Últimas notícias
Home » Segurança » MPSC denuncia quadrilha especializada em roubos a cooperativas de crédito
VOGEL PAINÉIS
Homens encapuzados assaltam banco — Foto: Arquivo pessoal

MPSC denuncia quadrilha especializada em roubos a cooperativas de crédito

Compartilhe

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou à Justiça denúncia contra integrantes de uma associação criminosa especializada em roubar agências de cooperativa de crédito em municípios de pequeno porte. Quatro dos denunciados estão presos preventivamente e dois estão foragidos. Além desses, integrava o grupo mais uma pessoa, que foi morta em confronto armado com a Polícia Civil.

Siga-nos também no Instagram!  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui!



A denúncia oferecida pela Promotoria de Justiça de Catanduvas relata três roubos e o preparativo de um quarto crime, que só não ocorreu porque o grupo já era monitorado pela Polícia Civil e foi surpreendido pouco antes do assalto. Assim, entre setembro de 2018 e março de 2019, foram roubadas as agências de Catanduvas (SC), Paula Freitas (PR) e Passos Maia (SC) e preparado o crime na agência de Vargem Bonita (SC).

De acordo com o Promotor de Justiça Flávio Fonseca Hoff, em todos os crimes o modus operandi foi o mesmo. Os criminosos escolhiam o alvo em cidades de pequeno porte – onde o policiamento é reduzido e a fuga facilitada. Em todas as oportunidades, foram agências do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (SICOOB).

Feito isso e planejado o crime, reuniam-se previamente e, utilizando um veículo (de origens diversas), dirigiam-se no período da manhã ao local, pouco antes de as agências abrirem as portas ao público, horário em que os funcionários já haviam chegado e abasteciam os caixas ou contabilizavam o dinheiro do cofre.

Com uma marreta derrubavam a porta de vidro da entrada e anunciavam o assalto; em seguida, um deles, de posse de uma mochila, perguntava quem seria o gerente e, sob a mira da arma de fogo, conduzia-o ao local do cofre para colocar as cédulas dentro da bolsa.

Enquanto isso, um segundo integrante, também armado e de posse de uma sacola plástica, dirigia-se aos caixas para coletar o dinheiro; os outros, armados, faziam a segurança da porta de entrada e funcionários. Todos usavam toucas balaclava e luvas pretas durante a ação.

Logo após, dirigiam-se com o mesmo veículo até uma região afastada do perímetro urbano, abandonavam o carro e seguiam a fuga. Aqueles que não ingressavam nas agências asseguravam a ida dos demais integrantes às regiões dos crimes e reuniões prévias, bem como o retorno deles a um destino seguro depois de tudo consumado.

Foram denunciados por integrarem a associação criminosa Ezaquiel dos Santos da Rocha, Jonas Soares, Lucas Zimermann, Osmar Santos Rezende, Tiago Bissolatti e Valdair Cruz dos Santos, a qual também era composta por Alceu de Apiaim (falecido). Além deles, também foi denunciado Nelso Zimermann, por auxilia-los em uma oportunidade. A denúncia foi recebida pelo Juízo da Vara Única da Comarca de Catanduvas no dia 15 de maio, e os sete denunciados passaram a ser réus em ação penal.

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville