Últimas notícias
Home » Segurança » Suspeito de roubar e matar mulher na vila da Glória se hospedou em imóvel da vítima
VOGEL PAINÉIS

Suspeito de roubar e matar mulher na vila da Glória se hospedou em imóvel da vítima

Compartilhe

Um dos dois homens presos suspeitos de roubar e matar Iolinda Gonçalves de Lima, que teve o corpo encontrado em um matagal, em São Francisco do Sul, Santa Catarina, se hospedou em uma kitinet alugada pela vítima, segundo a Polícia Civil.

Siga-nos também no Instagram!  Aconteceu em Joinville – Clique Aqui!




A mulher, de 59 anos, morava em Guaratuba, no Litoral do Paraná, e era considerada desaparecida desde quinta-feira (14).

O delegado Leandro Alberto Albuquerque Stábile, da Polícia Civil de Guaratuba, afirmou que um dos suspeitos se hospedou no imóvel no carnaval. Conforme Stábile, o homem já conhecia os costumes de Iolinda.

“Percebeu a possibilidade de cometer o crime e voltou agora, posteriormente, com a história de novamente alugar as kitinets da vítima, e realizou o crime”, disse.

O corpo foi localizado próximo da balsa que faz a travessia da Vila da Glória para Joinville

Investigação

A polícia informou que chegou aos suspeitos do crime após a localização de um carro, que foi roubado em Santa Catarina e usado pelos dois homens para chegar até a casa da comerciante, em Guaratuba. Eles também estavam com o celular de Iolinda.

Conforme a polícia, depois de assaltar e matar a mulher, os dois homens seguiram para Torres, no Rio grande do sul, onde foram presos durante uma ocorrência de assalto a carro, em que uma família foi feita refém.

Na Delegacia de Torres, conforme a polícia, os dois homens, de 22 e 30 anos, confessaram a autoria do crime e também indicaram onde estava o corpo da vítima. A polícia investiga se houve participação de mais suspeitos no caso.

Desaparecimento

Na sexta-feira (15), a filha de Iolinda tentou ligar para a mãe, mas chamou a polícia ao perceber que a vítima não atendia as ligações.

Na casa da mulher, os policiais, encontraram objetos revirados e marcas de sangue na parte de trás do imóvel, onde ficam as kitinets que eram alugadas pela vítima, segundo a polícia. Com informações de G1 SC.

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville