Últimas notícias
Home » Brasil » Loja vende camiseta com foto de atirador do sequestro de ônibus no Rio
VOGEL PAINÉIS
Camiseta traz a imagem do sniper que atirou contra o sequestrador no Rio. (Foto: Reprodução/Instagram)

Loja vende camiseta com foto de atirador do sequestro de ônibus no Rio

Compartilhe

Um dia após o sequestro a um ônibus na Ponte Rio-Niterói que resultou na morte do sequestrador William Augusto da Silva, uma loja online em São Paulo passou a vender camisetas com a imagem de um dos atiradores que atuaram no caso.

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

Siga-nos  no Twitter ! Clique Aqui

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

A foto, tirada pelo fotógrafo Fabiano Rocha, dos jornais Extra e O Globo, mostra o sniper em cima de um caminhão dos bombeiros, comemorando após o tiro que matou o jovem de 20 anos. Logo abaixo da imagem, a camiseta traz a frase “grande dia” escrita em verde e amarelo. As informações são do site Yahoo.com

Atirador do Bope que atuou no desfecho do sequestro a um ônibus na Ponte Rio-Niterói

A legenda é uma referência ao tuíte feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) no início do ano, quando o então deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) anunciou que abdicaria do seu mandato e deixaria o país após sofrer ameaças de morte.

O dono da marca que vende as camisetas, Lucas Nunes, afirma ter pego a estampa diretamente do Twitter de Bolsonaro. A postagem no perfil do presidente da República foi originalmente publicada por Arthur Weintraub, assessor da Presidência da República, e irmão de Abraham Weintraub, ministro da Educação.

No Instagram, a legenda da foto que divulga a camiseta traz um mote que é repetido entre os seguidores de Jair Bolsonaro e do governador Wilson Witzel (PSC): “Sequestrador bom é sequestrador ☠️ CPF CANCELADO COM SUCESSO HOJE! Camiseta #grandedia em homenagem aos heróis do nosso Brasil 🇧🇷 R$39,90 Não gostou mete o pé!”.

HOMENAGEM À PM

De acordo com o comerciante, a camisa é uma homenagem à ação da Polícia Militar no sequestro. Em três horas, foram vendidos cerca de 500 exemplares. A loja, que tem sede em São José dos Campos, fez campanha para Bolsonaro no ano passado – mas, de acordo com Nunes, não tem cunho político.

“A gente é uma empresa capitalista focada no resultado. A gente fez a estampa, assim como as camisas usadas na eleição, para capitalizar em cima dela. Somos uma marca liberal, sem cunho político. O nosso público é mais voltado para o capitalismo, de vertente da direita e do liberalismo. Nós somos liberais na economia, mas conservador nos costumes”, afirma o proprietário da marca.

O e-commerce já divulgou nas redes sua próxima estampa: Uma foto do governador do Rio segurando uma metralhadora calibre .50.

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville