Últimas notícias
Home » Variedades » Conheça os diferentes significados da Páscoa pelo mundo
VOGEL PAINÉIS
No cristianismo, é uma das datas mais importantes, junto com o Natal

Conheça os diferentes significados da Páscoa pelo mundo

Compartilhe

A Páscoa é uma das épocas do ano com o maior número de significados. Mesmo sendo uma tradição judaico-cristã, a data é celebrada em vários lugares do mundo. Seja pela troca de presentes, ovos coloridos ou de chocolate, o costume de reunir amigos e familiares para comemorar a ressurreição de cristo.

No cristianismo, é uma das datas mais importantes, junto com o Natal. Comemorada sempre no primeiro domingo após a primeira lua cheia do outono, a Páscoa marca o fim da Quaresma, período em que os católicos lembram os 40 dias que Jesus passou no deserto e os sofrimentos que passou na cruz.

Na Alemanha, os ovos de galinha são pintados e escondidos junto com ovos de chocolate, para que as crianças procurem no domingo de Páscoa.

Na Alemanha, os ovos de galinha são pintados e escondidos junto com ovos de chocolate, para que as crianças procurem no domingo de Páscoa.

No judaísmo, a Páscoa é comemorada desde antes do nascimento de Jesus, mas também tem um significado especial. Chamada de Pessach, é a celebração pelo fim da escravidão do povo judeu no Egito, que durou aproximadamente 400 anos.

Pela Europa, a Páscoa é celebrada de várias maneiras. Na Suécia e em outros países escandinavos, por exemplo, a comemoração é muito similar ao Halloween. Crianças saem às ruas fantasiadas de bruxos na Quinta-Feira Santa para deixar cartões decorados na vizinhança, pedindo doces.

No cristianismo, é uma das datas mais importantes, junto com o Natal

No leste europeu são usados ovos de galinha na comemoração da Páscoa. Na Alemanha, por exemplo, eles são pintados e escondidos junto com ovos de chocolate para que as crianças procurem no domingo. Já na Polônia, muitas pessoas costumam levar cestas com ovos cozidos e outros alimentos para serem abençoados na igreja, durante a missa de Páscoa.

Na Rússia, a tradição de agraciar as pessoas com ovos nasceu no século XIX. Em 1885, o czar Alexandre III resolveu presentear a czarina Maria Feodorovna com um ovo de ouro enfeitado com pedras preciosas. A partir daí, começou a encomendar um ovo desse tipo a cada ano que passava. Seu filho, Nicolau II, manteve a tradição, e os ovos são considerados obras de arte hoje em dia.

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville