Últimas notícias
Home » Joinville » Assembléia decide as próximas ações da luta em defesa dos abrigos públicos
VOGEL PAINÉIS
A Prefeitura quer dar de presente às crianças e adolescentes a retirada do lar onde eles vivem / Foto Sinsej / Divulgação

Assembléia decide as próximas ações da luta em defesa dos abrigos públicos

Compartilhe

Em ato assembleia realizado neste dia 9 de outubro na Sede do Sinsej, 50 pessoas se propuseram a compartilhar e fortalecer a luta pela manutenção do Abrigo Infanto Juvenil e Casa Abrigo Viva Rosa sob gestão pública municipal e em defesa do Serviço Público. Para isso, definiram realizar um abraço da comunidade ao Abrigo Infanto Juvenil, dia 12, sábado, às dez horas da manhã; ato e panfletagem na cidade neste dia 11, além da busca de apoio no Legislativo Estadual e outras ações.

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

Participaram representantes do Sindicato, do CDH, servidores e movimentos sociais.
O prefeito Udo Döhler quer passar a administração desses abrigos para a Adipros, no entanto, essa organização social ligada à igreja católica está respondendo a 18 ações trabalhistas decorrentes de má administração e fechamento do o CEI São Paulo Apóstolo. Sob sua má gestão também foram fechados espaços públicos que foram terceirizados anteriormente.

Em audiência com diretores do Sinsej, do CDH e de entidades do movimento sindical e social dia 7, último, o prefeito Udo Döhler firmou o prazo de 14 de outubro para transferência das crianças e adolescentes, bem como remoção dos servidores do Abrigo e se comprometeu a rever o processo da Casa Viva Rosa. Sobre a gestão municipal do Abrigo Infanto Juvenil, o Prefeito disse ser desperdício do dinheiro público, contrariando o Estatuto da Criança e do Adolescente, que afirma “destinação privilegiada de recursos públicos nas áreas relacionadas com a proteção à infância e à juventude”.

Para Evelyn Saccardo, educadora no Abrigo, é preciso informar a verdade às pessoas que o objetivo da terceirização não é fortalecer parceria entre o poder público com a sociedade e sim a destruição do serviço. O que vai fortalecer o serviço básico de assistência social é o concurso público.

Agenda de Atividades
Abraço ao Abrigo dia 12 (sábado) às 10 horas
A Prefeitura quer dar de presente às crianças e adolescentes a retirada do lar onde eles vivem e têm toda uma rede de apoio. O Abrigo fica na Rua Tenente Narcísio Pereira D’almeida, 564 – Boehmerwald,

Panfletagem dia 11
Nesse dia 11, sexta-feira, a partir das 17h30, a presença de todos no Terminal Central é importantíssima para dialogar com a comunidade.

Reunião com Prefeitura dia 14
Para o dia 14 de outubro ficou agendada nova reunião com o Secretário de Assistência Social, Vagner Oliveira, e a presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Juliane Tavares, pra tratar do assunto e ouvir reivindicações dos servidores, do Sinsej e dos movimentos sindical e social.
A defesa desses abrigos públicos precisa de todos nós! Participe desta luta!

Facebook Comments

About Redação

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville