Últimas notícias
Home » Santa Catarina » Cidade do Planalto Norte pode ter racionamento de água se a estiagem persistir
VOGEL PAINÉIS
Este é o nível mais baixo dos últimos 10 dias. / Divulgação

Cidade do Planalto Norte pode ter racionamento de água se a estiagem persistir

Compartilhe

O nível do Rio Canoinhas voltou a preocupar a Defesa Civil de Canoinhas. Na manhã desta terça-feira, (18) estava em 1,14 metro. Este é o nível mais baixo dos últimos 10 dias.

 a

Em última medição pela estação Casan, às 23h30 desta terça, o nível marcava 1,12 metros.

A situação é de alerta e pedimos a todos que economizem água — comenta o coordenador da Defesa Civil, Dario Gravi Gonçalves —pois em um metro entramos em emergência, alerta.

Segundo a Casan, em média, cada morador de Canoinhas gasta 157 litros de água por dia. De acordo a ONU (Organização das Nações Unidas), 110 litros seriam suficientes para atender as necessidades básicas de uma pessoa.
Além do problema no abastecimento, o pouco volume de chuva traz transtorno para agricultura. A Secretaria de Desenvolvimento Rural de Canoinhas avalia que a produção do milho está afetada em torno de 10%.

A estiagem afeta Canoinhas porque o nosso município é eminentemente agrícola. Aqui até mesmo as lavouras irrigadas de hortaliças registraram perdas por causa da dificuldade na captação de água. 

A produção de milho também foi afetada. Devemos registrar uma perda em torno de 10% e isso gera grande preocupação tendo em vista que o consumo na região é muito grande por causa da suinocultura e avicultura, argumenta o Secretário de Desenvolvimento Rural de Canoinhas, Edison Kuroli.

Como há previsão de temporais isolados, não se descarta a precipitação intensa em curto espaço de tempo, entretanto, como esta condição é de chuva mal distribuída pode ser que Canoinhas não registre tal intensidade.

Não há tendência de chuvas volumosas para a região nos próximos dias. Nos últimos 30 dias, o acumulado de chuva para o município foi de 25 mm.

10 dicas para reduzir o consumo de água

Afinal, não se trata apenas de um gasto: água doce é um recurso hídrico cada vez mais escasso, e quanto mais hábitos de redução você já tiver adotado, mais fácil será para você e o planeta. Confira:

1. Tome banhos mais curtos e feche o chuveiro sempre que possível
Além de demorar menos tempo no banho, evite deixar o chuveiro aberto enquanto se ensaboa e ligue-o apenas quando for se enxaguar. Assim, o consumo cai de uma média de 180 para 48 litros a cada banho.

2. Mantenha a torneira fechada

Ao escovar os dentes, lavar o rosto ou as mãos, mantenha a torneira fechada. Fique atento também se a torneira não continua pingando água mesmo quando fechada. No período de um ano, ao menos 16 mil litros de água limpa são desperdiçados apenas pelo mau fechamento das torneiras.

3. Cuidado com os vazamentos
Por mês, 96 mil litros de água potável são desperdiçados por um buraco de dois milímetros em um cano. A quantidade de um dia é capaz de lavar todas as roupas em uma só lavagem na máquina de lavar.

4. Use a descarga com consciência
Se pressionada por seis segundos, cada descarga do vaso sanitário consome entre 6 e 10 litros de água. Utilize-a somente quando houver necessidade e não jogue lixo no vaso sanitário.

5. Limpe antes de lavar

Muitas pessoas exageram no consumo de água na hora de lavar louça, seja por deixar a torneira aberta ou porque a louça está muito suja.
Para evitar, retire o excesso de sujeira dos pratos, copos, talheres e panelas a seco, antes de abrir a torneira para lavar.

6. Lave a roupa com menos frequência e mais atenção

Ligue a máquina de lavar roupas apenas quando ela estiver completamente cheia; o consumo de uma máquina de cinco litros é de 135 litros a cada uso. Você também pode deixar a roupa acumular e lavar tudo de uma só vez.
7. No utilize a mangueira
Seja para lavar o carro ou regar as plantas, não utilize a mangueira: se usada por 15 minutos, ela consome 180 litros de água. Para lavar o carro, prefira um pano úmido e balde e, para regar, um regador.

8. Use a vassoura para limpar a calçada
Não utilize a mangueira para lavar a calçada; além de desnecessário, o consumo de água é grande. Prefira uma vassoura ou água de reuso.

9. Reaproveite a água

A água do banho e da máquina de lavar pode ser reutilizada para fazer as pequenas limpezas, como a da calçada ou do carro, e principalmente para dar a descarga.

10. Se possível, aposte em sistemas de reutilização

Os sistemas de reuso profissionais são caros, mas um investimento que, em longo prazo, gera economia no consumo de água e ainda mais na conta. Esse sistema redireciona a água do chuveiro, máquina de lavar e pia usadas para outros usos.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Participe do grupo de TELEGRAM  do Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

 

Facebook Comments
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville