Últimas notícias
Home » Política » ​Ceasa de Joinville: vereadores querem saber quais as intenções da Prefeitura
VOGEL PAINÉIS
Hoje o local vive um cenário e abandono público. / Arquivo / Aconteceu em Joinville

​Ceasa de Joinville: vereadores querem saber quais as intenções da Prefeitura

Compartilhe

A situação da Central de Abastecimento de Joinville – Ceasa,  é crítica e urgente, pois hoje tem apenas 6 boxes em funcionamento e apenas 18 agricultores da região são fornecedores, isso é pouco. A central também atende o consumidor diretamente, mas não há divulgação e a concorrência na região tem prejudicado.

Participe do Facebook  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

Siga-nos também no Instagram!  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui!




Por isso e por denúncias a  Comissão de Agricultura, Economia, Comércio, Indústria e Turismo esteve na manhã desta quarta-feira (20/03) no Centro de Ceasa.  A visita foi uma iniciativa do vereador Odir Nunes(PSDB) e foi acompanhada pelo presidente da Comissão, vereador Adilson Girardi(Solidariedade).

Ao final da visita, eles se reuniram com representantes da Ceasa e da Associação de Agricultores da Ceasa para avaliar quais medidas precisam ser tomadas.

Os boxistas querem ficar, mas querem saber quais as intenções da Governo Municipal e também que tipo de incentivo o Governo Estadual pode trazer. Desta forma, ficou definido que a Comissão  de Agricultura irá organizar uma reunião na Câmara de Vereadores para dialogar com a procuradoria do município, secretaria de planejamento e administração e secretaria de meio ambiente.

Na pauta o futuro da Ceasa e explicações por quais motivos hoje o local vive um cenário e abandono público. Existe projeto para restauração, qual o prazo? Além disso, o processo licitatório que vence em dezembro de 2020, mas eles desejam analisar a possibilidade de prorrogar para os atuais boxistas e abrir processo para novos.

As despesas de uso do local são rateadas. Segundo a funcionária Sirlei Goedert a conta de energia elétrica é paga pela prefeitura e depois rateada entre os boxistas em atuação. “A caixa é antiga e há a necessidade de troca para que cada boxe possa ter sua própria caixa”, contou.

Para o vereador Odir Nunes o problema é resultado da falta de incentivo para o agricultor. “Se a UDR não oferece incentivo e não tem um plano de desenvolvimento, os agricultores acabam produzindo menos, os seus filhos estão trabalhando na cidade, o processo prejudica toda a cadeia produtiva da agricultura de Joinville e algo precisa ser feito”, definiu.

A Ceasa fornece para  Joinville e outros municípios próximos, como Araquari, Mafra, Itaiópolis, Urubici, São Joaquim, Schroeder, Guaramirim, Vidal Ramos, Lontras, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul e São Ludgero.

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville