Últimas notícias
Home » Santa Catarina » Consumidor não pode ter fornecimento de água suspenso por não pagar tarifa de lixo
VOGEL PAINÉIS
A ação civil pública foi ajuizada pela 7ª Promotoria de Justiça da Comarca de Jaraguá

Consumidor não pode ter fornecimento de água suspenso por não pagar tarifa de lixo

Compartilhe

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) obteve decisão judicial para determinar ao Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Jaraguá do Sul (SAMAE) que não interrompa o fornecimento de água pela mera inadimplência da tarifa de manejo de resíduos sólidos.

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

Siga-nos também no Instagram!  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui!



De acordo com a sentença, com as taxas de água e de lixo são cobradas em uma mesma fatura, o SAMAE deve garantir ao usuário inadimplente o direito de pagar unicamente as faturas de água em aberto para a manutenção ou religação do fornecimento do serviço.

A ação civil pública foi ajuizada pela 7ª Promotoria de Justiça da Comarca de Jaraguá do Sul a partir da constatação da transferência da cobrança da tarifa de manejo de resíduos sólidos, que antes vinha anexada ao IPTU, para a fatura de água.

Na ação o Promotor de Justiça Rafael Meira Luz salientou que o consumidor necessita pagar a sua conta de água e esgoto sob pena de suspensão do fornecimento dos serviços. Com a inclusão da tarifa de manejo de resíduos sólidos na conta de água, o consumidor se vê compelido a pagá-la junto com o consumo normal, sem poder discutir essa condição.

¿Veja-se que, no caso do consumidor possuir condições de apenas pagar o consumo de água e esgoto, mas não conseguir pagar a TMR, terá sua situação inserida em inadimplência, tendo a suspensão de um serviço pelo não pagamento de outro¿, argumentou Meira Luz.

Na sentença da ação, o Juízo da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Jaraguá do Sul não declarou a abusividade da cobrança das duas tarifas em uma única fatura, como pretendia o Ministério Público, mas reconheceu a impossibilidade de interrupção do fornecimento de água pela falta de pagamento da tarifa de manejo de resíduos sólidos.

Assim, a Justiça determinou que seja garantido ao usuário inadimplente o direito ao pagamento unicamente das faturas de água em aberto para a manutenção ou religação do fornecimento do serviço.

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville