vítimas e afins, e olhamos os demais como se fossem culpados por tudo isso, como algozes promovedores deste sofrimento todo que acreditamos sentir, mas que, na realidade, somos nós mesmos provocadores destas situações, se não para nós somente, como também para os demais. Autoanálise honesta deve ser constante em nossa vida. (conteúdo trabalhado em minha palestra EM BUSCA DE SI MESMO)

 

Muitas vezes só reconhecemos ou confirmamos que algo se trata de arte de fato, conforme o tempo vai passando, pois uma música, edificação, pintura, escultura, literatura, e seja o que for, quando realmente se trata de arte, será eternamente arte e, além de não perder seu valor, ganhará mais valor com o passar do tempo… muitos artistas, atualmente consagrados, só foram reconhecidos após a morte, bem como seus feitos como obras primas. Não é porque consideramos, ou alguém se considera artista, que realmente seja um, como nem tudo que entendemos como arte, se trata de arte, e muita coisa que não vemos como arte, o tempo sinalizará que realmente se trata de arte, e esta não é entendida em seu tempo devido ao vanguardismo que carrega consigo.  (Imagem abaixo: Pompeia)

A ARTE DA VIDA E DA MORTE. Aqui não se trata de uma escultura, mas de uma pessoa no exato momento em que morreu, em 79 d.C., ficando imortalizada sua presença nesta vida com cinzas, durante a grande erupção do vulcão Vesúvio. Que planos esta pessoa tinha para aquele dia, e para sua vida? Como estava sendo aquele dia para ela? Quem foi a última pessoa que conversou e a última coisa que fez? Qual foi a última coisa que comeu e bebeu, e com quem estava? Pompeia era uma antiga cidade romana, perto de Nápoles, que foi enterrada pela grande erupção do Vesúvio, em 79 D.C., estando ainda extremamente bem preservada, conservando a maioria dos edifícios, ruas e até mesmo as vítimas que morreram instantaneamente, pois ficaram preservadas em cinzas. Tenho um amigo que esteve por lá e me mostrou fotos emocionantes e fantásticas do local e das pessoas mortas. É um lugar que pretendo conhecer.

CAÑO CRISTALES é um rio colombiano, considerado o mais colorido do Planeta Terra, mundialmente famoso por parecer com uma tela colorida, conhecido como “o rio, que fugiu para o paraíso”, “o rio mais bonito do mundo” e “o rio de cinco cores”. MAIS UMA OBRA DE DEUS…QUÃO GRANDE ÉS TU, SENHOR !!!

Se desejamos de fato um país limpo, logo precisamos começar limpando nossa própria Alma enquanto cidadãos. Se cada um de nós começar a se vigiar e a refletir sobre suas ações, aos poucos teremos um novo país, pois mesmo que o outro não faça a sua parte, nós teremos a força da moral, do direito e da dignidade em exigirmos dele o que nós mesmos fazemos pela Pátria, por nós e por eles também. Para termos um país de casas limpas, basta que cada qual inicie se responsabilizando em limpar sua própria casa. (conteúdo sendo trabalhado em meu livro A ARTE DE SER POLÍTICO & FAZER POLÍTICA)

RENOVAÇÃO. Estamos vivendo momentos ímpares da história de nosso país, onde a política NUNCA MAIS será a mesma. Quem não buscar associar a ação política com a dignidade em atuação terá seus dias contatos… hábitos novos na linha de pensamento e de ação do cidadão mais comum tem ocorrido, onde este se informa, interage, opina, aciona ações defensivas e vive a própria política. Política é atuar pela pólis, isto é, pela cidade, logo, pelo bem daqueles que fazem a cidade humana, seus habitantes. A política deixa de ser política quando não promove a própria sociedade pelo bem comum. Vivamos intensamente estes momentos históricos que estamos tendo a sorte de estar ocorrendo definitivamente. VAMOS CONTINUAR RENOVANDO GERAL POIS PRECISAMOS DE SANGUE NOVO NA VEIA DA POLÍTICA NACIONAL !!! Basta de mais do mesmo !!! ELEIÇÕES 2020 !!!

Podemos morar no mesmo espaço geográfico, sem sermos uma Nação de fato. Precisamos de identidade para nos entendermos como seres humanos, assim como precisamos de uma identidade coletiva para nos sentirmos uma Nação. Brasil não é mais a suposta terra do samba, feijão, futebol, bundas, brasileiro bonzinho e feliz, e etc., como a gente pensava até pouco tempo atrás, ou queríamos que acreditássemos que assim seria. A globalização, conforme o viés em que for acolhida, traz a perda de identidade ímpar para se confundir numa coletividade global, em que ainda não estamos preparados para tal. O que simboliza o Brasil atualmente, além da corrupção, insegurança pública, saúde pública deficitária e injustiças de diversas ordens? Até mesmo o sotaque temos perdido, que é um processo natural destas perdas em tal processo, mas estamos nos associando ao quê? O que é a Nação Brasileira hoje, e o que ela representa? (conteúdo sendo trabalhado em meu livro A ARTE DE SER POLÍTICO E DE FAZER POLÍTICA)

Estive em Brasília e fui ao Palácio do Planalto, então falei com a recepcionista que eu gostaria de falar com o pessoal do PT, e ela me disse: Meu senhor, o PT não governa mais o Brasil. Fui embora, meia hora depois voltei e falei: Quero falar com o pessoal do PT. Educadamente a recepcionista respondeu: Meu senhor, o PT não governa mais o Brasil. Fingi que fui embora, e quinze minutos depois, voltei. A recepcionista nem esperou que eu falasse algo, e já foi dizendo: É a terceira vez que o senhor vem aqui procurando pelo pessoal do PT e eu já disse ao senhor que ele não governa mais o Brasil. Aí respondi justificando a insistência de minha pergunta: Então, é que a senhora não sabe o quando é bom ouvir isso… 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Domenico Modugno cantando a música de sucesso mundial “Nel blu dipinto di blu”, que ficou mais conhecida como “Volare”, de 1958, sendo uma das mais interpretadas até hoje por diversos artistas. Ele foi compositor e letrista junto com Franco Migliacci desta canção italiana. Nasceu em 1928 e faleceu em 1994, tendo iniciado sua carreira em 1953 e finalizado em 1993. “Semplicemente amo la lingua italiana e la cultura dell’Italia”.

Em nome da missão assumida… quanto mais a sociedade e o governo valorizar os bons policiais, menos espaço teremos para aqueles que assumiram a missão apenas da boca para fora e maculam o nome da corporação desonrando a farda através de atos ilícitos, que acabam produzindo aversão (efeito oportunista ou por falta de contextualização maior) de parte da população a toda a instituição. Mas a beleza disso tudo é que, a PM atenderá o chamado por ajuda, seja por quem a ama, seja por quem a odeia, pois é uma questão de MISSÃO, e MISSÃO RECEBIDA É MISSÃO CUMPRIDA. #PM #PMSC #PMPR #PMapoio

IL MONDO DEGLI ALTRI (1995). Como se não bastasse estar a letra desta música no idioma que mais gosto, italiano, é interpretada na voz do eterno Renato Russo (1960-1996).

“Il mondo degli altri è un arcobaleno.
Ma tu sei una perla che cade dal cielo.”

“O mundo dos outros é um arco-íris
Mas você é uma pérola que cai do céu.”

A obra LA LECTURE, do francês Etienne, nos remete ao prazer que só a leitura pode proporcionar… quem não tem o hábito de leitura, empobrece sua visão de mundo e de si… só a leitura aproxima as pessoas, bem como o leitor dele mesmo. Leia de tudo que estiver ao seu alcance… ler nos faz termos algo que a traça não corrói e nem os ladrões podem roubar, parafraseando termos bíblicos. Leia e presenteie com livros!!!

BRAVOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 👏👏👏👏👏👏👏👏👏 Criatividade é vida… quem me surpreende me conquista, pois para surpreender precisa ser detentor de boa criatividade, e a criatividade é uma das mais claras manifestações da inteligência humana na prática. Neste incrível vídeo do quadro “Magicians Got Talent”, do “America’s Got Talent 2017”, temos o show dos gêmeos idênticos, Tony and Jordan.

Eu era simplesmente APAIXONADO pela MULHER MARAVILHA quando eu criança… trata-se da belíssima Lynda Carter, protagonista da série que foi produzida de 1975 a 1979, tendo 3 temporadas e 59 episódios. Lynda nasceu em 1951, e agora, aos 68 anos, continua trabalhando e tri linda. No desenho animado da Mulher Maravilhas eu não entendia muito bem como podia voar num avião invisível e muito menos localizá-lo, sendo invisível… (criança chataaaa…) 😂😂😂

Muito do adoecimento de professores, também tem sido promovido pela pressão e cobrança de coordenação, direção escolar e pais sobre eles, culpabilizando-os sobre muita coisa que, até dá a impressão que vivem num universo paralelo da realidade vivida pelos docentes em sala de aula, como se tivessem apenas uma noção distante e teórica. Existe muito despreparo ainda enquanto gestão escolar neste país, logo, precisa o governo investir em melhor formação de professores sim, mas também em melhor formação de gestores escolares, como também salários e condições de trabalho adequados para todos, além da revisão da carga horária, que creio que deveria ser reduzida devido ao tipo de trabalho que operam, que vai na mente e na prática para além das horas registradas e pagas. No meu livro já escrito 10 anos atrás, GESTÃO ESCOLAR & A ARTE DE EDUCAR E APRENDER, eu trato sobre esta temática.

ESTÁ DESESPERADO E SOFRENDO? Então ouça esta música que te fará muito bem… NOITES TRAIÇOEIRAS foi lançada em 2006, e é uma das músicas que mais toca o emocional de quem à ouve. Dificilmente consegue segurar as lágrimas e deixar de sentir acolhimento e esperança. Mesmo que tenha uma disputa judicial de quem realmente seja o compositor desta canção, quem o for, foi abençoado no momento em que à escreveu.

“E ainda se vier noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo.”

É LÍCITO GRAVAR AULAS?

100% lícito. A eventual proibição do uso de smartphones em sala de aula não impede que esses aparelhos sejam usados na função gravador (áudio ou vídeo). Portanto, nenhum aluno pode ser punido (e muito menos processado), por gravar a aula. Mas geralmente se verbaliza ao professor, por respeito ao mesmo, sobre o interesse em gravar a aula, como é comum ocorrer nas universidades, palestras e cursinhos diversos para que se possa ouvir depois, com o intuito de revisar, entender e gravar melhor o assunto, sendo que deixamos até sobre a mesa do professor os gravadores, lembro-me bem desta nossa prática nas universidades e cursinhos, que nem existia celular e tínhamos que comprar um mini gravador. Professor que ilegalmente tenta proibir a gravação tem receio do que mesmo? Seria vir a ser provado que não conhece o assunto ou que está usando suas aulas para outros fins, como doutrinários? Como professor, eu sempre permiti gravar quando pediam, mesmo que eu ficava um pouco sem graça no começo, mas mais com receio de ser gravado alguma gafe minha ou minha voz, que não me agrade muito ao ser gravada, rs… Mas quem não tem nada a esconder e não esteja fazendo nada de errado conscientemente, não tem receio de ser gravado e muito menos impede. Tenhamos bom senso e respeito sempre, em ambos os lados…

ARMANDINHO, cantor e compositor de reggae e pop, iniciou sua carreira em 2001, e está com 49 anos e morando na Praia Brava, em Itajaí (SC). Acredito que seja difícil encontrarmos quem não curta o som do reggae, e não tem como não ser contagiante para o público um show deste artista, seja de que idade e nível cultural for a pessoa, pois fala a língua da arte. Neste vídeo canta LUA CHEIA, no Planeta Atlântida, em 2018.

THE PRODIGY (1). Iniciou sus atividades em 1990 e continuava até sua morte. Usei muito estas músicas para dar aula de passarela para modelos e quando promovi desfiles de moda, e quem foi meu modelo provavelmente irá lembrar do som desta banda. Tem personalidade, tem marca, tem vida, tem arte. Dia 04 de março de 2019 faleceu o vocalista desta banda britânica de música eletrônica, Keith Flint aos 49 anos, vista como uma das maiores referências do big beat. Site da banda http://theprodigy.com/. Neste vídeo temos o grande sucesso “Breathe”, lançada em novembro de 1996.

THE PRODIGY (2). Neste vídeo temos a música “Firestarter” lançada dia 18 de março de 1996.

CONVERSA ENTRE UM RUSSO E UM BRASILEIRO

*Russo* – Como eu amo a liberdade
*Brasileiro* – É. Não há nada pior que a ditadura.
*Russo* – Mmmm? Vocês também tiveram ditadura no Brasil?
*Brasileiro* – Ô! E como tivemos ! Os militares deram um golpe e tomaram o poder.
*Russo* – Mas como ? Fuzilaram o congresso todo ?
*Brasileiro* – Não exatamente. Foi o próprio congresso que instituiu.
*Russo* – Mas você não disse que foi um golpe?
*Brasileiro* – Sim.
*Russo* – Não entendi. Mas enfim …. Quantos morreram pelo menos?
*Brasileiro* – 357 pessoas !!!!
*Russo* – É … Para um dia só é bastante.
*Brasileiro* – Não, 357 no total.
*Russo* – No total do que ?
*Brasileiro* – Da ditadura !
*Russo* – Peraí, mas foi só uma coisa de uns dias e depois acabou ?
*Brasileiro* – Que uns dias que nada ! foram 21 anos de opressão !
*Russo* – E quem foi esse ditador “genocida” que matou 357 pessoas em 20 anos.
*Brasileiro* – Foram 5 ditadores.
*Russo* – De uma vez só ?
*Brasileiro* – Não, um depois do outro.
*Russo* – Um depondo o outro ?
*Brasileiro* – Claro que não ! Terminava o mandato e vinha outro.
*Russo* – Tipo presidente ?
*Brasileiro* – É … Mas so que não. A gente não podia votar !
*Russo* – Então ao invés de um ditador, vocês tiveram 5 representantes com mandato temporário e que matavam 17 pessoas por ano ?
*Brasileiro* – Sim. Mas o povo se levantou e tirou eles de lá !
*Russo* – Ah no fim depuseram os militares?
*Brasileiro* – Pode se dizer que sim. Eles saíram do poder.
*Russo* – Mas tá estranho isso. Eles não controlavam o exército ? Como o povo conseguiu isso ? Ou eles se armaram também, ou atacaram em grande número. De uma forma ou de outra deve ter sido a maior carnificina !
*Brasileiro* – Até que não. Os militares anunciaram eleições democráticas e deixaram o poder.
*Russo* – Deixaram ???? como assim ? tipo por conta própria?
*Brasileiro* – É que o povo, no fim, já tava meio contra também …
*Russo* – No fim ??? Mas péra ! Para sair assim, na boa, so podem ter levado uma fortuna antes ! Devem estar tudo ricos hoje !
É certo que ditadores deixam os países minguados, sem infraestrutura, as pessoas passando fome, a economia falida, aumento da criminalidade ….. e fogem.
*Brasileiro* – Hummm … Não exatamente. Pelo contrário, foi o melhor período econômico do nosso País. Para se ter uma ideia, em 21 anos de ditadura crescemos cerca de 3 (três) vezes mais do que os 21 anos seguintes de democracia.
As infraestruturas criadas na época são as principais até os dias de hoje, algumas delas são as únicas do setor, da região.
As pessoas não passavam fome, pois viviam com dignidade.
Os índices de criminalidade eram insignificantes, comparados com os dos dias atuais.
Não fugiram, as famílias vivem até hoje com os recursos que eles receberam trabalhando, de forma simples.
*Russo* – Cara, eu respeito sua historia e tal, mas tá meio difícil de acreditar que vocês tiveram uma ditadura.
*Brasileiro* – Como assim?¹ A opressão era real ! Morreram muitos heróis lutando pela nossa liberdade!
*Russo* – Então havia até mesmo uma oposição?
*Brasileiro* – Ah se havia ! Eles matavam soldados, sequestravam gente importante, roubavam bancos, plantavam bomba em quartéis.
*Russo* – Que horror ! E os revolucionários, como combatiam isso ?
*Brasileiro* – Não, caramba ! Tô falando dos heróis, os revolucionários! Presta atenção!
*Russo* – Tá bom, entendi. Mas esse lance de matar soldado, explodir bomba… hoje em dia isso não seria terrorismo?
*Brasileiro* – Talvez. Não sei. Mas na época era justificado. Tinha que derrubar aquele governo cruel.
*Russo* – Mas e roubo a banco e sequestro… não é crime isso dai também?
*Brasileiro* – É …Talvez …. mas eles tinham que tirar dinheiro de algum lugar para manter o movimento , né?
*Russo* – Sim, mas do povo? …
*Brasileiro* – Não tinha alternativa ! a União Soviética não estava mais sustentando a revolução como antes…
*Russo* – Opa ! Um momento ! A gente que estava financiando vocês contra os militares?
*Brasileiro* – Sim. Os comunistas soviéticos estavam nos ajudando a derrubar a ditadura e instaurar a democracia no Brasil.
*Russo* – E você acreditou ? Pois a nossa ditadura foi comunista! Matou 21 milhões, durou 74 anos e deixou o país afundado! Você nunca conheceu opressão, e por isso mesmo não entende o que é liberdade!

(Autor desconhecido)

VIRGÍNIA LANE cantando o clássico sucesso carnavalesco “Sassaricando”, de 1952. Esta artista brasileira (1920 – 2014) foi atriz, cantora e vedete, tendo falecido no dia 10 de fevereiro de 2014, estando com 93 anos de idade.

GOLPE??? POR QUE ALGUNS PROFESSORES, JORNALISTAS & ESCRITORES TEM RANÇO COM OS MILITARES DE 1964?Eis a explicação abaixo feitas pelo jornalista, economista e escritor Stephen Charles Kanitz, o qual é mestre em Administração de Empresas da Harvard Business School e bacharel em Contabilidade pela Universidade de São Paulo.Claro que atualmente os contrários o são por ligar o 31 de março de 1964 com a parte negra do regime miliar no desenrolar de sua história, que precisa ser vista em paralelo para quem tem ética avaliativa e desejo de conhecer a verdade como tal.

Uma semana depois de assumirem o governo, os militares patrocinaram uma emenda constitucional número 9, que se tornaria o maior erro deles.

Promoveram a emenda constitucional número 9 de 22 Julho de 1964, e logo aprovada 81 dias depois, que passou a obrigar todo jornalista, escritor e professor deste país a pagar imposto de renda, algo que nenhum destes faziam desde 1934.

Este é um dos segredos mais bem guardado pelos nossos professores de história, a ponto de nem os novos militares, jornalistas, professores de história e escritores de hoje sabem o que ocorreu de fato.

Os militares terminaram com o Artigo 113 n 36 da Constituição de 1934 e o mesmo artigo 203 da constituição de 1946.

“Nenhum imposto gravará diretamente a profissão de escritor, jornalista ou professor.”

Por 30 anos foi uma farra, algumas faculdades vendiam diplomas de jornalista “até arcebispo era jornalista.” 5

Só que com esta medida os militares de 1964 antagonizaram, em menos de dois meses de poder, toda a elite intelectual deste país.

Antagonizaram aqueles que até hoje fazem o coração e as mentes das novas gerações.

Estes, obviamente, se revoltaram imediatamente, afinal “A maior parte da grande imprensa participou do movimento que derrubou o Presidente João Goulart e foi, sem dúvida, um dos vetores de divulgação do fantasma do comunismo”, vide João Amado – Historiador.

“Grande parte dos jornalistas que tiveram suas crônicas coletadas para este livro, Alceu de Amoroso Lima, Antônio Callado, Carlos Drummond de Andrade, Carlos Heitor Cony, Edmundo Moniz, Newton Rodrigues, Otto Lara Resende, Otto Maria Carpeaux, entre outros, foram aqueles que logo se arrependeram do apoio dado ao golpe.”

“Jornalistas que apoiaram o golpe de 64, antes dele fazer aniversário, já eram adversários do regime que ajudaram a instalar”, continua Alzira Alves.

“Ao perseguir figuras que nada tinham de comunistas ou subversivas, eram apenas liberais e até apoiaram o golpe, a ditadura, por assim dizer, perdia a razão.”

De fato, comunistas são contra uma sociedade de classes, privilégios classistas, e renda mal distribuída para algumas classes.

Quem se considera superior, a ponto de não pagar imposto de renda, não é socialista muito menos comunista.

Mas notem que Amado, professor de História, considera ter que pagar imposto de renda uma “perseguição” classista.

Antonio Calado, professor, escritor e professor escreveria:

“O Golpe foi certo, mas seus desdobramentos errados”. Calado se tornou um de seus grandes opositores, um ano depois.

Se os militares fossem de fato de direita, como jornalistas, professores de história e escritores não pararam de divulgar, eles provavelmente teriam incluído nesta lista classista.

Razões e apoio para isto não faltavam nos primeiros dias do “Golpe”.

“Golpe” de mau gosto, de fato.

Os militares traíram justamente quem os haviam inicialmente apoiado.

E não há ninguém mais odiado neste país que um traidor.

Jornalistas também não pagavam imposto predial1, imposto de transmissão1, imposto complementar2, isenção em viagens de navio, transporte gratuito ou com desconto nas estradas de ferro da União, 50% de desconto no valor das passagens aéreas e nas casas de diversões. 3,4

Devido a estas isenções na compra de casa própria, a maioria dos jornalistas tinha pesadas dívidas, e a queda de 15% nos seus salários causou sérios problemas financeiros e familiares.

Some-se a inflação galopante que se seguiu, o baixo crescimento do PIB, e levaria uns 10 a 15 anos para jornalistas, escritores e professores recuperarem o padrão de vida que tinham antes do duro “golpe” financeiro que os militares causaram.

Não é de se espantar que passado 50 anos os militares continuam sendo perseguidos por comissões da verdade, reportagens, e tudo o mais, apesar dos militares hoje serem outros.

Foi uma desfeita e tanto. Colocaram estas classes a nu.

Nenhum jornalista, professor ou escritor, nem mesmo os de esquerda escreveram um artigo sequer contra este privilégio que desfrutavam que durou quase 30 anos.

Enquanto IPI e ICMS pagos pelas empresas servem para financiar infraestrutura, estradas, portos, etc, é justamente o imposto de renda que usamos para reduzir a pobreza, cuidar dos inválidos, pagar o Bolsa Família.

Dispensar jornalistas cegos, professores paraplégicos, escritores com deficiências mentais de pagar imposto de renda seria mais do que justificável, afinal são estes que merecem ajuda para poderem competir com jornalistas, professores e escritores de posse de tudo que é necessário para serem autossuficientes do estado.

Mas é justamente o imposto de renda que nossos intelectuais brilhantemente conseguiram burlar, e por sinal reclamam até hoje.

Em 2013, a Revista Exame da Editora Abril, comenta esta isenção da seguinte forma.

A isenção (infelizmente) foi revogada em 1964, por meio da Emenda Constitucional nº 9 de 22 de julho de 1964.

Alberto Dines, do Observatório de Imprensa, em 2012 comenta:

“Getúlio, muito inteligentemente, atuou para melhorar o padrão social do jornalista. A legislação do Getúlio deu grandes vantagens.”

Em discurso no dia do Professor na Associação do Ensino Superior, conclama:

“Os professores mais antigos devem sentir saudades dos tempos em que os professores eram realmente respeitados e valorizados, como acontecia, por exemplo, durante a vigência da Constituição Federal de 1946 artigo 203.“

Por que então os militares foram tão burros, segundo Alberto Dines, de se indispor justamente com a imprensa?

De serem acusados de desrespeitar e não valorizar os professores deste país?

Por que foram fazer esta medida logo no início, quando ainda estavam com outros problemas para resolver, e não cinco anos depois?

Duas possibilidades.

Uma é que este privilégio classista estava na garganta de todo militar, advogado, médico, enfermeira, bombeiro, policial, pela sua hipocrisia e pelo seu abuso onde até arcebispo estava sendo beneficiado.

A segunda hipótese, é que Castelo Branco de fato pretendia ficar 18 meses, somente até o fim de mandato de João Goulart.

Tanto é que manteve o Congresso, mudou algumas leis como esta, e aboliu 13 partidos, achando que o problema do Brasil era a profusão de partidos, e que a solução seria forçar a ter dois, como na maioria dos países do mundo.

Prever o passado é um exercício fútil, mas se os militares tivessem sido mais maquiavélicos, não teríamos a reação contrária que surgiria anos depois, quando o imposto de renda de fato começou a ser cobrado.

Os poucos jornalistas de direita da época, ficaram mudos e inertes. Os jornalistas de esquerda tinham razão, e puderam exercer o seu papel de oposição e influenciar toda uma nova geração de jornalistas.

E foi esta súbita mudança de tom dos jornalistas, professores de Sociologia, História, Política e Ciências Sociais, que assustou a ala mais radical do Exército a não devolver o poder como Castelo pretendia e ficar 21 anos.

Me lembro de que na época de se propor uma nova constituinte ou não, para derrubar a Constituição de 1967 votada na época dos militares, vários professores de Ciência Política sugeriram que deveríamos é reinstituir a de 1946.

Na época eu não sabia deste artigo 203.

Quero deixar bem claro que não conheço nenhum militar, jamais fui procurado na vida por um militar para discutir assuntos de administração, professor que era.

Tudo aqui é fruto de pesquisa na Internet, que quatro anos atrás havia uma única referência, muito pouco para ser prova histórica. Hoje já temos umas 34 referências, é só pesquisar o trecho da Constituição suprimido.

Para os militares se redimirem e reerguerem a imagem do Exército e das Forças Armadas, seu orçamento e capacidade de combater o narcotráfico internacional e outros problemas, acho que deveriam ser também tão cínicos quanto e assim proporem a volta do artigo 203.

E desta vez, para garantir que ela nunca mais seja revogada, incluir a classe de militares, já que ética no Brasil não vale para nada.

art 203. “Nenhum imposto gravará diretamente a profissão de escritor, jornalista, professor, militar, médico, enfermeira e policial.”

Algo para os jovens militares, jornalistas, médicos, enfermeiras pensarem.

1 Art 27 – Durante o prazo de quinze anos, a contar da instalação da Assembleia Constituinte, o imóvel adquirido, para sua residência, por jornalista que outro não possua, será isento do imposto de transmissão e, enquanto servir ao fim previsto neste artigo, do respectivo imposto predial.

2. LEI Nº 986, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1949.

3. Jânio de Freitas “Até a década de 60, os jornalistas gozaram do privilégio, por exemplo, de não pagar Imposto de Renda e de só pagar 50% das passagens aéreas. Uma das consequências, para citar uma de tantas, era o grotesco princípio de gratidão que proibia publicar-se o nome da companhia de avião acidentado.”

4. Alberto Dines “O Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro era uma agência de viagens. Era uma corrupção tremenda.”

5. O Luto dos Jornalistas Em Santa Catarina, antes da regulamentação, todo mundo era “jornalista”. Queriam os privilégios da isenção do Imposto de Renda e desconto de 50% nas passagens aéreas. Até o arcebispo tinha carteira de jornalista.

fonte: http://blog.kanitz.com.br/erro-ditadura-militar/

É preciso, MAIS DO QUE NUNCA, continuarmos acompanhando cada passo do cenário político atual, se não quisermos, não somente pagarmos caro pela falta de responsabilidade cívica de não nos comprometermos com nosso país, mas de deixarmos um legado de muito sofrimento para as gerações que estão por vir. Lembre-se da máxima do filósofo francês Joseph-Marie Maistre (1753-1821): CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE. Então, que façamos por merecer um governo próspero e honesto, não sendo oposição por oposição e nem a favor do governo por ser a favor do governo, mas respaldados pelo desejo de aperfeiçoamento das ações políticas do governo, para e pelo povo em geral, e nos comprometendo diante de um voto consciente, e ainda não deixemos de lutar por nossos direitos, mas sobretudo, que assumamos nossos deveres como cidadãos que somos. ELEIÇÕES 2020, MAIS UMA OPORTUNIDADE DE RENOVARMOS O CENÁRIO POLÍTICO !!!

SÃO ANJOS NA TERRA… que a sociedade confusa atual não roube a pureza de nossas crianças, e nem permitamos que insiram nelas músicas, danças e roupas de apelações de diversas ordens, normatizando o que não beneficia ninguém… que não deixemos que se perca o conceito modernista de infância, pois acabaríamos retornando à Idade Média, sendo vistos então estes infantos apenas como adultos em miniaturas… criança tem que falar coisas de crianças, brincar com brincadeiras de crianças, cantar músicas de crianças, vestir roupas infantis e serem crianças que devem ser em desenvolvimento até a pré adolescência… ROBBIE TEM APENAS 7 ANOS… percebam a tentativa dele arranjar um namorado para a tia, e como disciplina o público a aplaudir somente no final da sua apresentação 😂😂😂 e como suas expressões faciais são angelicais… quanto ao talento: é apenas uma criança, e canta como eu nunca consegui cantar nem uma estrofe sequer desta maneira até hoje. SE FÔSSEMOS JURADOS, QUEM TERIA CORAGEM DE REPROVAR ESTE ANJO?

About Carlos Alberto Hang

Carlos Alberto Hang
CARLOS ALBERTO HANG: Escritor e jornalista (03991/SC) também com formação em Psicologia, Filosofia, História, Teologia, Psicopedagogia, Letras e Literatura, Gestão de Pessoas, Gestão de Marketing, Gestão Ambiental, Psicologia do Esporte, Psicanálise, Psicologia Clínica e Comportamental, Nutrição Clínica e Funcional, Coaching, Recursos Humanos,Jornalismo Digital, Logística, Adm. De Hotéis, Relações Internacionais, Promoção de Saúde e Prevenção de Drogas, Gestão na Administração Pública, Técnico de Segurança do Trabalho, Piano, Linguagem Musical, História da Música, Gastronomia, Inglês, Italiano e Espanhol, é Embaixador pela Cercle Universel des //Ambassadeurs de la Paix (Genebra/Suíça), é Cônsul de Joinville - Instituto Internacional Poetas del Mundo, detentor do Oscar Brasileiro by Grupo Jornalístico Ronaldo Côrtes de São Paulo e membro honorário imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de MG na cadeira 148. Instagram: @carlosalbertohang Twitter: @hangjornalista FACEBOOK: @opiniaodeumlivrepensadorbyHANG. Só permitida a veiculação ou uso do texto acima mediante a nomeação do jornalista e autor do mesmo.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville