Últimas notícias
Home » Joinville » Plano urbanístico do bairro Espinheiros é apresentado à comunidade
VOGEL PAINÉIS
A implantação da Rota Gastronômica e a construção do Parque Porta do Mar, dependem da captação de recursos.

Plano urbanístico do bairro Espinheiros é apresentado à comunidade

Compartilhe

Lideranças e representantes de entidades comunitárias e religiosas, moradores e comerciantes participaram da reunião de apresentação do plano urbanístico do bairro Espinheiros.

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

Siga-nos também no Instagram!  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui!



O encontro foi realizado na noite de 16 de abril, no restaurante Polinésia, e teve a participação do prefeito Udo Döhler, do vice-prefeito Nelson Coelho, secretários municipais e do vereador José Henkel (Pelé), responsável pela captação de R$ 1,8 milhão em recursos junto ao governo federal que serão utilizados nas duas primeiras etapas do projeto.

Representando o setor de gastronomia, estiveram presentes proprietários de bares e restaurantes do bairro e o presidente VivaBem – Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Joinville e Região, Raulino Schmitz.

O plano urbanístico do bairro Espinheiros foi desenvolvido pela Prefeitura de Joinville, por meio das Secretarias de Infraestrutura Urbana (Seinfra) e de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud),  e é composto por quatro etapas: requalificação da infraestrutura urbana ao longo da avenida Prefeito Baltazar Buschle até o Parque Porta do Mar; construção do pórtico de entrada do bairro; implantação da Rota Gastronômica; e construção do Parque Porta do Mar.

O objetivo do projeto é impulsionar os potenciais econômico, turístico e náutico da região, considerando aspectos como preservação dos manguezais, urbanização e transição entre ambientes terrestre e marítimo.

De acordo com o secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável, Danilo Conti, as duas primeiras etapas do projeto devem ser iniciadas ainda neste ano e concluídas em 2020, com a utilização dos recursos já disponíveis.

Já a implantação da Rota Gastronômica e a construção do Parque Porta do Mar, dependem da captação de recursos.

“Para a execução do pórtico já estamos a ponto de lançar o edital. As etapas 3 e 4 ainda serão discutidas em oficinas junto com a comunidade que mora e conhece o bairro e suas necessidades. As oficinas serão decisórias para a fase de captação de recursos. A estimativa é que as quatro etapas totalizem investimentos de aproximadamente R$ 9 milhões”, afirma o secretário.

Para o presidente do Viva Bem, Raulino Schmitz, o trabalho é resultado da integração entre o poder público e a comunidade que se unem com o objetivo de melhorar a cidade. “O Espinheiros tem vocação para a gastronomia e tradição em frutos do mar. Além das melhorias é muito importante que a comunidade dê a sua opinião e tenha a sensação de pertencimento ao trabalho realizado. Com o trabalho em conjunto, a nossa Ilha dos Espinheiros poderá se tornar a ‘menina dos olhos’ de Joinville”, prevê Schmitz.

Já o empresário Paulo Müller, proprietário do Bar e Petisqueira do Paulinho, acredita que a implementação das primeiras etapas do plano, com requalificação do espaço urbano e instalação do Pórtico na entrada do bairro, já sejam um importante estímulo ao reposicionamento da região.

Além disso, os proprietários de bares e restaurantes já estão se mobilizando para fortalecer o segmento, atrair novos estabelecimentos e mais público.

“Precisávamos do reforço do Poder Público e, agora, é nossa obrigação unir forças e também buscar apoio junto a outras entidades que já manifestaram interesse em apoiar a criação da nossa Rota Gastronômica da Ilha dos Espinheiros. Mesmo em etapas, as melhorias já chamam a atenção para o bairro. Estamos todos confiantes”, afirma o empresário.

Propostas do projeto

A criação do plano urbanístico do Espinheiros surgiu a partir dos resultados positivos obtidos com a revitalização realizada na região, a partir de 2013, quando foi inaugurado o monumento Porta do Mar.

A intervenção gerou o surgimento de novos estabelecimentos comerciais, oportunidades de trabalho e aumento do público que passou a frequentar a região e considerar o seu potencial turístico.

A valorização da região deve continuar crescente, com as melhorias previstas em cada etapa do novo projeto.

Etapa 1 – Requalificação:

O trecho entre a rua Agostinho dos Santos e o Porta do Mar, receberá melhoria no calçamento e novas áreas de passeio (calçadas) com ciclofaixas compartilhadas. Também serão construídos novos passeios na extensão da avenida Prefeito Baltazar Buschle, inclusive com trechos de calçada suspensa para preservação do mangue. A requalificação também contempla nova iluminação e canteiros com destaque para as palmeiras imperiais. Em área próxima ao Porta do Mar, haverá um deck de contemplação com vista para a Baía da Babitonga.

Etapa 2 – Pórtico:

A entrada do bairro Espinheiros terá destaque com a construção do Pórtico do Espinheiros. O imponente monumento será constituído por três estruturas, cada uma com até 15 metros de altura.

O projeto também tem a intenção de proporcionar experiências diferentes explorando perspectivas visuais. Quando avistado de longe na paisagem, o pórtico cria a impressão de ser um elemento marcante único. No entanto, ao passar pelo portal, percebe-se que, na verdade, há a composição de três estruturas distintas que remetem às três porções de ocupação

O pórtico foi inspirado em elementos comuns à região como o mangue, o caranguejo, o pássaro guará, as embarcações e, até mesmo, o Tratado de Tordesilhas que marcou o local ainda no século XV. O local também terá elementos de comunicação visual (tóten) onde o visitante poderá ler informações sobre a representatividade e simbolismos do Pórtico.

Etapa 3 – Rota gastronômica da Ilha dos Espinheiros

O plano urbanístico conta com levantamento onde foram identificados os bares e restaurantes existentes na região e, a partir daí, estabeleceu uma rota que compreende as ruas Prefeito Baltazar Buschle, Antônio Gonçalves, Érico Venâncio Alves e João da Silva.

Esta etapa inclui a revitalização dos passeios, colocação de mobiliário urbano (bancos, mesas, bicicletários e lixeiros), paisagismo, iluminação e ciclofaixa na extensão da rota.

Etapa 4 – Parque Porta do Mar

A área vai oferecer rua compartilhadas e áreas com redução de velocidade, favorecendo o pedestre a circular livremente no parque, tratamento de superfície, pavimentação e mobiliários urbanos, áreas de lazer e playground para as crianças, áreas de contemplação e bosque, quiosques com vegetação nativa e sanitários, arquibancadas, espaço multiuso para a realização de eventos e prática de atividades esportivas.

(Por Graziella Bilá)

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville