Últimas notícias
Home » Joinville » Iphan assina ordem de serviço para início das obras no Museu da Imigração e Colonização
VOGEL PAINÉIS
Com o restauro e ampliação, o Museu da Imigração e Colonização se torna referência na área museológica, em toda a região Sul do país / SECOM / AJ

Iphan assina ordem de serviço para início das obras no Museu da Imigração e Colonização

Compartilhe

Na segunda-feira (25), às 16h, no Museu Nacional da Imigração e Colonização de Joinville (MNIC), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), assina a ordem de serviço para o início das obras de restauro e ampliação do museu.

Participe das PROMOÇÕES  do  AJ no You Tube –  Clique aqui e se inscreva

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

Siga-nos  no Twitter ! Clique Aqui

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

A empresa responsável pelos trabalhos é a Strahl Engenharia, de Curitiba (PR), vencedora da licitação realizada pelo Iphan, órgão que fará toda a gestão das obras.  O investimento será de R$ 2.654.051,00, com recursos do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDD), do Governo Federal.

As obras contemplam o restauro do palacete do Museu Nacional da Imigração e Colonização, com revisão estrutural, novos sistemas elétrico e hidrossanitário, realocação dos banheiros e sistema preventivo contra incêndio.

A acessibilidade também faz parte do projeto e inclui, além da adequação de banheiros e implantação de rampas, a instalação de um elevador na área externa do palacete que será conectado à edificação por meio de plataforma, preservando o patrimônio tombado.

Outra importante obra contemplada pelo projeto é a construção do anexo que ficará nos fundos do MNIC. O prédio terá dois pavimentos e cerca de 610 metros quadrados de área.

Construído em estilo contemporâneo, contrapondo a arquitetura histórica do casarão, o novo prédio terá um espaço expositivo, no pavimento inferior, onde estarão os meios de transporte que compõem o acervo do museu; e o pavimento superior será destinado à reserva técnica e à área administrativa.

O início das obras será acordado entre a empresa contratada e o Iphan, responsável pela execução do projeto. Além das obras de restauro e ampliação, o Iphan já está em tratativas para a contratação de um novo projeto de expografia e museologia do MNIC.

De acordo com o diretor executivo da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville (SECULT), Evandro Censi, o Museu Nacional da Imigração e Colonização é o mais visitado do Estado de Santa Catarina e, mesmo com seu espaço expositivo fechado, mantém intensa atividade por meio do seu setor educativo.

Com o restauro e ampliação, o Museu da Imigração e Colonização se torna referência na área museológica, em toda a região Sul do país”, comemora.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville