Home » Joinville » CDL de Joinville reforça parceria para coleta de resíduos eletroeletrônicos
VOGEL PAINÉIS
Somente em 2018 foram coletadas cerca de oito toneladas de resíduos, que geraram 192 computadores completos doados para instituições cadastradas no projeto em nível estadual. (Créditos: Alex Pompeu)

CDL de Joinville reforça parceria para coleta de resíduos eletroeletrônicos

Compartilhe

A Câmara Setorial de Materiais de Construção da CDL de Joinville, a Rede Concasa, a Weee.do e o Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina (CDISC) reforçaram a parceria para a coleta de resíduos eletroeletrônicos no município em 2018. A ação faz parte do Projeto Recicl@, que completou dois anos no dia 11 de abril deste ano.

Mais de nove toneladas de materiais foram recolhidas e encaminhadas para a destinação correta somente em 2017. Onze lojas da câmara setorial e da Concasa estão disponíveis para receber os materiais.

Um grande e variado número de resíduos eletroeletrônicos pode ser descartado nesses locais, mas há exceções (confira na página ao lado a listagem das lojas participantes e dos materiais que podem ou não ser descartados). Em contrapartida social, a Weee. do, empresa expert em logística reversa de eletroeletrônicos, vai disponibilizar um computador completo (de reuso) a cada dez toneladas de materiais recolhidos pelo Recicl@. Os equipamentos serão doados pela CDL a entidades beneficentes.

O outro parceiro do Recic@, o Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina (CDISC), também garante o retorno social por meio do programa ReciclaTec, que recondiciona os equipamentos em condições de reuso e utiliza os materiais para os projetos de Inclusão digital, como cursos e capacitações, de reconhecida ação em todo o Estado.

O diretor executivo da Weee.do, engenheiro sanitarista e ambiental Mark Jacobowitz Rae, reforça a importância de iniciativas como o Recicl@ para o meio ambiente e a saúde da população. Segundo ele, os resíduos eletroeletrônicos são considerados potencialmente perigosos, devido à possível presença de materiais tóxicos como o mercúrio, o chumbo e outras substâncias químicas.

“É, atualmente, o tipo de resíduo com o maior crescimento em sua taxa de geração no mundo. Mas menos de 5% de todo esse volume de resíduos eletroeletrônicos recebe o tratamento adequado, como a reciclagem. Infelizmente, boa parte vai parar em aterros sanitários ou então são descartados em locais inadequados ou até em lixões a céu aberto”.

O presidente da Rede Concasa e coordenador da câmara setorial, William Escher, afirma ser gratificante participar de uma ação como esta, que é pautada em três pilares: sustentabilidade, ação social e ação profissional (treinamento). Segundo ele, o projeto só tem ações a somar para a sociedade.

“Nós, lojistas, geralmente estamos cheios de atividades no dia a dia, mas desta forma conseguimos ajudar o meio ambiente e a comunidade. Estamos muito felizes por completar dois anos de Recicl@, uma parceria com a Weee.do e o CDISC que tem rendido bons frutos. Este trabalho facilita o descarte de materiais para clientes e moradores no entorno das lojas participantes”, diz William.

 

ONDE DESCARTAR:

Casa e Construção

• Rua Evaristo João Heck, 337, Espinheiros

Casa Feliz

• Av. Firmino da Silva, 136, Parque Guarani

Casa Mil

• Rua Paranaguamirim, 268, Paranaguamirim

Constrói

• Rua Nara Leão, 20, Adhemar Garcia

Ilumina

• Rua Olavo Bilac, 680, Pirabeiraba

• Avenida Santos Dumont, 6.800, Aventureiro

Gil

• Av. Júpiter, 1.618, Jardim Paraíso

• Rua Otto Pfuetznreuter, 59, Costa e Silva

• Rua Baltazar Buschle, 705, Espinheiros

Nardell

• Rua Lagoinha, 1.328, Morro do Meio

PJ

• Rua Sto Amaro da Purificação, 79, Parque Guarani

 

O QUE PODE SER DESCARTADO:

-CPU e servidor

– Componentes (fonte, placa eletrônica, memória, processador, HD, drive de CD e DVD, cooler)

– Periféricos (mouse, teclado, estabilizador, no-break, impressora, fax, scanner, copiadora, multifuncional, modem, roteador, decodificador, fonte)

– Notebook e fonte

– Celular, central telefônica, walkie-talkie, aparelho telefônico, rádio comunicador

– Aparelhos de CD / DVD / Bluray, som

– Monitor/Televisor CRT, LCD, LED, Plasma etc.

– Equipamentos diversos com placas de circuito impresso

– Cabos e fios em geral

– Peças de manutenção industrial (transformadores, painéis de controle, disjuntores e outros)

– Eletrodomésticos diversos (liquidificador, forno microondas, aspirador de pó, forno elétrico, ventilador, ferro elétrico, ou seja, qualquer um que não seja de linha branca)

 

O QUE NÃO PODE SER DESCARTADO:
– Pilhas e baterias de celular (avulsas)

– Toners e cartuchos de impressora (avulsos)

– Eletrodomésticos contendo gases perigosos (geladeiras, aparelhos de ar condicionado, etc.)

– Lâmpadas de qualquer natureza

– Eletrodomésticos de linha branca

– CD, DVD, Fita VHF, disquete

 

SAIBA MAIS SOBRE AS ENTIDADES ENVOLVIDAS NO RECICL@:

Câmara Setorial de Materiais de Construção
Criada em 2015, a Câmara Setorial de Materiais de Construção da CDL de Joinville é formada por um grupo de empresários do setor, que se reúnem periodicamente para discutir assuntos relacionados à categoria, para trocar experiências e buscar soluções em conjunto. O coordenador atual é William Escher, do Messias Materiais de Construção. Mais informações: www.cdljoinville.com.br

Rede Concasa
A Rede Concasa foi formada em 2009 por empresas do ramo do varejo de materiais para construção com o objetivo de trabalhar em equipe. Cada loja associada é identificada com a marca da rede, com a fachada sendo personalizada na cor laranja. As principais preocupações da Concasa são o desenvolvimento empresarial dos integrantes, a qualificação dos colaboradores e a manutenção da qualidade dos produtos. Mais informações: www.redeconcasa.com.br

Weee.do
A Weee.do promove a logística reversa dos resíduos eletroeletrônicos e assegura sua destinação ambientalmente adequada, gerando valor para clientes e sociedade por meio de um modelo de negócio sustentável, responsável e de qualidade. Waste from Electrical and Electronic Equipment (Weee) refere-se ao universo dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos. “Do” é a responsabilidade compartilhada, que exige pró-atividade de todos. Mais informações:http://weee.do/site/

CDISC 
O Comitê Para Democratização da Informática de Santa Catarina (CDISC) tem a missão de transformar vidas e fortalecer comunidades de baixa renda por meio da capacitação nas tecnologias da informação e comunicação e de um aprendizado complementar voltado à prática da cidadania e do empreendedorismo. Mais informações: http://www.cdisc.org.br/

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville