Últimas notícias
Home » Sáude » Estado vai vacinar crianças entre 6 e 11 meses contra o sarampo a partir desta quinta
VOGEL PAINÉIS
O atendimento ocorre mesmo com chuva.  / Arquivo / AJ

Estado vai vacinar crianças entre 6 e 11 meses contra o sarampo a partir desta quinta

Compartilhe

A partir desta quinta-feira (22), Santa Catarina vai passar a vacinar crianças de seis a 11 meses de idade contra o sarampo, informou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC).

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

Siga-nos  no Twitter ! Clique Aqui

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

A orientação dessa dose extra é do Ministério da Saúde, que afirma que bebês nessa faixa etária têm mais chances de terem casos graves da doença ou de morte.

Os pais devem procurar as salas de vacinação nos postos de saúde. Essa dose extra é da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. A vacinação é a única forma de prevenção contra a doença, segundo a Dive-SC.

O órgão destaca que essa dose não substitui a imunização prevista no calendário nacional. Por isso, além dessa vacinação, as crianças também precisam tomar a vacina de rotina: aos 12 meses, a tríplice viral e aos 15 meses, a tetra viral, que protege também contra a catapora.

Quem não se vacinou contra o sarampo quando criança, não lembra ou perdeu a carteirinha de vacinação, deve procurar os postos de saúde de acordo com a idade, orienta a Dive-SC. Pessoas entre 1 e 29 anos devem tomar duas doses em um intervalo mínimo de 30 dias entre elas. Entre 30 e 49 anos, deve-se tomar uma dose apenas.

Sarampo em Santa Catarina

Santa Catarina registra 15 casos confirmados de sarampo e cinco estão em investigação, divulgou a Dive-SC em boletim nesta segunda-feira (19). A capital catarinense é a cidade do estado com maior número de pacientes confirmados com sarampo, 10 ao todo. A Dive-SC considera todos os casos como contraídos fora do estado catarinense.

O sarampo é uma doença contagiosa, causada por um vírus. É transmitida de pessoa a pessoa por tosse, espirro ou fala principalmente em ambientes fechados. As bolinhas vermelhas só aparecem alguns dias depois e a doença começa com tosse, coriza e febre. Com informações de g1.com/sc

Veja os sintomas:

  • Infecção nos ouvidos
  • Diarreia
  • Vômito
  • Hemorragia
  • Alterações neurológicas (convulsões e dores de cabeça)
  • Pneumonia bacteriana secundária
  • Hepatite

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville