Últimas notícias
Home » Ananias Cipriano » Ananias Cipriano: Prefeito promete transporte coletivo de qualidade
O preço do transporte público da cidade é um dos mais caros do país

Ananias Cipriano: Prefeito promete transporte coletivo de qualidade

Compartilhe

O prefeito Udo Döhler pouco se manifesta publicamente, nas redes sociais desde 2017 e raríssimas vezes, em coletiva de imprensa. Pelas notícias que dá nessas coletivas, é melhor que nem faça. Dessa vez, foi o anúncio do aumento da passagem do transporte coletivo.

A gestão desse prefeito é horrorosa e cheia de mentiras: 300 km de asfalto, Teatro de mil lugares, pontes extraordinárias e por aí vai. Obviamente, o que vimos, foram buracos e crateras cidade afora. Ainda assim, ele insiste em prometer, mesmo sabendo que o povo não acredita mais e clama pelo fim do mandato.

Se não bastasse tudo isso, ele afirmou nesta quinta-feira (29), que tem compromisso em manter o transporte coletivo como um serviço de qualidade ao cidadão. Oras, se não consegue brigar pelo preço, brigará pela qualidade? Ele inclusive admitiu que a tarifa é cara, mas que está cumprindo
decisão judicial.

Bom, por falar em cumprir decisão judicial, sugere-se que também se cumpra uma obrigação constitucional: Licitação do transporte público. Mas nesse caso não!

E os vereadores? Já pensaram em cobrar de verdade sobre esse tema, já pensaram em fazer uma CPI? Se não tem licitação, já começa errado. A teoria do fruto da árvore envenenada pode referenciar essa discussão.

O transporte coletivo vem sendo engolido, cada vez mais carros nas ruas (1,4 pessoas para cada carro em Joinville), os aplicativos cada vez mais atrativos e as motocicletas tem sido a melhor alternativa para o tempo e a alma. Enquanto isso, os passageiros de ônibus enfrentam diariamente, a superlotação e os atrasos.

Não bastasse isso, os ônibus andam pela cidade esburacada, proporcionando desconforto aos passageiros e prejudicando a manutenção dos veículos – E olha que o prefeito se preocupa com a qualidade dos passageiros. Outro dilema é a inclinação das canaletas de ônibus, mas, se não “tapam buracos”, não é esse problema que vão resolver.

Tudo o que foi citado acima, assegura a necessidade de pôr fim ao monopólio. A liberdade econômica é a segurança de uma democracia. Um povo que não pode escolher onde andar, mesmo que pague por ele indiretamente, é um povo sem liberdade.

Por fim, a desculpa do prefeito e dos vereadores é a decisão judicial.

About Ananias Cipriano

Ananias Cipriano é jornalista, âncora do Jornal da Manhã na Jovem Pan Joinville, comentarista político na Jovem Pan News Joinville e coordenador de jornalismo na Jovem Pan Joinville. Ele também é colunista no portal SCemPauta.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville